Aleteia
La fête du jour

Terça-feira, 20 de junho
Santo Adalberto de Magdeburgo

Monge beneditino (†981)

Magdeburgo, a capital da Sax√īnia, deve sua funda√ß√£o como cidade e como sede arquiepiscopal ao imperador Oto, o Grande. Reconhecendo o valor estrat√©gico do lugar, ele come√ßou a construir uma cidade solidamente fortificada, destinada a intimidar os eslavos vizinhos, e, para servir de centro das miss√Ķes crist√£s entre eles, fundou, em 937, um mosteiro com a ativa colabora√ß√£o de sua primeira mulher, a princesa inglesa Edite (irm√£ do rei Atelstano e neta do rei Alfredo, o Grande). Os dois consagraram a abadia sob a invoca√ß√£o dos ap√≥stolos S. Pedro, S. Paulo e S. Maur√≠cio. Raz√Ķes de ordem pol√≠tica e religiosa contribu√≠ram para tornar Oto um ardente pro-pugnador da evangeliza√ß√£o dos eslavos, dos magiares e de outros povos pag√£os da Europa Oriental. Consequentemente, quando a princesa Olga, depois de sua convers√£o em Constantinopla, aos setenta anos de idade, pediu-lhe que lhe obtivesse mission√°rios para evangelizar seus s√ļditos russos, ele prontamente atendeu-lhe o pedido. O chefe escolhido para o pequeno grupo foi Adalberto, monge da abadia de S√£o Maximino de Treves, a respeito de cujos antecedentes nada se sabe, mas parece que mesmo j√° ent√£o era personagem importante.

Os mission√°rios foram enviados em 961, mas logo que entraram na R√ļssia, verificaram que sua miss√£o seria in√ļtil, pois Olga fora obrigada a ceder sua autoridade ao filho pag√£o Esviatoslavo, em Kiev. Alguns mission√°rios perderam a vida, mas Adalberto conseguiu fugir e voltar a seu pa√≠s. Durante quatro anos permaneceu na corte imperial, na Mog√ļncia, e, em seguida, foi nomeado abade da abadia de Weissenburgo, onde trabalhou muito promovendo o ensino. Nessa √©poca, Magdeburgo j√° se tornara uma cidade importante, e Oto desejava, por v√°rios motivos, v√™-la elevada √† condi√ß√£o de sede episcopal. Depois de muita oposi√ß√£o por parte do arcebispo de Mog√ļncia e de outros, seu pedido recebeu a aprova√ß√£o papal em 962, e Adalberto foi nomeado primeiro arcebispo de Magdeburgo com jurisdi√ß√£o geral sobre os eslavos. Verdadeiro ap√≥stolo, ele trabalhou infatigavelmente pela expans√£o do cristianismo entre os v√™netos, situados na margem oposta do rio Elba, e foi rigoroso em fazer observar a disciplina nas casas religiosas. Quando Oto morreu, em 973, Santo Adalberto o sepultou ao lado de Edite, sua primeira mulher, na igreja de S√£o Maur√≠cio, que se tornara catedral. O santo arcebispo adoeceu e morreu oito anos depois, durante uma visita can√īnica na diocese de Magdeburgo.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Os reis de toda a terra h√£o de ador√°-lo,

vinde, adoremos a Cristo, que nos dá a salvação!

 

 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém

 

Hino

 

Jesus, Rei t√£o admir√°vel,

nobre Rei triunfador,

sois doçura inefável,

desej√°vel ao amor.

 

Rei dos anjos, Rei do mundo,

Rei da máxima vitória,

doador de toda graça,

dos eleitos honra e glória.

 

Celebrando o vosso nome,

canta em coro todo o céu.

Jesus, gozo do universo,

que nos dais a paz de Deus.

 

Jesus reina pela paz

que supera o intelecto.

Nossas mentes a desejam

e a procura o nosso afeto.

 

A Jesus sigamos hoje

com louvor, can√ß√Ķes e prece.

Dê-nos ele em sua casa

o amor que n√£o perece

 

√ď Jesus, total do√ßura,

da M√£e Virgem sois a flor.

Para nós, no Reino eterno,

honra, graças e louvor.

 

Salmo 84(85)


No Salvador vindo à terra, Deus abençoou a sua terra (Orígenes). 

Favorecestes, ó Senhor, a vossa terra,  
libertastes os cativos de Jacó. 
Perdoastes o pecado ao vosso povo,  
encobristes toda a falta cometida;
retirastes a ameaça que fizestes,
acalmastes o furor de vossa ira.

Renovai-nos, nosso Deus e Salvador,  
esquecei a vossa mágoa contra nós!
Ficareis eternamente irritado?  
Guardareis a vossa ira pelos séculos? 

Não vireis restituir a nossa vida,  
para que em vós se rejubile o vosso povo? 
Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade,  
concedei-nos também vossa salvação! 

 Quero ouvir o que o Senhor irá falar:  
é a paz que ele vai anunciar; 
a paz para o seu povo e seus amigos,  
para os que voltam ao Senhor seu coração. 
 Está perto a salvação dos que o temem,  
e a glória habitará em nossa terra. 

A verdade e o amor se encontrar√£o,
a justiça e a paz se abraçarão; 
da terra brotará a fidelidade,  
e a justiça olhará dos altos céus. 

O Senhor nos dará tudo o que é bom, 
e a nossa terra nos dará suas colheitas; 
 a justiça andará na sua frente  
e a salvação há de seguir os passos seus. 

 

Glória ao Pai...

 

Leitura breve        1Jo 4,14-15

Nós vimos, e damos testemunho, que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo. Todo aquele que proclama que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece com ele, e ele com Deus.

 

√ď meu Deus, sois o rochedo que me abriga,¬†
Meu escudo e proteção: em vós espero!

 

BENEDICTUS

 

O Senhor fez surgir um poderoso Salvador, como falara pela boca de seus santos, os profetas desde os  tempos mais antigos .

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

 
e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 


para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abra√£o, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 


a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 


anunciando ao seu povo a salvação,
que est√° na remiss√£o de seus pecados;

pela bondade e compaix√£o de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,


para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 


e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

 

Preces

Glorifiquemos a Cristo, fonte de vida e origem de todas as virtudes; e rezemos com amor e confiança: 

R. Firmai no mundo o vosso Reino, Senhor! 

Jesus Salvador, que experimentastes a morte em vossa carne, mas voltastes à vida pelo Espírito, 
‚Ästfazei-nos morrer para o pecado e viver a vida nova do vosso Esp√≠rito Santo.¬†R.¬†

Vós, que enviastes os discípulos ao mundo inteiro para pregar o evangelho a toda criatura, 
‚Ästsustentai, com a for√ßa do vosso Esp√≠rito, os mensageiros de vossa palavra.¬†R.¬†

Vós, que recebestes todo o poder no céu e na terra para dar testemunho da verdade, 
‚Ästdirigi no esp√≠rito de verdade o cora√ß√£o daqueles que nos governam.¬†R.¬†

Vós, que fazeis novas todas as coisas e nos mandais esperar, vigilantes, a vinda do vosso reino, 
‚Ästconcedei que, quanto mais fervorosamente esperarmos os novos c√©us e a nova terra, tanto mais generosamente trabalhemos pela edifica√ß√£o do mundo presente.

(Inten√ß√Ķes livres)

 

Pai nosso ...

 

Oração

√ď Deus, fazei que a prega√ß√£o do Evangelho por toda a terra realize o que prometestes ao glorificar o vosso Verbo, para que possamos alcan√ßar, vivendo plenamente como filhos e filhas, o que foi anunciado pela vossa palavra. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Esp√≠rito Santo.

N√£o quero a morte do pecador, mas que se converta e viva.

O Senhor ordenou-nos: ‚ÄúAmai os vossos inimigos‚ÄĚ (Mt 5,44). Mas, como podemos am√°-los, quando eles fazem o mal? Ou como amar os que perseguem a santa Igreja?

Quando o Senhor caminhava em dire√ß√£o a Jerusal√©m e os Samaritanos recusaram-se a acolh√™-lo, Jo√£o e Tiago estavam prontos para fazer descer fogo do c√©u para aniquil√°-los. Mas, o Senhor disse-lhes com bondade: ‚ÄúEu n√£o vim para arruinar os homens, mas para salv√°-los‚ÄĚ (Lc 9,54-56). Assim, tamb√©m n√≥s n√£o devemos ter sen√£o um √ļnico pensamento: que todos sejam salvos. A alma tem compaix√£o dos inimigos e reza por eles, porque eles se afastaram da verdade e v√£o para o inferno. Eis o que √© o amor para com os inimigos. Quando Judas pensou em trair o Senhor, o Senhor repreendeu-o com bondade; tamb√©m n√≥s, devemos agir com bondade para com aquele que se perde, e ent√£o seremos salvos pela miseric√≥rdia de Deus. ¬†

     

S√£o Siluane (1886-1938),

Monge ortodoxo

Escritos Espirituais

√ď meu Deus, sois o rochedo que me abriga,¬†
meu escudo e proteção: em vós espero!

 

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém.

 

Hino

Doador da luz esplêndida, 
pelo vosso resplendor, 
ao passar da noite o tempo, 
surge o dia em seu fulgor. 

Verdadeira Estrela d’alva, 
não aquela que anuncia 
de outro astro a luz chegando 
e a seu brilho se anuvia, 

mas aquela luminosa, 
mais que o sol em seu clarão, 
mais que a luz e mais que o dia, 
aclarando o coração. 

Casta, a mente vença tudo, 
que os sentidos pedem tanto; 
vosso Espírito guarde puro 
nosso corpo, templo santo. 

A vós, Cristo, Rei clemente, 
e a Deus Pai, Eterno Bem, 
com o Espírito Paráclito, 
honra e glória eterna. Amém.

 

Salmo 48(49)                                                         2-13                    

Como o Cristo, nós esperamos tudo das mãos do Pai e sabemos que não seremos decepcionados. 

 

Ouvi isto, povos todos do universo,
muita atenção, ó habitantes deste mundo; 

poderosos e humildes, escutai-me,  
ricos e pobres, todos juntos, sede atentos! 

Minha boca vai dizer palavras s√°bias,
que meditei no coração profundamente; 
e inclinando meus ouvidos às parábolas,  
decifrarei ao som da harpa o meu enigma: 

Por que temer os dias maus e infelizes,  
quando a malícia dos perversos me circunda? 
Por que temer os que confiam nas riquezas  
e se gloriam na abund√Ęncia de seus bens?¬†

Ninguém se livra de sua morte por dinheiro  
nem a Deus pode pagar o seu resgate. 

A isenção da própria morte não tem preço;  
não há riqueza que a possa adquirir, 
nem dar ao homem uma vida sem limites  
e garantir-lhe uma existência imortal.

Morrem os sábios e os ricos igualmente;  
morremos loucos e também os insensatos,  
e deixam tudo o que possuem aos estranhos; 
 os seus sepulcros serão sempre as suas casas, 
suas moradas atrav√©s das gera√ß√Ķes,
mesmo se deram o seu nome a muitas terras. 

Não dura muito o homem rico e poderoso;  
é semelhante ao gado gordo que se abate.

 

Glória ao Pai...

 

Leitura breve              Rm 12,9-12
O amor seja sincero. Detestai o mal, apegai-vos ao bem. Que o amor fraterno vos una uns aos outros com terna afei√ß√£o, prevenindo-vos com aten√ß√Ķes rec√≠procas. Sede zelosos e diligentes, fervorosos de esp√≠rito, servindo sempre ao Senhor, alegres por causa da esperan√ßa, fortes nas tribula√ß√Ķes, perseverantes na ora√ß√£o.¬†

 

Vossa palavra, ó Senhor, 
permanece eternamente.

 

MAGNIFICAT

 Sua misericórdia se estende de geração em geração sobre aqueles que o temem.

 

A minha alma engrandece ao Senhor

e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;

pois ele viu a pequenez de sua serva,

desde agora as gera√ß√Ķes h√£o de chamar-me de bendita.¬†

O Poderoso fez por mim maravilhas

e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,

chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,

dispersou os orgulhosos;

derrubou os poderosos de seus tronos

e os humildes exaltou;

 

De bens saciou os famintos,

e despediu, sem nada, os ricos.

Acolheu Israel, seu servidor,

fiel ao seu amor,

 

como havia prometido aos nossos pais,

em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 


Glória ao Pai...

 

Preces
Imploremos a Deus todo-poderoso, que em seu Filho ressuscitado, abriu-nos as portas da vida eterna e digamos confiantes: 

R. Pela vitória de Cristo, salvai, Senhor, o vosso povo! 

Deus de nossos pais, que glorificastes vosso Filho Jesus, ressuscitando-o dos mortos, 
‚Ästtransformai os nossos cora√ß√Ķes para vivermos a vida nova da filia√ß√£o divina.¬†R.¬†

Vós, que conduzistes as ovelhas desgarradas, que éramos, a Cristo, pastor e guia de nossas almas, 
‚Ästconservai-nos fi√©is ao evangelho, sob a orienta√ß√£o dos pastores da Igreja.¬†R.¬†

Vós, que escolhestes os primeiros discípulos de vosso Filho dentre o povo judeu,
‚Ästdai aos filhos de Israel fidelidade √† Alian√ßa, para caminharem ao encontro da promessa feita a seus pais.¬†R.¬†

Lembrai-vos de todos os abandonados, dos √≥rf√£os e das vi√ļvas,¬†
‚Äste n√£o deixeis que vivam sozinhos aqueles que vosso Filho, com sua morte, reconciliou convosco.¬†R.¬†


Recebei com bondade os nossos irmãos e irmãs que partiram desta vida, 
‚Ästonde v√≥s sereis tudo em todos. R.¬†

 

(Inten√ß√Ķes livres)

 

Pai nosso ...

 

ANT√ćFONA MARIANA

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.

A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.

Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.

Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos da promessa de Cristo. Amém

 

 

SEJAM SANTOS!

Na escola da santidade.

Evangelho segundo S. Mateus 5,43-48. 
Naquele tempo, disse Jesus aos seus disc√≠pulos: ¬ęOuvistes que foi dito: ‚ÄėAmar√°s o teu pr√≥ximo e odiar√°s o teu inimigo‚Äô.
Eu, porém, digo-vos: Amai os vossos inimigos e orai por aqueles que vos perseguem,
para serdes filhos do vosso Pai que está nos Céus; pois Ele faz nascer o sol sobre bons e maus e chover sobre justos e injustos.
Se amardes aqueles que vos amam, que recompensa tereis? N√£o fazem a mesma coisa os publicanos?
E se saudardes apenas os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Não o fazem também os pagãos?
Portanto, sede perfeitos, como o vosso Pai celeste √© perfeito¬Ľ.

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement