Aleteia
La fête du jour

Terça-feira, 12 de setembro
S. Guido de Anderlecht

Peregrino, +1012

Guido de Anderlecht, belga, era filho de um casal de camponeses cristãos que desde cedo lhe ensinaram os verdadeiros valores da vida, mostrando-lhe a necessidade de não se ter apego aos bens materiais.

Doando o pouco que tinha, Guido deixou a casa dos pais, tornando-se sacristão de um vigário, dedicando-se às orações e à caridade. Desejoso de contribuir cada vez mais para com os mais pobres, deixou o trabalho de sacristão para dedicar-se ao comércio, tendo sido infeliz logo à primeira tentativa, perdendo todas as mercadorias compradas num naufrágio.

Certo de que isso era um sinal de Deus para não persistir nesse caminho, partiu em peregrinação por diversos santuários. Anos mais tarde, voltou para casa fraco e doente, vindo logo a falecer. Sua memória, porém, mostra-nos uma vida espiritual rica e dedicada aos mais necessitados.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração da manhã

V. Abri, Senhor, os meus lábios
R. E a minha boca anunciará o vosso louvor.

Ant. Vinde, adoremos a Cristo, Filho da Virgem Maria.

Salmo 94 (95)
Convite ao louvor de Deus

Exortai-vos cada dia uns aos outros,
até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
aclamemos a Deus, nosso Salvador.
Vamos à sua presença e dêmos graças,
ao som de cânticos aclamemos o Senhor. (Ant.)

Pois grande Deus é o Senhor,
Rei maior que todos os deuses.
Em sua mão estão as profundezas da terra
e pertencem-Lhe os cimos das montanhas.
D’Ele é o mar, foi Ele quem o fez,
d’Ele é a terra firme, que suas mãos formaram. (Ant.)

Vinde, prostremo-nos em terra,
adoremos o Senhor que nos criou.
Pois Ele é o nosso Deus
e nós o seu povo, ovelhas do seu rebanho. (Ant.)

Quem dera ouvísseis hoje a sua voz:
«Não endureçais os vossos corações,
como em Meriba, como no dia de Massa no deserto,
onde vossos pais Me tentaram e provocaram,
apesar de terem visto as minhas obras. (Ant.)

Durante quarenta anos essa geração Me desgostou,
e Eu disse: É um povo de coração transviado,
que não atinou com os meus caminhos.
Por isso jurei na minha ira:
Não entrarão no meu repouso». (Ant.)

Glória ao Pai e ao Filho
e ao Espírito Santo,
como era no princípio,
agora e sempre. Amen. (Ant.)

HINO

Avé Maria,
Mãe da Esperança,
Cheia de graça!
Avé Maria!

Ditosa Virgem sois Vós, Maria,
De cujo seio Cristo nasceu:
Sois a nascente da eterna graça,
Sois a formosa porta do Céu!

Eternamente por Deus pensada,
Sois maravilha do seu amor;
Em vós, Senhora, Deus Se contempla,
Mãe gloriosa do Redentor!

Imaculada cheia de graça,
Sois a alegria da santa Igreja;
Todas as gentes hão-de aclamar-vos:
Salvé, Rainha! bendita seja!

Sois a mais bela das criaturas,
De Deus Esposa, Mãe de Jesus:
Sois Mãe dos homens, por vós gerados
Do mesmo sangue dado na Cruz.

Salvé, Mãe santa, por quem o mundo
A paz divina dos Céus alcança;
Do Céu à terra sois o caminho
Donde vem Cristo, Rei da Esperança.

SALMODIA

Ant. 1 Abençoastes, Senhor, a vossa terra, perdoastes a culpa do vosso povo.

Salmo 84 (85)
A salvação está próxima

Deus abençoou a nossa terra,
quando lhe enviou o Salvador (Orígenes).

Abençoastes, Senhor, a vossa terra, *
restaurastes os destinos de Jacob.
Perdoastes a culpa do vosso povo, *
esquecestes todos os seus pecados.
Aplacastes toda a vossa cólera, *
refreastes o furor da vossa ira.

Restaurai-nos, ó Deus, nosso Salvador, *
e afastai de nós a vossa indignação.
Estareis para sempre irritado contra nós, *
prolongareis a vossa ira de geração em geração?

Não voltareis a dar-nos a vida, *
para que em Vós se alegre o vosso povo?
Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia *
e dai-nos a vossa salvação.

Escutemos o que diz o Senhor: *
Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis †
e a quantos de coração a Ele se convertem.
A sua salvação está perto dos que o temem *
e a sua glória habitará na nossa terra.

Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade, *
abraçaram-se a paz e a justiça.
A fidelidade vai germinar da terra *
e a justiça descerá do Céu.

O Senhor dará ainda o que é bom *
e a nossa terra produzirá os seus frutos.
A justiça caminhará à sua frente *
e a paz seguirá os seus passos.

Ant. Abençoastes, Senhor, a vossa terra, perdoastes a culpa do vosso povo.

Ant. 2 Por Vós suspira a minha alma durante a noite, o meu espírito Vos procura desde a aurora.

Cântico Is 26, 1-4. 7-9. 12
Hino após a vitória

A muralha da cidade tem por fundamento doze pedras (Cf. Ap 21, 14).

Nós temos em Sião uma cidade forte, *
o Salvador é sua muralha e baluarte.
Abri as portas para que entre um povo justo, *
um povo que pratica a fidelidade.

O seu coração está firme e conserva a paz, *
porque em Vós tem confiança.
Confiai sempre no Senhor, *
Ele é a nossa fortaleza eterna.

O caminho do justo é recto, *
é plana a vereda por onde caminha.
Pela vereda dos vossos juízos,
nós Vos esperamos, Senhor, *
o vosso nome e a vossa lembrança †
são o desejo da nossa alma.

Por Vós suspira a minha alma durante a noite, *
o meu espírito Vos procura desde a aurora.
Quando brilharem na terra os vossos juízos, *
os habitantes do universo aprenderão a justiça.

Senhor, Vós nos dareis a paz, *
porque em nosso favor realizastes obras grandiosas.

Ant. Por Vós suspira a minha alma durante a noite, o meu espírito Vos procura desde a aurora.

Ant. 3 Resplandeça sobre nós, Senhor, a luz do vosso rosto.

Salmo 66 (67)
Os povos louvam o Senhor

Sabei que aos gentios é enviada esta salvação de Deus (Actos 28, 28).

Deus Se compadeça de nós e nos dê a sua bênção, *
resplandeça sobre nós a luz do seu rosto.

Na terra se conhecerão os vossos caminhos *
e entre os povos a vossa salvação.

Os povos Vos louvem, ó Deus, *
todos os povos Vos louvem.

Alegrem-se e exultem as nações, *
porque julgais os povos com justiça †
e governais as nações sobre a terra.

Os povos Vos louvem, ó Deus, *
todos os povos Vos louvem.

A terra produziu os seus frutos, *
o Senhor nosso Deus nos abençoa.

Deus nos dê a sua bênção *
e chegue o seu temor aos confins da terra.

Ant. Resplandeça sobre nós, Senhor, a luz do vosso rosto.

LEITURA BREVE cf. Is 61, 10
Exulto de alegria no Senhor, minha alma rejubila no meu Deus, que me revestiu com as vestes da salvação e me envolveu num manto de justiça, como noiva que se adorna com suas jóias.

RESPONSÓRIO BREVE
V. O Senhor a escolheu e a predestinou.
R. O Senhor a escolheu e a predestinou.
V. Deus fê-la morar no seu templo santo.
R. O Senhor a escolheu e a predestinou.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. O Senhor a escolheu e a predestinou.

CÂNTICO EVANGÉLICO (Benedictus) Lc 1, 68-79

Ant. Por Eva foi fechada aos homens a porta do Céu e a todos foi de novo aberta por Maria.

Cântico
O Messias e seu Precursor

Bendito o Senhor Deus de Israel *
que visitou e redimiu o seu povo
e nos deu um Salvador poderoso *
na casa de David, seu servo,
conforme prometeu pela boca dos seus santos, *
os profetas dos tempos antigos,

para nos libertar dos nossos inimigos *
e das mãos daqueles que nos odeiam,
para mostrar a sua misericórdia a favor dos nossos pais, *
recordando a sua sagrada aliança
e o juramento que fizera a Abraão, nosso pai, *
que nos havia de conceder esta graça:

de O servirmos um dia, sem temor, *
livres das mãos dos nossos inimigos,
em santidade e justiça, na sua presença, *
todos os dias da nossa vida.

E tu, menino, serás chamado profeta do Altíssimo, *
porque irás à sua frente a preparar os seus caminhos,
para dar a conhecer ao seu povo a salvação *
pela remissão dos seus pecados,

graças ao coração misericordioso do nosso Deus, *
que das alturas nos visita como sol nascente,
para iluminar os que jazem nas trevas e na sombra da morte *
e dirigir os nossos passos no caminho da paz.

Glória ao Pai e ao Filho
e ao Espírito Santo, *
como era no princípio,
agora e sempre. Amen.

Ant. Por Eva foi fechada aos homens a porta do Céu e a todos foi de novo aberta por Maria.

PRECES

Elevemos as nossas súplicas ao Salvador, que Se dignou nascer da Virgem Maria, e digamos confiadamente:

Vossa Mãe, Senhor, interceda por nós.

Ó Sol de justiça, a quem a Virgem Maria precedeu como aurora resplandecente,
— fazei que vivamos sempre na claridade da vossa luz.

Verbo eterno do Pai, que escolhestes Maria como arca incorruptível da vossa morada,
— livrai-nos de toda a corrupção do pecado.

Salvador do mundo, que tivestes vossa Mãe junto à cruz,
— concedei-nos, por sua intercessão, a graça de participar generosamente nos vossos sofrimentos.

Senhor Jesus Cristo, que, suspenso da cruz, destes a João, Maria por Mãe,
— fazei que vivamos também como seus filhos.

Pai Nosso

Oração

Concedei, Deus omnipotente, a todos os que celebram o nome glorioso da Virgem Santa Maria os dons da vossa misericórdia. Por Nosso Senhor.

V. O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna.
R. Amen.

Meditação

A reconciliação não é uma palavra que devemos considerar abstrata; se assim fosse, traria apenas esterilidade, traria maior distância. Reconciliar-se é abrir uma porta a todas e cada uma das pessoas que viveram a realidade dramática do conflito. Quando as vítimas vencem a tentação compreensível da vingança, quando vencem esta tentação compreensível da vingança, tornam-se nos protagonistas mais credíveis dos processos de construção da paz. É preciso que alguns tenham a coragem de dar o primeiro passo nesta direção, sem esperar que o façam os outros. Basta uma pessoa boa, para que haja esperança. Não esqueçais isto: basta uma pessoa boa, para que haja esperança. E cada um de nós pode ser esta pessoa! Isto não significa ignorar ou dissimular as diferenças e os conflitos. Não é legitimar as injustiças pessoais ou estruturais. O recurso à reconciliação concreta não pode servir para se acomodar em situações de injustiça. Pelo contrário, como ensinou São João Paulo II, «é um encontro entre irmãos dispostos a vencer a tentação do egoísmo e a renunciar aos intentos duma pseudo-justiça; é fruto de sentimentos fortes, nobres e generosos, que levam a estabelecer uma convivência fundada sobre o respeito de cada indivíduo e dos valores próprios de cada sociedade civil» (Carta aos Bispos de El Salvador, 6/VIII/1982). Por isso, a reconciliação concretiza-se e consolida-se com a contribuição de todos, permite construir o futuro e faz crescer a esperança. Qualquer esforço de paz sem um compromisso sincero de reconciliação será sempre um fracasso.

VIAGEM APOSTÓLICA DO PAPA FRANCISCO À COLÔMBIA
(6-11 DE SETEMBRO DE 2017)

HOMILIA DO SANTO PADRE

Esplanada Catama, Villavicencio
Sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Oração da tarde

V. Deus, vinde em nosso auxílio.
R. Senhor, socorrei-nos e salvai-nos.

Glória ao Pai e ao Filho
e ao Espírito Santo,
como era no princípio,
agora e sempre. Amen. Aleluia.

HINO

Salve, estrela do mar,
Mãe do Verbo de Deus,
Virgem pura entre as virgens,
Feliz porta do Céu.

Saudada pelo Arcanjo:
«Ave, cheia de graça».
Dá-nos a tua paz,
Mudando o nome de «Eva».

Quebra ao preso as cadeias,
Dá aos cegos a vista,
Afugenta a desgraça,
Traz-nos todos os bens.

Mãe de Deus, nossa Mãe,
Ouça os nossos pedidos
Aquele que por nós
Quis chamar-Se teu Filho.

Virgem incomparável,
Mãe de misericórdia,
Liberta-nos da culpa,
Faz-nos mansos e castos.

Dá-nos a vida pura
E o seguro caminho,
Para que, vendo o teu Filho,
Sempre nos alegremos.

Glória a Deus, Pai eterno,
Glória ao Filho, Senhor,
Com o Espírito Santo,
Agora e para sempre.

SALMODIA

Ant. 1 O Senhor protege o seu povo.

Salmo 124 (125)
O Senhor guarda o seu povo

Paz e misericórdia sobre o Israel de Deus (Gal 6, 16).

Quem confia no Senhor é como o monte Sião: *
nada o pode abalar, está firme para sempre.

Como Jerusalém, cercada de montanhas, *
assim o Senhor envolve o seu povo, †
agora e para sempre.
Os ímpios não dominarão sobre a herança dos justos, *
para que estes não sejam atraídos à maldade.

Fazei bem, Senhor, aos que são bons, *
aos homens de coração recto.
Aos que andam por maus caminhos, *
o Senhor os leve com os malfeitores. †
Paz a Israel.

Ant. O Senhor protege o seu povo.

Ant. 2 Se não vos tornardes como crianças, não entrareis no reino dos Céus.

Salmo 130 (131)
Abandono filial no Senhor

Aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração (Mt 11, 29).

Senhor, não se eleva soberbo o meu coração, *
nem se levantam altivos os meus olhos.

Não ambiciono grandezas,*
nem coisas superiores a mim.

Antes fico sossegado e tranquilo,*
como criança ao colo da mãe.

Espera, Israel, no Senhor, *
agora e para sempre.

Ant. Se não vos tornardes como crianças, não entrareis no reino dos Céus.

Ant. 3 Fizestes de nós, Senhor, um reino de sacerdotes.

Cântico Ap 4, 11; 5, 9. 10. 12
Hino dos redimidos

Sois digno, Senhor nosso Deus, *
de receber a honra, a glória e o poder,
porque fizestes todas as coisas, *
e pela vossa vontade existiram e foram criadas.

Sois digno de receber o livro e abrir suas páginas seladas, *
porque fostes imolado,
e resgatastes para Deus, com o vosso Sangue, *
homens de toda a tribo, língua, povo e nação,
e fizestes de nós, para Deus, um reino de sacerdotes, *
que reinarão sobre a terra.

É digno o Cordeiro que foi imolado *
de receber o poder e a riqueza, a sabedoria e a força, †
a honra, a glória e o louvor.

Ant. Fizestes de nós, Senhor, um reino de sacerdotes.

LEITURA BREVE Gal 4, 4-5
Ao chegar a plenitude dos tempos, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher e sujeito à Lei, para resgatar os que estavam sob o jugo da Lei e nos tornar seus filhos adoptivos.

RESPONSÓRIO BREVE
V. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco.
R. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco.
V. Bendita sois Vós entre as mulheres e bendito é o fruto do vosso ventre.
R. O Senhor é convosco.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco.

CÂNTICO EVANGÉLICO (Magnificat) Lc 1,46-55

Ant. Bendita sois Vós, ó Maria, que acreditastes na palavra do Senhor. Por isso reinais com Cristo para sempre.

Cântico
A alegria da alma no Senhor

A minha alma glorifica ao Senhor *
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador.

Porque pôs os olhos na humildade da sua serva: *
de hoje em diante me chamarão bem-aventurada
todas as gerações.
O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: *
Santo é o seu nome.

A sua misericórdia se estende de geração em geração *
sobre aqueles que O temem.
Manifestou o poder do seu braço *
e dispersou os soberbos.

Derrubou os poderosos de seus tronos *
e exaltou os humildes.
Aos famintos encheu de bens *
e aos ricos despediu de mãos vazias.

Acolheu a Israel, seu servo, *
lembrado da sua misericórdia,
como tinha prometido a nossos pais, *
a Abraão e à sua descendência para sempre.

Glória ao Pai e ao Filho
e ao Espírito Santo, *
como era no princípio,
agora e sempre. Amen.

Ant. Bendita sois Vós, ó Maria, que acreditastes na palavra do Senhor. Por isso reinais com Cristo para sempre.

PRECES

Deus Pai todo-poderoso quis que Maria, Mãe de seu Filho, fosse honrada por todas as gerações. Proclamemos a sua grandeza e peçamos humildemente:

Interceda por nós a cheia de graça.

Ou

Por intercessão de Maria, cheia de graça, ouvi-nos, Senhor.

Deus, Autor de tantas maravilhas, que elevastes ao Céu a Imaculada Virgem Maria, para a tornar participante, em corpo e alma, da glória de Cristo,
— orientai para a mesma glória o coração dos vossos filhos.

Vós que nos destes Maria por Mãe, concedei, pela sua intercessão, remédio aos enfermos, consolação aos tristes, perdão aos pecadores,
— e a todos dai saúde e paz.

Vós que fizestes de Maria a cheia de graça,
— concedei a abundância da vossa graça a todos os homens.

Fazei, Senhor, que a vossa Igreja seja, na caridade, um só coração e uma só alma,
— e que todos os fiéis perseverem unânimes na oração com

Maria, Mãe de Jesus. Vós que coroastes Maria como Rainha do Céu,
— fazei que os defuntos alcancem com todos os Santos a alegria do vosso reino.

Pai nosso

Oração

Concedei, Deus omnipotente, a todos os que celebram o nome glorioso da Virgem Santa Maria os dons da vossa miseri- córdia. Por Nosso Senhor.

V. O Senhor nos abençoe,
nos livre de todo o mal
e nos conduza à vida eterna.
R. Amen.

 

Evangelho segundo S. Lucas 6,12-19.
Naqueles dias, Jesus subiu ao monte para rezar e passou a noite em oração a Deus.
Quando amanheceu, chamou os discípulos e escolheu doze entre eles, a quem deu o nome de apóstolos:
Simão, a quem deu também o nome de Pedro, e seu irmão André; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu,
Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado o Zelota;
Judas, irmão de Tiago, e Judas Iscariotes, que veio a ser o traidor.
Depois desceu com eles do monte e deteve-Se num sítio plano, com numerosos discípulos e uma grande multidão de pessoas de toda a Judeia, de Jerusalém e do litoral de Tiro e de Sidónia.
Tinham vindo para ouvir Jesus e serem curados das suas doenças. Os que eram atormentados por espíritos impuros também ficavam curados.
Toda a multidão procurava tocar Jesus, porque saía d’Ele uma força que a todos sarava.

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement