Aleteia
La fête du jour

Terça-feira, 19 de setembro
São Januário

Bispo e Mártir († 305)

São Januário é um santo da antiguidade que tem um culto muito popular entre os fiéis, principalmente na Itália. Mesmo no Brasil, na região do estado de São Paulo, San Gennaro, como também é chamado, é motivo de grande alegria e de festas feitas ainda hoje em sua honra pelos fiéis descendentes dos imigrantes italianos radicados em São Paulo. Seu nome, Januário, vem do latim e, em geral, era dado às crianças que nasciam no mês dedicado ao deus pagão “Janus” – o mês de janeiro, portanto. Há alguns documentos antigos que falam de São Januário, deles sabemos que era um bispo da comunidade cristã da região italiana de Benevento. Era muito amado por sua comunidade, e até mesmo os pagãos o respeitavam pela sua grande caridade. Durante sua velhice, no entanto, se desencadeou uma violenta perseguição aos cristãos que acabaria por levá-lo ao martírio numa visita pastoral a cidade de Pozzuoli, Januário foi preso e, junto com outros companheiros cristãos, condenado à morte no anfiteatro da cidade. A ideia era jogar esse grupo de cristãos às feras, para a diversão do povo. No entanto, as autoridades perceberam que Januário era muito estimado pelo povo e, diante da previsão de desordens públicas, resolveram alterar a decisão: em vez de serem devorados pelas feras, Januário e companheiros, receberam uma pena mais “misericordiosa”: foram decapitados no dia 19 de setembro do ano 305. Segundo algumas tradições piedosas, se diz que certa mulher muito devota de nome Eusébia, teria recolhido o sangue do mártir Januário em duas ampolas de vidro, para conservá-lo com veneração. Mais tarde, durante o transporte das relíquias dos corpos de Januário e companheiros para a cidade italiana de Nápoles, Eusébia teria entregado ao bispo local as ampolas contendo o precioso sangue de Januário. A partir daí, o túmulo de São Januário começou a ser meta de peregrinações dos fiéis, sendo sua figura associada a prodigiosos eventos que alimentaram a devoção dos fiéis ao longo dos séculos. Talvez o fato mais singelo que atraí a curiosidade de muitos, mesmo não crentes, é a liquefação do sangue de São Januário. As ampolas de vidro que contém o sangue do mártir, estão conservadas numa teca, que ao ser movimentada pelo arcebispo de Nápoles em certas ocasiões solenes durante o ano, apresenta um fenômeno milagroso: o sangue do santo se liquefaz perante o olhar dos fiéis. A ciência tenta compreender esse fenômeno, ainda sem uma explicação racional satisfatória. De fato, no ano de 1988 alguns testes foram feitos nas ampolas por uma comissão de cientistas e foi constatado que o líquido que aí está encerrado contém hemoglobina, um dos componentes do sangue humano. Apesar de tantos papas já terem visitado o túmulo do santo, a Igreja nunca se pronunciou oficialmente sobre esse milagre de “San Gennaro”. 

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração da manhã

Oração da manhã

Ao Senhor, o grande Deus, vinde todos adoremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Da luz Criador,
vós mesmo sois luz
e dia sem fim.
Vós nunca da noite
provastes as trevas:
Só Deus é assim.

A noite já foge
e o dia enfraquece
dos astros a luz.
A estrela da aurora,
surgindo formosa,
no céu já reluz.

Os leitos deixando,
a vós damos graças
com muita alegria,
porque novamente,
por vossa bondade,
o sol traz o dia.

Ó Santo, pedimos
que os laços do Espírito
nos prendam a vós,
e, assim, não ouçamos
as vozes da carne
que clamam em nós.

Às almas não fira
a flecha da ira
que traz divisões.
Livrai vossos filhos
da própria malícia
dos seus corações.

Que firmes na mente
e castos no corpo,
de espírito fiel,
sigamos a Cristo,
Caminho e Verdade,
doçura do céu.

O Pai piedoso
nos ouça, bondoso,
e o Filho também.
No laço do Espírito
unidos, dominam
os tempos. Amém.
Salmo................................................................................................................ 100(101)

Se me amais, guardai os meus mandamentos (Jo 14,15).

Eu quero cantar o amor e a justiça,
cantar os meus hinos a vós, ó Senhor!
Desejo trilhar o caminho do bem,
mas quando vireis até mim, ó Senhor?

Viverei na pureza do meu coração,
no meio de toda a minha família.
Diante dos olhos eu nunca terei
qualquer coisa má, injustiça ou pecado.

Detesto o crime de quem vos renega;
que não me atraia de modo nenhum!
Bem longe de mim, corações depravados,
nem nome eu conheço de quem é malvado.

Farei que se cale diante de mim
quem é falso e às ocultas difama seu próximo;
o coração orgulhoso, o olhar arrogante
não vou suportar e não quero nem ver.

Aos fiéis desta terra eu volto meus olhos;
que eles estejam bem perto de mim!
Aquele que vive fazendo o bem
será meu ministro, será meu amigo.

Na minha morada não pode habitar
o homem perverso e aquele que engana;
aquele que mente e que faz injustiça
perante meus olhos não pode ficar.

Em cada manhã haverei de acabar
com todos os ímpios que vivem na terra;
farei suprimir da cidade de Deus
a todos aqueles que fazem o mal.

Glória ao Pai.....

Leitura breve ......... Is 55,1
Ó vós todos que estais com sede, vinde às águas; vós que não tendes dinheiro, apressai-vos, vinde e comei, vinde comprar sem dinheiro, tomar vinho e leite, sem nenhuma paga.

Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, confiante eu espero na vossa palavra.
Chego antes que a aurora e clamo a vós.

BENEDICTUS
Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...
Preces
Concedendo-nos a alegria de louvá-lo nesta manhã, Deus fortalece a nossa esperança; por isso, dirijamos-lhe a nossa oração cheios de confiança:

R. Ouvi-nos, Senhor, para a glória de vosso nome!

Nós vos agradecemos, Deus e Pai de nosso Salvador Jesus Cristo,
– pelo conhecimento e pela imortalidade que recebemos por meio dele. R.

Concedei-nos a humildade de coração,
– para nos ajudarmos uns aos outros no amor de Cristo. R.

Derramai o Espírito Santo sobre nós, vossos servos,
– para que seja sincero o nosso amor fraterno. R.

Vós, que confiastes aos seres humanos a tarefa de governar o mundo,
– concedei que o nosso trabalho vos dê glória e santifique os nossos irmãos e irmãs. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Senhor, aumentai em nós o dom da fé, para que em nossos lábios vosso louvor seja perfeito e produza sempre a abundância de frutos celestes. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação

O Senhor sentiu compaixão para com ela e lhe disse: “Não chores!”

A divina misericórdia logo se deixa dobrar pelos gemidos desta mãe. É viúva; os sofrimentos e a morte de seu filho único a despedaçaram. Essa viúva, rodeada pela multidão do povo, é mais que uma simples mulher que, com suas lágrimas, mereceu a ressurreição de seu único filho. É imagem da própria Igreja, a qual, por suas lágrimas, em meio ao cortejo fúnebre e até no interior do sepulcro, consegue chamar à vida o jovem povo do mundo. Pois, pela palavra de Deus, os mortos ressuscitam, recuperam a voz e a mãe recobra seu filho; este é chamado do túmulo, arrancado do sepulcro. Qual é esse túmulo para vós, senão vossos maus hábitos? Vosso túmulo é a falta de fé. Cristo vos libertou desse sepulcro; daí saireis se escutardes a palavra de Deus. E se vosso pecado for demasiadamente grave para que possa ser lavada com as lágrimas de vossa penitência, que intervenha, em favor vosso, o pranto de vossa mãe Igreja. Ela intercede por cada um de seus filhos, como se cada um fosse um filho único. Com efeito, a Igreja, cheia de compaixão, experimenta uma dor espiritual e totalmente maternal quando percebe que seus filhos são arrastados à morte pelo pecado.
Santo Ambrósio
Bispo de Milão e Doutor da Igreja (340-397)

Oração da tarde

Justo é o Senhor e cheio de bondade!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Autor e origem do tempo,
por sábia ordem nos dais
o claro dia no trabalho,
e a noite, ao sono e à paz.

As mentes castas guardai
dentro da calma da noite
e que não venha a feri-las
do dardo mau o açoite.

Os corações libertai
de excitações persistentes.
Não quebre a chama da carne
a força viva das mentes.

Ouvi-nos, Pai piedoso,
e vós, ó Filho de Deus,
que como Espírito Santo
reinais eterno nos céus.

Salmo .................................. 136(137),1-6

Este cativeiro do povo deve-se entender como símbolo do nosso cativeiro espiritual (Sto. Hilário).

Junto aos rios da Babilônia
nos sentávamos chorando,
com saudades de Sião.
Nos salgueiros por ali
penduramos nossas harpas.

Pois foi lá que os opressores
nos pediram nossos cânticos;
nossos guardas exigiam
alegria na tristeza:
'Cantai hoje para nós
algum canto de Sião!'

Como havemos de cantar
os cantares do Senhor
numa terra estrangeira?
Se de ti, Jerusalém,
algum dia eu me esquecer,
que resseque a minha mão!

Que se cole a minha língua
e se prenda ao céu da boca,
se de ti não me lembrar!
Se não for Jerusalém
minha grande alegria!

Glória ao Pai...

Leitura Cl 3,16
Que a palavra de Cristo, com toda a sua riqueza, habite em vós. Ensinai e admoestai-vos uns aos outros com toda a sabedoria. Do fundo dos vossos corações, cantai a Deus salmos, hinos e cânticos espirituais, em ação de graças.

Junto a vós, felicidade, felicidade sem limites!
Delícia eterna, ó Senhor.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, fazei conosco maravilhas,
pois santo e poderoso é vosso Nome.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Exaltemos a Jesus Cristo, que dá ao seu povo força e poder; e lhe peçamos de coração sincero:

R. Ouvi-nos, Senhor, e vos louvaremos para sempre!

Jesus Cristo, nossa força, que nos chamastes ao conhecimento da verdade,
– concedei a vossos fiéis a perseverança na fé. R.

Dirigi, Senhor, segundo o vosso coração, todos os que nos governam,
– e inspirai-lhes bons propósitos, para que nos conduzam na paz. R.

Vós, que saciastes as multidões no deserto,
– ensinai-nos a repartir o pão com aqueles que têm fome. R.

Fazei que os governantes não se preocupem apenas com seu próprio país,
– mas respeitem as outras nações e sejam solícitos para com todas elas. R.

(Intenções livres)

Ressuscitai para a vida eterna os nossos irmãos e irmãs que morreram,
– quando vierdes manifestar a vossa glória naqueles que creram em vós. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho

Evangelho segundo S. Lucas 7,11-17.
Naquele tempo, dirigia-Se Jesus para uma cidade chamada Naim; iam com Ele os seus discípulos e uma grande multidão.
Quando chegou à porta da cidade, levavam um defunto a sepultar, filho único de sua mãe, que era viúva. Vinha com ela muita gente da cidade.
Ao vê-la, o Senhor compadeceu-Se dela e disse-lhe: «Não chores».
Jesus aproximou-Se e tocou no caixão; e os que o transportavam pararam. Disse Jesus: «Jovem, Eu te ordeno: levanta-te».
O morto sentou-se e começou a falar; e Jesus entregou-o à sua mãe.
Todos se encheram de temor e davam glória a Deus, dizendo: «Apareceu no meio de nós um grande profeta; Deus visitou o seu povo».
E a fama deste acontecimento espalhou-se por toda a Judeia e pelas regiões vizinhas.

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement