Aleteia
La fête du jour

Terça-feira 5 de setembro
Santa Teresa de Calcutá

Virgem e fundadora (†1997)   

Santa Teresa de Calcutá

Na cidade de Calcutá há uma pequena capela sem muitos adornos e que, desde o dia 13 de setembro de 1997, depois dos solenes funerais de Estado, acolhe os restos mortais de Madre Teresa: uma tumba pobre; um bloco de cimento branco sobre o qual está pousada uma Bíblia pessoal de Madre Teresa e uma estátua de Nossa Senhora com um cordão de flores ao pescoço; perto, há uma lápide de mármore com a inscrição de um versículo em inglês, tirado do evangelho de João: “amai-vos uns aos outros como eu vos amei” (Jo 15,12). Agnes Gonxha Bojaxhiu, havia nascido em 26 de agosto de 1910 em Skopje – na antiga Jugoslávia, atual Macedônia – numa família católica oriunda da Albânia. Com dezoitos anos de idade decidiu entrar na Congregação das Irmãs Missionárias de Nossa Senhora de Loreto. Em 1928 partiu para a Irlanda e, no ano seguinte, está na Índia. Em 1931 emite os votos simples e toma o nome de Irmã Maria Teresa do Menino Jesus – tal era a devoção que ela nutria por Santa Teresinha. Durante um período de aproximadamente 20 anos ensinará história e geografia para meninas de boa família, no colégio das irmãs de Loreto. No dia 10 de setembro de 1946, Maria Teresa ouve sua “segunda chamada”: Ao fazer uma viagem de trem para Darjeeling, para fazer seus exercícios espirituais, sentiu em sua consciência o martelar constante de uma frase de Jesus na cruz: “Tenho sede!”. Maria Teresa se convenceu que Jesus a chamava: devia deixar seu convento e ir abraçar os mais pobres dentre os pobres. Após amadurecer esse chamamento, ela deixou seu convento: trazia no bolso apenas cinco rúpias e vestia o sári branco com bordas azuis, que era o traje das indianas pobres – mais tarde essa veste se tornará conhecida no mundo inteiro. Naquele momento, dia 16 de agosto de 1948, a pequena Agnes se tornava a grande Madre Teresa. Ao fundar uma nova Congregação, as Missionárias da Caridade, Madre Teresa se inspira fortemente no exemplo da Virgem Maria. De fato, no primeiro capítulo das Constituições dessa comunidade religiosa se lê:  “Nossa sociedade está dedicada ao Coração Imaculado de Maria, Causa de nossa alegria e Rainha do mundo, pois ela nasceu a seu pedido e graças à sua contínua intercessão se desenvolveu e continua a crescer”. A figura frágil de Madre Teresa, com seu corpo curvado e seu rosto sulcado por profundas rugas hoje é conhecido no mundo inteiro. Ativa e contemplativa, idealista e pragmática, uma vida inteira dedicada aos pobres. Ela amava se definir como “um lápis de Deus”, um pequeno instrumento nas mãos divinas do Criador. Morreu em Calcutá, com a idade de 87 anos na noite de uma sexta feira, no dia 5 de setembro de 1997. “Quando estiver morta, poderei ajudar-vos muito mais...” dizia ela, com espírito profético. Com efeito, a obra por ela iniciada continua bem viva: cerca de 5 mil religiosos e religiosas continuam atendendo todos os dias órfãos, leprosos, velhos abandonados, moribundos, jovens abandonadas em aproximadamente 600 casas espalhadas por todo o mundo.

Na cidade de Calcutá há uma pequena capela sem muitos adornos e que, desde o dia 13 de setembro de 1997, depois dos solenes funerais de Estado, acolhe os restos mortais de Madre Teresa: uma tumba pobre; um bloco de cimento branco sobre o qual está pousada uma Bíblia pessoal de Madre Teresa e uma estátua de Nossa Senhora com um cordão de flores ao pescoço; perto, há uma lápide de mármore com a inscrição de um versículo em inglês, tirado do evangelho de João: “amai-vos uns aos outros como eu vos amei” (Jo 15,12). Agnes Gonxha Bojaxhiu, havia nascido em 26 de agosto de 1910 em Skopje – na antiga Jugoslávia, atual Macedônia – numa família católica oriunda da Albânia. Com dezoitos anos de idade decidiu entrar na Congregação das Irmãs Missionárias de Nossa Senhora de Loreto. Em 1928 partiu para a Irlanda e, no ano seguinte, está na Índia. Em 1931 emite os votos simples e toma o nome de Irmã Maria Teresa do Menino Jesus – tal era a devoção que ela nutria por Santa Teresinha. Durante um período de aproximadamente 20 anos ensinará história e geografia para meninas de boa família, no colégio das irmãs de Loreto. No dia 10 de setembro de 1946, Maria Teresa ouve sua “segunda chamada”: Ao fazer uma viagem de trem para Darjeeling, para fazer seus exercícios espirituais, sentiu em sua consciência o martelar constante de uma frase de Jesus na cruz: “Tenho sede!”. Maria Teresa se convenceu que Jesus a chamava: devia deixar seu convento e ir abraçar os mais pobres dentre os pobres. Após amadurecer esse chamamento, ela deixou seu convento: trazia no bolso apenas cinco rúpias e vestia o sári branco com bordas azuis, que era o traje das indianas pobres – mais tarde essa veste se tornará conhecida no mundo inteiro. Naquele momento, dia 16 de agosto de 1948, a pequena Agnes se tornava a grande Madre Teresa. Ao fundar uma nova Congregação, as Missionárias da Caridade, Madre Teresa se inspira fortemente no exemplo da Virgem Maria. De fato, no primeiro capítulo das Constituições dessa comunidade religiosa se lê:  “Nossa sociedade está dedicada ao Coração Imaculado de Maria, Causa de nossa alegria e Rainha do mundo, pois ela nasceu a seu pedido e graças à sua contínua intercessão se desenvolveu e continua a crescer”. A figura frágil de Madre Teresa, com seu corpo curvado e seu rosto sulcado por profundas rugas hoje é conhecido no mundo inteiro. Ativa e contemplativa, idealista e pragmática, uma vida inteira dedicada aos pobres. Ela amava se definir como “um lápis de Deus”, um pequeno instrumento nas mãos divinas do Criador. Morreu em Calcutá, com a idade de 87 anos na noite de uma sexta feira, no dia 5 de setembro de 1997. “Quando estiver morta, poderei ajudar-vos muito mais...” dizia ela, com espírito profético. Com efeito, a obra por ela iniciada continua bem viva: cerca de 5 mil religiosos e religiosas continuam atendendo todos os dias órfãos, leprosos, velhos abandonados, moribundos, jovens abandonadas em aproximadamente 600 casas espalhadas por todo o mundo.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração para esta manhã

O Senhor, o grande Deus, vinde todos, adoremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz
e dia sem fim.
Vós nunca da noite
provastes as trevas:
Só Deus é assim.

A noite já foge
e o dia enfraquece
dos astros a luz.
A estrela da aurora,
surgindo formosa,
no céu já reluz.

Os leitos deixando,
a vós damos graças
com muita alegria,
porque novamente,
por vossa bondade,
o sol traz o dia.

Ó Santo, pedimos
que os laços do Espírito
nos prendam a vós,
e, assim, não ouçamos
as vozes da carne
que clamam em nós.

Às almas não fira
a flecha da ira
que traz divisões.
Livrai vossos filhos
da própria malícia
dos seus corações.

Que firmes na mente
e castos no corpo,
de espírito fiel,
sigamos a Cristo,
Caminho e Verdade,
doçura do céu.

O Pai piedoso
nos ouça, bondoso,
e o Filho também.
No laço do Espírito
unidos, dominam
os tempos. Amém.
Cântico                                ...... Is 38,10-14.17-20

Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias;
para a mansão triste dos mortos descerei,
sem viver o que me resta dos meus anos’.

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’

Minha morada foi à força arrebatada,
desarmada como a tenda de um pastor.
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama.

Vou me acabando de manhã até à tarde,
passo a noite a gemer até a aurora.
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite.

O meu grito é semelhante ao da andorinha,
o meu gemido se parece ao da rolinha.
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro,
e lançastes para trás os meus pecados.
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos;

para quem desce à sepultura é terminada
a esperança em vosso amor sempre fiel.
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido.

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel.
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                                                 1Ts 5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas.

Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra.
Chego antes que a aurora e clamo a vós.

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...
Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo:

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos!

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição,
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R.

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos,
– como primícias deste dia. R.

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R.

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens,
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo.

O Senhor, o grande Deus, vinde todos, adoremos!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém

Hino

Da luz Criador,

vós mesmo sois luz

e dia sem fim.

Vós nunca da noite

provastes as trevas:

Só Deus é assim.

A noite já foge

e o dia enfraquece

dos astros a luz.

A estrela da aurora,

surgindo formosa,

no céu já reluz.

Os leitos deixando,

a vós damos graças

com muita alegria,

porque novamente,

por vossa bondade,

o sol traz o dia.

Ó Santo, pedimos

que os laços do Espírito

nos prendam a vós,

e, assim, não ouçamos

as vozes da carne

que clamam em nós.

Às almas não fira

a flecha da ira

que traz divisões.

Livrai vossos filhos

da própria malícia

dos seus corações.

Que firmes na mente

e castos no corpo,

de espírito fiel,

sigamos a Cristo,

Caminho e Verdade,

doçura do céu.

O Pai piedoso

nos ouça, bondoso,

e o Filho também.

No laço do Espírito

unidos, dominam

os tempos. Amém.

Cântico                                ...... Is 38,10-14.17-20

Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá

no apogeu de minha vida e de meus dias;

para a mansão triste dos mortos descerei,

sem viver o que me resta dos meus anos’.

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus

sobre a terra dos viventes nunca mais;

nunca mais verei um homem neste mundo!’

Minha morada foi à força arrebatada,

desarmada como a tenda de um pastor.

Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,

mas agora foi cortada a sua trama.

Vou me acabando de manhã até à tarde,

passo a noite a gemer até a aurora.

Como um leão que me tritura os ossos todos,

assim eu vou me consumindo dia e noite.

O meu grito é semelhante ao da andorinha,

o meu gemido se parece ao da rolinha.

Os meus olhos já se cansam de elevar-se,

de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro,

e lançastes para trás os meus pecados.

Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,

nem a morte poderá agradecer-vos;

para quem desce à sepultura é terminada

a esperança em vosso amor sempre fiel.

Só os vivos é que podem vos louvar,

como hoje eu vos louvo agradecido.

O pai há de contar para seus filhos

vossa verdade e vosso amor sempre fiel.

Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,

e a vida inteira cantaremos nossos salmos,

agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                                                 1Ts 5,4-5

Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas.

Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra.

Chego antes que a aurora e clamo a vós.

BENEDICTUS

Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces

Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo:

  1. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos!

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição,

– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R.

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos,

– como primícias deste dia. R.

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,

– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R.

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens,

– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração

Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo.

Meditação do dia

Eu sei quem tu és: tu és o Santo de Deus!

As criaturas angélicas estão presentes ao longo de toda a história da salvação: umas permanecem ao serviço do desígnio divino e prestam continuamente a sua proteção ao mistério da Igreja; outras, decaídas da sua dignidade – e chamadas diabólicas –, opõem-se a Deus e à sua vontade salvífica e à obra redentora de Cristo e esforçam-se por associar o homem à sua rebelião contra Deus. [...] As obras de todos estes espíritos imundos, maus, sedutores são destruídas pela vitória do Filho de Deus. Embora “durante toda a história humana se trave uma dura batalha contra o poder das trevas”, que “durará até ao último dia”, Cristo, pelo mistério pascal da sua morte e ressurreição, “livrou-nos da escravidão do diabo e do pecado”, derrubando o seu domínio e livrando todas as coisas dos contágios malignos. Contudo, dado que a maléfica e adversa ação do Diabo e dos demónios afeta pessoas, coisas e lugares, manifestando-se de diversos modos, a Igreja, sempre consciente de que “os dias são maus”, orou e ora para que os homens sejam libertos das ciladas do diabo.

Ritual dos Exorcismos
Proêmio

Oração para esta tarde

Demos graças ao Senhor porque ele é bom!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais
o claro dia ao trabalho,
e a noite, ao sono e à paz.

As mentes castas guardai
dentro da calma da noite
e que não venha a feri-las
do dardo mau o açoite.

Os corações libertai
de excitações persistentes.
Não quebre a chama da carne
a força viva das mentes.

Ouvi-nos, Pai piedoso,
e vós, ó Filho de Deus,
que como Espírito Santo
reinais eterno nos céus.

Salmo                                 ....           ...................................48(49)

Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo;
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos!

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente;
e inclinando meus ouvidos às parábolas,
decifrarei ao som da harpa o meu enigma:

Por que temer os dias maus e infelizes,
quando a malícia dos perversos me circunda?
Por que temer os que confiam nas riquezas
e se gloriam na abundância de seus bens?

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate.
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir,
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal.

Morrem os sábios e os ricos igualmente;
morrem os loucos e também os insensatos,
e deixam tudo o que possuem aos estranhos;
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações,
mesmo se deram o seu nome a muitas terras.

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura                                                                                                            Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça.

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas,
pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos:

R. Senhor, protegei o vosso povo!

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N.,
– e todos os pastores da vossa Igreja. R.

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição,
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R.

Tende compaixão dos pobres e necessitados,
– e dai pão aos que têm fome. R.

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações,
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue,
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Demos graças ao Senhor porque ele é bom!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém.

Hino

Autor e origem do tempo,

por sábia ordem nos dais

o claro dia ao trabalho,

e a noite, ao sono e à paz.

As mentes castas guardai

dentro da calma da noite

e que não venha a feri-las

do dardo mau o açoite.

Os corações libertai

de excitações persistentes.

Não quebre a chama da carne

a força viva das mentes.

Ouvi-nos, Pai piedoso,

e vós, ó Filho de Deus,

que como Espírito Santo

reinais eterno nos céus.

Salmo                                 ....           ...................................48(49)

Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,

muita atenção, ó habitantes deste mundo;

poderosos e humildes, escutai-me,

ricos e pobres, todos juntos, sede atentos!

Minha boca vai dizer palavras sábias,

que meditei no coração profundamente;

e inclinando meus ouvidos às parábolas,

decifrarei ao som da harpa o meu enigma:

Por que temer os dias maus e infelizes,

quando a malícia dos perversos me circunda?

Por que temer os que confiam nas riquezas

e se gloriam na abundância de seus bens?

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro

nem a Deus pode pagar o seu resgate.

A isenção da própria morte não tem preço;

não há riqueza que a possa adquirir,

nem dar ao homem uma vida sem limites

e garantir-lhe uma existência imortal.

Morrem os sábios e os ricos igualmente;

morrem os loucos e também os insensatos,

e deixam tudo o que possuem aos estranhos;

os seus sepulcros serão sempre as suas casas,

suas moradas através das gerações,

mesmo se deram o seu nome a muitas terras.

Não dura muito o homem rico e poderoso;

é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura                                                                                                            Rm 3,23-25a

Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça.

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!

Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT

Ó Senhor, fazei conosco maravilhas,

pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor

e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;

pois ele viu a pequenez de sua serva,

desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas

e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,

chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,

dispersou os orgulhosos;

derrubou os poderosos de seus tronos

e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,

e despediu, sem nada, os ricos.

Acolheu Israel, seu servidor,

fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,

em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces

Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos:

  1. Senhor, protegei o vosso povo!

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N.,

– e todos os pastores da vossa Igreja. R.

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição,

– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R.

Tende compaixão dos pobres e necessitados,

– e dai pão aos que têm fome. R.

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações,

– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue,

– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.

A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.

Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.

Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Evangelho do dia

Naquele tempo, Jesus desceu a Cafarnaum, cidade da Galileia, e ali ensinava aos sábados.
Todos se maravilhavam com a sua doutrina, porque falava com autoridade.
Encontrava-se então na sinagoga um homem que tinha um espírito de demónio impuro, que bradou com voz forte:
«Ah! Que tens que ver connosco, Jesus de Nazaré? Vieste para nos destruir? Eu sei quem Tu és: o Santo de Deus».
Disse-lhe Jesus em tom severo: «Cala-te e sai desse homem». O demónio, depois de o ter arremessado para o meio dos presentes, saiu dele sem lhe fazer mal nenhum.
Todos se encheram de assombro e diziam entre si: «Que palavra esta! Ordena com autoridade e poder aos espíritos impuros e eles saem!».
E a fama de Jesus espalhava-se por todos os lugares da região.

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement