Aleteia
La fête du jour

Segunda-feira, 3 de julho
São Tomé

Apóstolo

Chamado por Jesus para compor o grupo dos Doze, São Tomé – seu nome significa “gêmeo” - aparece pela primeira vez no capítulo 11 do Evangelho de João, quando Jesus decide ir à Betânia para ver seu amigo Lázaro. Pelo contexto, os discípulos temem represálias e por isso Tomé dirá: “Vamos também nós para morrermos com ele...”. A incredulidade de Tomé, narrada no evangelho da missa de hoje, tornou-se proverbial. No entanto, São Tomé retrata bem a situação do ser humano: desejoso em acreditar e, ao mesmo tempo, necessitado de sinais que possam falar ao seu coração. São Tomé, ao encontrar-se com o ressuscitado, abandona a incredulidade e será um dos discípulos que irá até os confins da terra para anunciar o Evangelho: no século VI, um mercador egípcio escreve ter encontrado no sul da Índia grupos de cristãos e ter ouvido falar que o Evangelho lhes havia sido levado pelo próprio São Tomé. No Brasil há uma história lendária envolvendo o santo: os primeiros religiosos que aqui chegaram, ouviram falar dos índios uma história que dizia respeito a um tal “Pai Sumé”, que foi logo interpretado como São Tomé: segundo essa lenda, o próprio São Tomé teria chegado caminhando pelas águas até a costa brasileira para anunciar Jesus Cristo aos indígenas. Seu túmulo se encontraria no sul da Índia até os dias de hoje.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração da manhã

Vinde, adoremos ao Cristo: nosso Senhor e nosso Deus!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Tu fulguras qual luzeiro
entre os doze, São Tomé;
oh! recebe prazenteiro
o louvor de nossa fé!

O Senhor te fez sentar
sobre um trono só de luz.
O amor levou-te a dar
tua vida por Jesus.

Relataram os irmãos
que o Senhor tornara à vida;
queres vê-lo e, com as mãos,
apalpar suas feridas.

Que alegria quando o viste
redivivo em seu fulgor;
e com fé o adoraste
como Deus e teu Senhor.

Entre nós, que não o vemos,
nossa fé por ti floresça,
o amor com que o buscamos
dia a dia sempre cresça.

Seja ao Cristo honra e vitória!
Que a teus rogos ele dê
vê-lo vivo em sua glória
a quem anda à luz da fé!

Salmo 149

Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

—Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
e o seu louvor na assembleia dos fiéis!
—Alegre-se Israel em quem o fez,
e Sião se rejubile no seu Rei!
—Com danças glorifiquem o seu nome,
toquem harpa e tambor em sua honra!

— Porque, de fato, o Senhor ama seu povo
e coroa com vitória os seus humildes.
—Exultem os fiéis por sua glória,
e cantando se levantem de seus leitos,
— com louvores do Senhor em sua boca
e espadas de dois gumes em sua mão,

—para exercer sua vingança entre as nações,
e infligir o seu castigo entre os povos,
—colocando nas algemas os seus reis,
e seus nobres entre ferros e correntes,
—para aplicar-lhes a sentença já escrita:
Eis a glória para todos os seus santos.

Glória ao Pai...

Leitura breve Ef 2,19-22
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito.

Fareis deles os chefes por toda a terra.
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Acreditaste, Tomé, porque me viste.
Felizes os que creem sem ter visto! Aleluia.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos:
R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor!

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos;
– por ela somos alimentados e vivemos. R.

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos;
– por ela recebemos luz e alegria. R.

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos;
– com ela formamos um só Corpo. R.

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos;
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)
Pai nosso ...

Oração
Deus todo-poderoso, concedei-nos celebrar com alegria a festa do apóstolo São Tomé, para que sejamos sempre sustentados por sua proteção e tenhamos a vida pela fé no Cristo que ele reconheceu como Senhor. Que convosco vive e reina, na unidade do Espírito Santo.

Meditação

Pai, este é meu desejo: que aqueles que me confiaste estejam comigo

“Tomé, um dos doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus... Veio Jesus, quando as portas estavam fechadas, se parou em meio a eles, e disse: ‘a paz esteja convosco!’ Depois disse a Tomé: ‘Põe aqui o teu dedo, e vê minhas mãos... não sejas incrédulo, mas crê!’ Respondeu-lhe Tomé: ‘Meu Senhor e meu Deus!’”. Tomé via e tocava o homem, mas confessava o Deus que não via e nem tocava. Por meio daquilo que via e tocava, removida agora toda dúvida, creu no que não via. Jesus lhe disse: “Creste porque me viste?”, não lhe disse: “Porque me tocaste...” mas, “porque me viste”; pois a vista é como um sentido que resume todos os outros. [...] O evangelista, com efeito, não diz se Tomé tocou o Senhor ou não. Seja que o tenha apenas olhado, seja que o tenha também tocado, ele creu porque viu; e por isso o Senhor exalta e louva a fé dos povos dizendo: “Felizes aqueles que não vendo, crerão!”

Santo Agostinho
Bispo e doutor da Igreja (354-430).

Oração da tarde

Vinde, adoremos ao Cristo: nosso Senhor e nosso Deus!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Exulte o céu com louvores,
e a terra cante vitória:
Dos enviados de Cristo
os astros narram a glória.

Ó vós, juízes dos tempos,
luz verdadeira do mundo,
dos corações que suplicam
ouvi o grito profundo.

Dizendo só uma palavra,
os céus fechais ou abris.
Mandai que sejam desfeitos
de nossa culpa os ardis.

À vossa voz obedecem
enfermidade e saúde.
Sarai nossa alma tão frágil
e dai-nos paz e virtude.

E quando o Cristo vier
no fim dos tempos julgar,
das alegrias eternas
possamos nós partilhar.

Louvor e glória ao Deus vivo,
que em vós nos deu sua luz,
o Evangelho da vida
que para o céu nos conduz. Amém

Salmo 125 (126)

Não vos chamo mais meus servos, mas vos chamo meus amigos...

–Quando o Senhor reconduziu nossos cativos,
parecíamos sonhar;
– encheu-se de sorriso nossa boca,
nossos lábios, de canções.

– Entre os gentios se dizia: 'Maravilhas
fez com eles o Senhor!'
– Sim, maravilhas fez conosco o Senhor,
exultemos de alegria!

– Mudai a nossa sorte, ó Senhor,
como torrentes no deserto.
– Os que lançam as sementes entre lágrimas,
ceifarão com alegria.

– Chorando de tristeza sairão,
espalhando suas sementes;
– cantando de alegria voltarão,
carregando os seus feixes!

Glória ao Pai...

Leitura breve Ef 4,11-13
Foi Cristo quem instituiu alguns como apóstolos, outros como profetas, outros ainda como evangelistas, outros, enfim, como pastores e mestres. Assim, ele capacitou os santos para o ministério, para edificar o corpo de Cristo, até que cheguemos todos juntos à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, ao estado do homem perfeito e à estatura de Cristo em sua plenitude.

Anunciai entre as nações a glória do Senhor e as suas maravilhas entre os povos do universo.

MAGNIFICAT
Coloquei os meus dedos na fenda dos cravos,
coloquei minhas mãos em seu lado aberto
e exclamei: Meu Senhor e meu Deus, aleluia!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos, edificados sobre o fundamento dos apóstolos, roguemos a Deus Pai todo-poderoso em favor de seu povo santo; e digamos:
R. Lembrai-vos, Senhor, da vossa Igreja!

Vós quisestes, ó Pai, que o vosso Filho, ressuscitado dos mortos, aparecesse em primeiro lugar aos apóstolos;
– fazei de nós testemunhas do vosso Filho até os confins da terra. R.

Vós, que enviastes vosso Filho ao mundo para evangelizar os pobres,
– fazei que o Evangelho seja pregado a toda criatura. R.

Vós, que enviastes vosso Filho para semear a palavra do reino,
– concedei-nos colher na alegria os frutos da palavra semeada com o nosso trabalho. R.

Vós, que enviastes vosso Filho para reconciliar o mundo convosco pelo seu sangue,
– fazei que todos nós colaboremos na obra da reconciliação de toda a humanidade. R.

(Intenções livres)

Vós, que glorificastes vosso Filho à vossa direita nos céus,
– recebei no reino da felicidade eterna os nossos irmãos e irmãs falecidos. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho

Evangelho segundo S. João 20,24-29.
Naquele tempo, Tomé, um dos Doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus.
Disseram-lhe os outros discípulos: «Vimos o Senhor». Mas ele respondeu-lhes: «Se não vir nas suas mãos o sinal dos cravos, se não meter o dedo no lugar dos cravos e a mão no seu lado, não acreditarei».
Oito dias depois, estavam os discípulos outra vez em casa e Tomé com eles. Veio Jesus, estando as portas fechadas, apresentou-Se no meio deles e disse: «A paz esteja convosco».
Depois disse a Tomé: «Põe aqui o teu dedo e vê as minhas mãos; aproxima a tua mão e mete-a no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente».
Tomé respondeu-Lhe: «Meu Senhor e meu Deus!».
Disse-lhe Jesus: «Porque Me viste acreditaste: felizes os que acreditam sem terem visto».

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement