Aleteia
La fête du jour

Terça-feira, 10 de outubro
São Daniel Comboni

Bispo (†1881)

No ano de 1857, cinco missionários italianos haviam partido para a evangelização da África; dois anos depois, três já haviam morrido e os outros dois sobreviventes haviam subido até o Cairo, capital do Egito, em busca de um alívio na dura prova. Um desses sobreviventes, Daniel Comboni, retorna para o norte da Itália, alquebrado pelas doenças e cansaço. Mas não se deixa abater: reflete longamente sobre essa tentativa frustrada de evangelização – e sobre tantas outras ocorridas antes dele –, e chega a uma conclusão, que será posteriormente a base de um “Projeto” de evangelização; redigido por ele em Roma no ano de 1864, Comboni solicita nesse plano que toda a Igreja que se empenhe na formação religiosa e na promoção humana da África. Apesar da boa acolhida, esse projeto fica engavetado... o próprio Comboni se encontrará sozinho e abandonado por todos em sua bandeira a favor da África. Mas, mais uma vez, não se desanima: ele se torna uma voz de denúncia, colocando o dedo na chaga da escravidão, que nessa época era apoiada por vários países europeus. Sua paixão pela evangelização o leva a encontrar finalmente apoio na pessoa de seu bispo, D. Luigi Canossa, que acabará por ajudá-lo a retornar em 1867 ao continente africano. Montará uma base no Cairo, e ali, com um grupo de trinta missionários, começa sua missão em direção ao Sul do continente.

Sua intuição levava a favorecer na missão o elemento cultural africano; de fato ele costumava dizer: “A África deve ser salva com a África!”. Com efeito, Comboni, além de manter alunos negros nas escolas que vai abrindo, trabalha também com professoras negras. Muitos achavam estranho esse seu modo de agir, pois nesse contexto histórico - de forte colonialismo das nações europeias – na visão de muitos missionários europeus, os negros africanos deviam apenas ter um papel muito secundário, ou mesmo passivo. Seus trabalhos pastorais são enormes, a tal ponto que se tornará bispo e, posteriormente, vigário apostólico para toda a África central.

Para os africanos, Daniel Comboni é um santo em vida: procura atender a todos, principalmente os doentes e os desvalidos, até que no ano de 1881, em meio a epidemias de tifo e varíola, e em meio à assistência aos doentes, ele morre extenuado, numa casa rodeada por uma multidão chorosa. Seguindo o evangelho, São Daniel Comboni “perdeu sua vida” para encontrar a vida eterna. Sua obra recebeu continuidade por aqueles que o seguiram: os padres combonianos. Essa família religiosa se dedica até hoje à missão, especialmente na África: continuam inspirados por seu fundador, “perdendo sua vida” para encontrá-la junto ao Senhor e no serviço aos irmãos. São Daniel Comboni foi canonizado por São João Paulo II no dia 5 de outubro de 2003.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração da manhã

Ao Senhor, o grande Rei, vinde todos, adoremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Já vem brilhante aurora
o sol anunciar.
De cor reveste as coisas,
faz tudo cintilar.

Ó Cristo, Sol eterno,
vivente para nós,
saltamos de alegria,
cantando para vós.

Do Pai Ciência e Verbo,
por quem se fez a luz,
as mentes, para vós,
levai, Senhor Jesus.

Que nós, da luz os filhos,
solícitos andemos.
Do Pai eterno a graça
nos atos expressemos.

Profira a nossa boca
palavras de verdade,
trazendo à alma o gozo
que vem da lealdade.

A vós, ó Cristo, a glória
e a vós, ó Pai, também,
com vosso Santo Espírito,
agora e sempre. Amém.

Cântico Is 26,1-4.7-9.12

A muralha da cidade tinha doze alicerces (cf. Ap 21,14).

Nossa cidade invencível é Sião,
sua muralha e sua trincheira é o Salvador.
Abri as portas, para que entre um povo justo,
um povo reto que ficou sempre fiel.

Seu coração está bem firme e guarda a paz,
guarda a paz, porque em vós tem confiança.
Tende sempre confiança no Senhor,
pois é ele nossa eterna fortaleza!

O caminho do homem justo é plano e reto,
porque vós o preparais e aplainais;
foi trilhando este caminho de Justiça
que em vós sempre esperamos, ó Senhor!

Vossa lembrança e vosso nome, ó Senhor,
são o desejo e a saudade de noss'alma!
Durante a noite a minha alma vos deseja,
e meu espírito vos busca desde a aurora.

Quando os vossos julgamentos se cumprirem,
aprenderão todos os homens a justiça.
Ó Senhor e nosso Deus, dai-nos a paz,
pois agistes sempre em tudo o que fizemos!

Glória ao Pai...

Leitura breve ..................................1Jo 4,14-15
Nós vimos, e damos testemunho, que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo. Todo aquele que proclama que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece com ele, e ele com Deus.

Ó meu Deus, sois o rochedo que me abriga, meu escudo e proteção: em vós espero!
Minha rocha, meu abrigo e Salvador.

BENEDICTUS
O Senhor fez surgir um poderoso Salvador,
como falara pela boca de seus santos e profetas.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Adoremos a Jesus Cristo que, pelo seu sangue derramado, conquistou o povo da nova Aliança; e supliquemos humildemente:

R. Lembrai-vos, Senhor, do vosso povo!

Cristo, nosso Rei e Redentor, ouvi o louvor da vossa Igreja, no princípio deste dia,
– e ensinai-a a glorificar continuamente a vossa majestade. R.

Cristo, nossa esperança e nossa força, ensinai-nos a confiar em vós,
– e nunca permitais que sejamos confundidos. R.

Vede nossa fraqueza e socorrei-nos sem demora,
– porque sem vós nada podemos fazer. R.

Lembrai-vos dos pobres e abandonados, para que este novo dia não seja um peso para eles,
– mas lhes traga conforto e alegria. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Deus todo-poderoso, autor da bondade e beleza das criaturas, concedei que em vosso nome iniciemos, alegres, este dia e que o vivamos no amor generoso e serviçal a vós e a nossos irmãos e irmãs. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação

Marta recebeu-o em sua casa. Maria escolheu a melhor parte.

Uma mulher chamada Marta o recebeu em sua casa. Tinha Marta uma irmã chamada Maria. Se nosso coração é o lugar onde reside Deus, é justo que essas duas mulheres também estejam ali: uma sentada aos pés de Jesus para escutá-lo; e a outra, ocupada em dar-lhe de comer. Enquanto Cristo esteja na terra, pobre, faminto, sedento, tentado, será necessário que estas duas mulheres habitem a mesma casa, e que num mesmo coração residam essas duas atividades. Assim, pois, durante esta vida de miséria e de trabalhos é necessário que Marta habite em nossa casa. Enquanto tenhamos necessidade de comer e de beber, teremos também necessidade de dominar nossas paixões, nosso corpo, pelos desvelos do jejum e do trabalho. Esta é a parte de Marta. Contudo, também faz falta que esteja presente em nós Maria, a atividade espiritual, já que não devemos nos entregar sem cessar aos exercícios corporais; também faz falta descansar, saborear o quanto é bom e suave o Senhor, nos sentarmos aos pés de Jesus e escutar sua Palavra.

São Elredo de Rieval
Abade cisterciense de Rievaulx, Inglaterra (1109-1166).

Oração da tarde

Bendizei ao Senhor, todos vós seus servos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó grande Autor da terra,
que, as águas repelindo,
do mundo o solo erguestes,
a terra produzindo,

de plantas revestida,
ornada pelas flores,
e dando muitos frutos,
diversos em sabores.

Lavai as manchas da alma
na fonte, pela graça.
O pranto em nossos olhos
as más ações desfaça.

Seguindo as vossas leis,
lutemos contra o mal,
felizes pelo dom
da vida perenal.

Ouvi-nos, Pai bondoso,
e vós, dileto Filho,
unidos pelo Espírito
na luz de eterno brilho.

Salmo ..................... 130(131)

Aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração (Mt 11,29).

Senhor, meu coração não é orgulhoso,
nem se eleva arrogante o meu olhar;
não ando à procura de grandezas,
nem tenho pretensões ambiciosas! –

Fiz calar e sossegar a minha alma;
ela está em grande paz dentro de mim,
como a criança bem tranquila, amamentada
no regaço acolhedor de sua mãe.

Confia no Senhor, ó Israel,
desde agora e por toda a eternidade!

Glória ao Pai...

Leitura Rm 12,9-12
O amor seja sincero. Detestai o mal, apegai-vos ao bem. Que o amor fraterno vos una uns aos outros com terna afeição, prevenindo-vos com atenções recíprocas. Sede zelosos e diligentes, fervorosos de espírito, servindo sempre ao Senhor, alegres por causa da esperança, fortes nas tribulações, perseverantes na oração.
Vossa palavra, ó Senhor, permanece eternamente.
Vossa verdade é para sempre.

MAGNIFICAT
Exulte meu espírito em Deus, meu Salvador!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Invoquemos a Deus, esperança do seu povo; e aclamemos com alegria:

R. Senhor, sois a esperança do vosso povo!

Nós vos damos graças, Senhor, porque nos enriquecestes em tudo, por Jesus Cristo,
– com o dom da palavra e do conhecimento. R.

Concedei a vossa sabedoria aos que governam as nações,
– para que o vosso conselho ilumine seus corações e seus atos. R.

Vós, que tornais os artistas capazes de exprimir a vossa beleza, por meio da sua sensibilidade e imaginação,
– fazei de suas obras uma mensagem de alegria e de esperança para o mundo. R.

Vós, que não permitis sermos tentados acima de nossas forças,
– fortalecei os fracos e levantai os caídos. R.

(Intenções livres)

Vós, que, por vosso Filho, prometestes aos seres humanos ressuscitarem para a vida eterna no último dia,
– não esqueçais para sempre os que já partiram deste mundo. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho segundo S. Lucas 10,38-42.
Naquele tempo, Jesus entrou em certa povoação e uma mulher chamada Marta recebeu-O em sua casa.
Ela tinha uma irmã chamada Maria, que, sentada aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra.
Entretanto, Marta atarefava-se com muito serviço. Interveio então e disse: «Senhor, não Te importas que minha irmã me deixe sozinha a servir? Diz-lhe que venha ajudar-me».
O Senhor respondeu-lhe: «Marta, Marta, andas inquieta e preocupada com muitas coisas,
quando uma só é necessária. Maria escolheu a melhor parte, que não lhe será tirada».

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement