Aleteia
La fête du jour

Terça-feira, 1 de agosto
Santo Afonso Maria de Ligório

Bispo e doutor da Igreja (†1787)

Santo Afonso nasceu na cidade italiana de Marinella, próxima à cidade de Nápoles, no dia 27 de setembro de 1696. Seu pai, José, era oficial da marinha de guerra e sua mãe, Ana Cavalieri, pertencia à uma família da nobreza; tiveram oito filhos ao todo, sendo Afonso o primogênito. Durante sua infância teve uma profunda educação religiosa, demonstrando, desde pequeno, sentimentos de compaixão para com os menos favorecidos. Em sua juventude, ingressa na faculdade fazendo seus estudos na área de filosofia e de direito; é preciso dizer também, que durante toda a sua vida acadêmica, Afonso deu mostrar de grande inteligência, aprendendo as mais variadas artes: teologia, música, poesia, etc. Após alguns anos trabalhando como advogado, decide entregar-se totalmente ao Senhor; isso acontecerá devido a um revés em sua carreira: apesar de ter defendido brilhantemente a causa de um cliente seu, o juiz, que havia sido corrompido, pronunciou uma sentença injusta, fazendo com que Santo Afonso perdesse a confiança que tinha nos sistemas humanos da justiça. No ano de 1726 será ordenado presbítero, e a partir daí, seu tempo e seu ministério serão empregados nos bairros mais pobres da cidade de Nápoles: aí exercerá as funções de pregador e confessor. Durante esse período, cultiva também o desejo de ser missionário no Oriente, para tanto, ele se prepara tomando parte, duas ou três vezes ao ano, nas missões que eram feitas nos territórios mais internos e pertencentes então ao Reino de Nápoles. Em 1732, diante da necessidade de atender os mais pobres, Santo Afonso funda a Congregação do Santíssimo Redentor (padres redentoristas). Seu perfil biográfico é de grande complexidade, dado o vasto campo em que atuou e as vicissitudes que experimentou: chegou a ser expulso da própria Congregação que ele fundara. No entanto, sempre deu mostras de grande paciência nas humilhações. No dia 1º de agosto de 1787, com mais de noventa anos, Santo Afonso foi chamado à casa do Pai. Em 1839 foi canonizado e, em 1871, foi declarado doutor da Igreja. Deixou vários escritos de grande piedade. No Brasil sua memória foi amplamente divulgada pela presença de seus filhos espirituais: a Congregação dos Redentoristas atuou, e atua ainda, em vários territórios do Brasil, organizando as populares “Santas Missões”. Além disso, os padres Redentoristas estão à frente de importantes Santuários católicos no Brasil, como o Santuário de Nossa Senhora de Aparecida.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração da manhã

A Sabedoria eterna, ó vinde, adoremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Já vem brilhante aurora
o sol anunciar.
De cor reveste as coisas,
faz tudo cintilar.

Ó Cristo, Sol eterno,
vivente para nós,
saltamos de alegria,
cantando para vós.

Do Pai Ciência e Verbo,
por quem se fez a luz,
as mentes, para vós,
levai, Senhor Jesus.

Que nós, da luz os filhos,
solícitos andemos.
Do Pai eterno a graça
nos atos expressemos.

Profira a nossa boca
palavras de verdade,
trazendo à alma o gozo
que vem da lealdade.

A vós, ó Cristo, a glória
e a vós, ó Pai, também,
com vosso Santo Espírito,
agora e sempre. Amém.

Salmo ...................................... 23(24)

Na Ascensão, as portas do céu se abriram para o Cristo (Sto. Irineu).

– Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra,
o mundo inteiro com os seres que o povoam;
– porque ele a tornou firme sobre os mares,
e sobre as águas a mantém inabalável.

– 'Quem subirá até o monte do Senhor,
quem ficará em sua santa habitação?'
= 'Quem tem mãos puras e inocente coração,
quem não dirige sua mente para o crime,
nem jura falso para o dano de seu próximo.

– Sobre este desce a bênção do Senhor
e a recompensa de seu Deus e Salvador'.
– 'É assim a geração dos que o procuram,
e do Deus de Israel buscam a face'.

= 'Ó portas, levantai vossos frontões!
Elevai-vos bem mais alto, antigas portas,
a fim de que o Rei da glória possa entrar!'

= Dizei-nos: 'Quem é este Rei da glória?'
'É o Senhor, o valoroso, o onipotente,
o Senhor, o poderoso nas batalhas!'

= 'Ó portas, levantai vossos frontões!
Elevai-vos bem mais alto, antigas portas,
a fim de que o Rei da glória possa entrar!'

= Dizei-nos: 'Quem é este Rei da glória?'
'O Rei da glória é o Senhor onipotente,
o Rei da glória é o Senhor Deus do universo!'

Glória ao Pai...

Leitura breve Rm 13,11b.12-13a
Já é hora de despertar. Com efeito, agora a salvação está mais perto de nós do que quando abraçamos a fé. A noite já vai adiantada, o dia vem chegando: despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da luz. Procedamos honestamente, como em pleno dia.

Ó meu Deus, sois o rochedo que me abriga, meu escudo e proteção: em vós espero!
Minha rocha, meu abrigo e Salvador.

BENEDICTUS
O Senhor fez surgir um poderoso Salvador,
como falara pela boca de seus santos e profetas.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos e irmãs, chamados a participar de uma vocação celeste, bendigamos a Jesus Cristo, pontífice da nossa fé; e aclamemos:

R. Senhor, nosso Deus e Salvador!

Rei todo-poderoso, que pelo batismo nos conferistes um sacerdócio régio,
– fazei da nossa vida um contínuo sacrifício de louvor. R.

Ajudai-nos, Senhor, a guardar os vossos mandamentos,
– para que, pela força do Espírito Santo, permaneçamos em vós e vós permaneçais em nós. R.

Dai-nos a vossa sabedoria eterna,
– para que ela sempre nos acompanhe e dirija os nossos trabalhos. R.

Não permitais que neste dia sejamos motivo de tristeza para ninguém,
– mas causa de alegria para todos os que convivem conosco. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que suscitais continuamente em vossa Igreja novos exemplos de virtude, dai-nos seguir de tal modo os passos do bispo Santo Afonso no zelo pela salvação de todos, que alcancemos com ele a recompensa celeste. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação

Os justos resplandecerão como o sol no Reino de seu Pai...
“Cristo entregará o reino a Deus Pai”, diz São Paulo (1Cor 15,24), não no sentido que renunciará ao poder ao entregar-lhe o Reino, mas porque nós seremos o Reino de Deus, quando nos tornarmos conformes à glória do seu corpo..., constituídos Reino de Deus pela glorificação de seu corpo. Somos nós que ele entregará ao Pai como Reino, conforme está dito no Evangelho: “Vinde, benditos de meu Pai, recebei em herança o reino preparado para vós desde a fundação do mundo” (Mt 25,34). “Os justos brilharão como o sol no Reino de seu Pai”. Porque o Filho entregará a Deus, como seu Reino, aqueles que convidou ao seu Reino, aqueles a quem prometera a bem-aventurança própria deste mistério por meio das palavras: “Felizes os puros de coração, porque verão a Deus” (Mt 5,8)... Eis que aqueles que ele entrega ao Pai como seu Reino veem Deus. O próprio Senhor declarou aos apóstolos no que consiste o Reino: “O reino de Deus está em meio a vós” (Lc 17,21). E se alguém quiser saber quem é esse que entrega o Reino, escute: “Cristo foi ressuscitado dos mortos, primícias daqueles que morreram. Pois, se por causa de um homem veio a morte, por causa de um homem virá a ressurreição dos mortos (1Cor 15, 20-21). Tudo isso diz respeito ao mistério do Corpo, porque Cristo é o primeiro ressuscitado dos mortos... Portanto, é para o progresso da humanidade assumida por Cristo que “Deus será tudo em todos” (1Cor 15, 28).

Santo Hilário de Poitiers
Bispo e Doutor da Igreja (315-367)

Oração da tarde

Senhor, escuta meu grito! Atendei minha súplica.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó grande Autor da terra,
que, as águas repelindo,
do mundo o solo erguestes,
a terra produzindo,

de plantas revestida,
ornada pelas flores,
e dando muitos frutos,
diversos em sabores.

Lavai as manchas da alma
na fonte, pela graça.
O pranto em nossos olhos
as más ações desfaça.

Seguindo as vossas leis,
lutemos contra o mal,
felizes pelo dom
da vida perenal.

Ouvi-nos, Pai bondoso,
e vós, dileto Filho,
unidos pelo Espírito
na luz de eterno brilho.

Salmo ...................... 19(20)

Quem invocar o nome do Senhor, será salvo (At 2,21).

Que o Senhor te escute no dia da aflição,
e o Deus de Jacó te proteja por seu nome!
Que do seu santuário te envie seu auxílio
e te ajude do alto, do Monte de Sião!

Que de todos os teus sacrifícios se recorde,
e os teus holocaustos aceite com agrado!
Atenda os desejos que tens no coração;
plenamente ele cumpra as tuas esperanças!

Com a vossa vitória então exultaremos,
levantando as bandeiras em nome do Senhor.
Que o Senhor te escute e atenda os teus pedidos!

E agora estou certo de que Deus dará a vitória,
que o Senhor há de dar a vitória a seu Ungido;
que haverá de atendê-lo do excelso santuário,
pela força e poder de sua mão vitoriosa.

Uns confiam nos carros e outros nos cavalos;
nós, porém, somos fortes no nome do Senhor.
Todos eles, tombando, caíram pelo chão;
nós ficamos de pé e assim resistiremos.

Ó Senhor, dai vitória e salvai o nosso rei,
e escutai-nos no dia em que nós vos invocarmos.

Glória ao Pai...

Leitura breve 1Jo 3,1a.2
Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: de sermos chamados filhos de Deus! E nós o somos! Caríssimos, desde já somos filhos de Deus, mas nem sequer se manifestou o que seremos! Sabemos que, quando Jesus se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque o veremos tal como ele é.

Vossa palavra, ó Senhor, permanece eternamente.
Vossa verdade é para sempre.

MAGNIFICAT
Exulte meu espírito em Deus meu Salvador!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Louvemos o Senhor Jesus Cristo que vive no meio de nós, povo que ele conquistou; e supliquemos:

R. Ouvi, Senhor, a nossa oração!

Senhor, rei e dominador de todos os povos, vinde em ajuda de todas as nações e de seus governantes,
– para que busquem, na concórdia, o bem comum, de acordo com a vossa vontade. R.

Vós, que, subindo aos céus, levastes convosco os cativos,
– restituí a liberdade de filhos de Deus aos nossos irmãos e irmãs prisioneiros no corpo ou no espírito. R.

Concedei aos nossos jovens a realização de suas esperanças,
– para que saibam responder ao vosso chamado com grandeza de alma. R.

Fazei que as crianças imitem vosso exemplo,
– e cresçam sempre em sabedoria e em graça. R.

(Intenções livres)

Acolhei os que morreram na glória do vosso Reino,
– onde também nós esperamos reinar convosco para sempre. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho segundo S. Mateus 13,36-43. 
Naquele tempo, Jesus deixou a multidão e foi para casa. Os discípulos aproximaram-se d’Ele e disseram-Lhe: «Explica-nos a parábola do joio no campo».
Jesus respondeu: «Aquele que semeia a boa semente é o Filho do homem,
e o campo é o mundo. A boa semente são os filhos do reino, o joio são os filhos do Maligno,
e o inimigo que o semeou é o Diabo. A ceifa é o fim do mundo, e os ceifeiros são os Anjos.
Como o joio é apanhado e queimado no fogo, assim será no fim do mundo:
o Filho do homem enviará os seus Anjos, que tirarão do seu reino todos os escandalosos e todos os que praticam a iniquidade,
e hão de lançá-los na fornalha ardente; aí haverá choro e ranger de dentes.
Então os justos brilharão como o sol no reino do seu Pai. Quem tem ouvidos, oiça».

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement