Aleteia
La fête du jour

terça-feira, 31 de outubro
São Wolfgang de Ratisbona

Monge e bispo (†994)   

São Wolfgang de Ratisbona

Nascido de família abastada teve um clérigo como formador nos primeiros anos de sua infância. Foi aluno da famosa escola da Abadia de Reichenau, onde foi orientado por Estêvão de Novara, ilustre mestre à época. Desse tempo de estudo surgiu sua amizade com o futuro bispo de Trier e que foi decisivo nas decisões subsequentes de sua vida. Durante estes ano de estudos foi a Würzburg onde amadureceu uma clara vocação monástica, mas por pressão do amigo não a seguiu, pois este o queria como decano do Capítulo e escolástico. Como professor atraiu muitos jovens para a vocação religiosa com suas aulas.
    Quando o bispo, seu amigo, morreu, com cerca de 40 anos tornou-se monge beneditino no Mosteiro de Einsiedeln, na Suíça.
    Por volta de 970, o bispo Ulrich de Augsburg o ordenou sacerdote durante uma visita ao mosteiro. Após este evento e seguindo uma visão, Wolfgang sentiu um forte impulso de deixar o mosteiro e dedicar-se à evangelização dos grandes territórios da Europa Central que naqueles anos haviam entrado em contato com o cristianismo, como a Boêmia e Panônia, atual Hungria.
    Como um monge errante, ele teve pouco sucesso entre os húngaros e sua missão não obteve muitos frutos. No entanto, ele não passou despercebido pelo bispo de Passavia, Pellegrino, que o convocou por conhecer as grandes qualidades. Mesmo com alguma resistência, em 972, Wolfgang concordou em ser nomeado bispo de Ratisbona, no leste da atual Baviera, com autoridade que cobria toda a Boêmia.
    Como bispo, ele distinguiu-se por uma vida dedicada, santa e sábia. Contra os hábitos do tempo, ele procurou acumular poderes temporais, tomou duas decisões corajosas que permitiram o desenvolvimento do cristianismo nas terras que lhe foram confiadas: ele renunciou à Boêmia para se estabelecer como uma diocese autônoma com base em Praga e renunciou à Abadia de Reichenau. Em ambos os casos, os novos pastores (o bispo e a abadia) estavam em contato com as pessoas que lhes eram confiadas para melhor apoiar sua fé. 
    Em 994, durante viagem pastoral, ao longo do Danúbio, foi acometido por grave doença. Ao sentir-se perto da morte foi levado para à igreja vizinha de Pupping, Áustria, onde se confessou, conversou e expirou ao pé do altar na noite de 31 de outubro. Suas relíquias estão atualmente na catedral de Ratisbona.
    Foi canonizado em 7 de outubro de 1052 pelo Papa Leão IX, durante uma visita a Ratisbona.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração para esta manhã

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

Hino

Da luz Criador,
vós mesmo sois luz
e dia sem fim.
Vós nunca da noite
provastes as trevas:
Só Deus é assim.

A noite já foge
e o dia enfraquece
dos astros a luz.
A estrela da aurora,
surgindo formosa,
no céu já reluz.

Os leitos deixando,
a vós damos graças
com muita alegria,
porque novamente,
por vossa bondade,
o sol traz o dia.

Ó Santo, pedimos
que os laços do Espírito
nos prendam a vós,
e, assim, não ouçamos
as vozes da carne
que clamam em nós.

Às almas não fira
a flecha da ira
que traz divisões.
Livrai vossos filhos
da própria malícia
dos seus corações.

Que firmes na mente
e castos no corpo,
de espírito fiel,
sigamos a Cristo,
Caminho e Verdade,
doçura do céu.

O Pai piedoso
nos ouça, bondoso,
e o Filho também.
No laço do Espírito
unidos, dominam
os tempos. Amém.

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

Cântico                Is 38,10-14.17-20 

Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias;
para a mansão triste dos mortos descerei,
sem viver o que me resta dos meus anos’.

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’

Minha morada foi à força arrebatada,
desarmada como a tenda de um pastor.
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama.

Vou me acabando de manhã até à tarde,
passo a noite a gemer até a aurora.
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite.

O meu grito é semelhante ao da andorinha,
o meu gemido se parece ao da rolinha.
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro,
e lançastes para trás os meus pecados.
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos;

para quem desce à sepultura é terminada
a esperança em vosso amor sempre fiel.
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido.

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel.
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

Glória ao Pai...

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

Leitura breve                            1 Ts5,4-5

Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas.

Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

BENEDICTUS

Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

Preces

Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo:

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos!

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição,
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R.

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos,
– como primícias deste dia. R.

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R.

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens,
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

(Intenções livres)

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

Pai nosso ...

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

Oração

Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo.

Povo do Senhor, rebanho guiado por Ele, vinde adoremo-lo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz 
e dia sem fim. 
Vós nunca da noite 
provastes as trevas: 
Só Deus é assim. 

A noite já foge 
e o dia enfraquece 
dos astros a luz. 
A estrela da aurora, 
surgindo formosa, 
no céu já reluz. 

Os leitos deixando, 
a vós damos graças 
com muita alegria, 
porque novamente, 
por vossa bondade, 
o sol traz o dia. 

Ó Santo, pedimos 
que os laços do Espírito 
nos prendam a vós, 
e, assim, não ouçamos 
as vozes da carne 
que clamam em nós. 

Às almas não fira 
a flecha da ira 
que traz divisões. 
Livrai vossos filhos 
da própria malícia 
dos seus corações. 

Que firmes na mente 
e castos no corpo, 
de espírito fiel, 
sigamos a Cristo, 
Caminho e Verdade, 
doçura do céu. 

O Pai piedoso 
nos ouça, bondoso, 
e o Filho também. 
No laço do Espírito 
unidos, dominam 
os tempos. Amém.

Cântico                Is 38,10-14.17-20 
Eu sou aquele que vive. Estive morto. Eu tenho a chave da morte (Ap 1,18).

Eu dizia: ‘É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias; 
para a mansão triste dos mortos descerei, 
sem viver o que me resta dos meus anos’. 

Eu dizia: ‘Não verei o Senhor Deus
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um homem neste mundo!’ 

Minha morada foi à força arrebatada, 
desarmada como a tenda de um pastor. 
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama. 

Vou me acabando de manhã até à tarde, 
passo a noite a gemer até a aurora. 
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite. 

O meu grito é semelhante ao da andorinha, 
o meu gemido se parece ao da rolinha. 
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: ‘Socorrei-me, Senhor Deus!’ 

Mas vós livrastes minha vida do sepulcro, 
e lançastes para trás os meus pecados. 
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos; 

para quem desce à sepultura é terminada 
a esperança em vosso amor sempre fiel. 
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido. 

O pai há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel. 
Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio,
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

Glória ao Pai...

Leitura breve                            1 Ts5,4-5
Vós, meus irmãos, não estais nas trevas, de modo que esse dia vos surpreenda como um ladrão. Todos vós sois filhos da luz e filhos do dia. Não somos da noite, nem das trevas. 
Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra. 
Chego antes que a aurora e clamo a vós. 

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando a frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Bendigamos a Cristo, nosso Salvador, que pela sua ressurreição iluminou o mundo; e o invoquemos com humildade, dizendo: 

R. Guardai-nos, Senhor, em vossos caminhos! 

Senhor Jesus, nesta oração da manhã celebramos a vossa ressurreição, 
– e vos pedimos que a esperança da vossa glória ilumine todo o nosso dia. R. 

Recebei, Senhor, nossas aspirações e propósitos, 
– como primícias deste dia. R. 

Fazei-nos crescer hoje em vosso amor,
– a fim de que tudo concorra para o nosso bem e de todas as pessoas. R. 

Fazei, Senhor, que a nossa vida brilhe como luz diante dos homens, 
– para que vejam as nossas boas obras e glorifiquem a Deus Pai. R.

(Intenções livres) 

Pai nosso ...

Oração
Senhor Jesus Cristo, luz verdadeira que iluminais a todos os seres humanos para salvá-los, concedei-nos a força de preparar diante de vós os caminhos da justiça e da paz. Vós, que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo. 

Meditação do dia

Um grão de mostarda

    Vejamos, então, porque o Reino muito elevado dos céus é comparado ao grão de mostarda, pois me lembro de também tê-lo encontrado em outra passagem onde é comparado à fé, quando o Senhor disse: “Se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a esta montanha: ‘transporta-te daqui para lá, e ela se transportará’, e nada vos será impossível”. (Mt 17,20b). […]
    Se, portanto, o Reino dos céus é como um grão de mostarda e a fé é como um grão de mostarda, a fé é seguramente o Reino dos céus e o Reino dos céus é a fé. Assim, ter fé é ter o Reino dos céus. […]
    Apreciemos agora o alcance da comparação. Este grão é certamente uma coisa comum e simples, mas, se o trituramos, ele expande seu vigor. Do mesmo modo, a fé à primeira vista, parece ser simples, mas, sacudida pela adversidade, ela expande o bem de sua virtude, de maneira a penetrar também com seu perfume nos que ouvem ou que leem. Os nossos mártires Félix, Nabor e Victor foram grãos de mostarda. Eles tiveram o perfume da fé, mas eram ignorados. Chegada a perseguição, depuseram as armas, estenderam o pescoço e, abatidos pelo gládio, espalharam a beleza do seu martírio, se o podemos dizer: “Seu eco se propagou sobre toda terra” (Sl 18,5). […]
    O próprio Senhor é um grão de mostarda. Ele não sofreu atentado, mas como com o grão de mostarda, por não terem tido contato com ele, o povo não o reconheceu. Ele escolheu ser triturado […].
    Escolheu ser esmagado, embora Pedro lhe dissesse: “Senhor, é a multidão que te comprime e esmaga” (Lc 8,45). Ele escolheu ser semeado, como o grão “que alguém pega para colocar em seu jardim”. Pois foi num jardim que Cristo foi preso e enterrado.     Ele cresceu nesse jardim e foi lá que ressuscitou. […]
    Portanto, vós também, semeai Cristo em vosso jardim. […]
    Semeai o Senhor Jesus: Ele é grão quando é preso, árvore quando ressuscita, árvore que dá sombra ao mundo. Ele é grão quando é enterrado na terra, árvore quando Se eleva ao céu.

Santo Ambrósio de Milão (340-397)
Bispo e Doutor da Igreja
Comentário sobre o Evangelho de Lucas VII, 176-180

Oração para esta tarde

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra

e nela habitarão eternamente. Em vós espero!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém.

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Hino

Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais
o claro dia ao trabalho,
e a noite, ao sono e à paz.

As mentes castas guardai
dentro da calma da noite
e que não venha a feri-las
do dardo mau o açoite.

Os corações libertai
de excitações persistentes.
Não quebre a chama da carne
a força viva das mentes.

Ouvi-nos, Pai piedoso,
e vós, ó Filho de Deus,
que como Espírito Santo
reinais eterno nos céus.

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Salmo                 48(49) 2-13   

Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo;
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos!

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente;
e inclinando meus ouvidos às parábolas,
decifrarei ao som da harpa o meu enigma:

Por que temer os dias maus e infelizes,
quando a malícia dos perversos me circunda?
Por que temer os que confiam nas riquezas
e se gloriam na abundância de seus bens?

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate.
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir,
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal.

Morrem os sábios e os ricos igualmente;
morrem os loucos e também os insensatos,
e deixam tudo o que possuem aos estranhos;
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações,
mesmo se deram o seu nome a muitas terras.

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Glória ao Pai...

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça.

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!

Delícia eterna, ó Senhor.

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

MAGNIFICAT

Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

A minha alma engrandece ao Senhor

e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;

pois ele viu a pequenez de sua serva,

desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas

e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,

chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,

dispersou os orgulhosos;

derrubou os poderosos de seus tronos

e os humildes exaltou;

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

De bens saciou os famintos,

e despediu, sem nada, os ricos.

Acolheu Israel, seu servidor,

fiel ao seu amor,

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

como havia prometido aos nossos pais,

em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos:

R. Senhor, protegei o vosso povo!

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N.,
– e todos os pastores da vossa Igreja. R.

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição,
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R.

Tende compaixão dos pobres e necessitados,
– e dai pão aos que têm fome. R.

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações,
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

(Intenções livres)

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue,
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R.

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Pai nosso ...

Ó meu Deus, os justos herdarão a nova terra
e nela habitarão eternamente. Em vós espero!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais 
o claro dia ao trabalho, 
e a noite, ao sono e à paz. 

As mentes castas guardai 
dentro da calma da noite 
e que não venha a feri-las 
do dardo mau o açoite. 

Os corações libertai 
de excitações persistentes. 
Não quebre a chama da carne 
a força viva das mentes. 

Ouvi-nos, Pai piedoso, 
e vós, ó Filho de Deus, 
que como Espírito Santo 
reinais eterno nos céus.

Salmo                 48(49) 2-13   
Dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus (Mt 19,23).

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 
poderosos e humildes, escutai-me,
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras sábias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas, 
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes, 
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas 
e se gloriam na abundância de seus bens? 

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 
A isenção da própria morte não tem preço;
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites
e garantir-lhe uma existência imortal. 

Morrem os sábios e os ricos igualmente; 
morrem os loucos e também os insensatos, 
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
os seus sepulcros serão sempre as suas casas,
suas moradas através das gerações, 
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;
é semelhante ao gado gordo que se abate.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                  Rm 3,23-25a
Todos pecaram e estão privados da glória de Deus, e a justificação se dá gratuitamente, por sua graça, em virtude da redenção realizada em Jesus Cristo. Deus destinou Jesus Cristo a ser, por seu próprio sangue, instrumento de expiação mediante a realidade da fé. Assim Deus mostrou sua justiça. 

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso nome!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos a Cristo, pastor e guia de nossas almas, que ama e protege o seu povo; e, pondo nele toda a nossa esperança, supliquemos: 

R. Senhor, protegei o vosso povo! 

Pastor eterno, protegei o nosso Bispo N., 
– e todos os pastores da vossa Igreja. R. 

Olhai com bondade para os que sofrem perseguição, 
– e apressai-vos em libertá-los de seus sofrimentos. R. 

Tende compaixão dos pobres e necessitados, 
– e dai pão aos que têm fome. R. 

Iluminai os que têm a responsabilidade de fazer as leis das nações, 
– para que em tudo possam discernir com sabedoria e equidade. R.

(Intenções livres)

Socorrei, Senhor, os nossos irmãos e irmãs falecidos, que remistes com vosso sangue, 
– para que mereçam tomar parte convosco no banquete das núpcias eternas. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

ANTÍFONA MARIANA

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.

A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.

Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.

Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Evangelho do dia

Evangelho segundo S. Lucas 13,18-21.
Naquele tempo, disse Jesus: «A que é semelhante o reino de Deus, a que hei de compará-lo?
É semelhante ao grão de mostarda que um homem tomou e lançou na sua horta. Cresceu, tornou-se árvore e as aves do céu vieram abrigar-se nos seus ramos».
Jesus disse ainda: «A que hei de comparar o reino de Deus?
É semelhante ao fermento que uma mulher tomou e misturou em três medidas de farinha, até ficar tudo levedado».

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement