Aleteia
La fête du jour

Segunda-feira, 18 de setembro
São José de Cupertino

Sacerdote (†1663)       

José Maria Desa nasceu no dia 17 de junho de 1603 em Cupertino (Itália meridional), num estábulo da aldeia. Era filho de Félix Desa e Francesquina: ele, um construtor de carroças e carruagens, estimado pelos nobres locais; ela, era filha de uma família de posses, muito piedosa. Infelizmente, apesar de uma situação econômica inicial favorável, o pai de José Maria, para ajudar um amigo, entrou como fiador numa negociação de alto valor, que o amigo acabou perdendo. Sendo fiador, Félix teve que se desfazer de todos os seus bens para honrar a dívida que não era sua. É por causa dessa situação de miséria que o sexto filho do casal, José Maria, nasceu no estábulo. O pai, em função do desgosto que sofrera, morreu logo em seguida, deixando a pobre mulher com seis filhos para criar. Foram anos duríssimos, haja vista a pobreza que assolava toda a região. José, ao crescer, trabalhava como garçom – único emprego que conseguira - numa pequena estalagem que havia perto da sua “casa”, que continuava a ser o estábulo. Na aldeia, as pessoas em geral o chamavam de “boca aberta”: parece que ele tinha uma dificuldade crônica em manter-se concentrado, vivia distraído. Para piorar a situação, o credor da dívida de seu pai, havia obtido do tribunal o direito sobre o trabalho de José: este deveria trabalhar sem salário até que o débito do defunto pai fosse pago... A única maneira de fugir dessa situação seria se tornando padre ou frade. A segunda opção se apresentou como a possível, do momento que ele não tinha quase que instrução alguma. Foi bater à porta do convento dos Frades Franciscanos Conventuais, onde um tio havia sido frade guardião. Apesar de sua tentativa, após um breve período, foi mandado embora, considerado pouco letrado e por ser simples demais, um ignorante. Somente por grande insistência de um tio, que os frades desse convento o aceitariam novamente, por piedade, para que pudesse escapar de uma vida escrava, em função das dívidas de seu pai. Encarregado dos trabalhos braçais e de cuidar da mula do convento, José foi logo demonstrando o desejo de se tornar padre, embora soubesse apenas ler e escrever muito pouco. Apesar disso, com boa vontade – e muita dificuldade! – se pôs a estudar com afinco; segundo os relatos da época, quando foi diante do bispo para se submeter ao exame das ordens, José, que até então nunca conseguira comentar as passagens dos evangelhos lidos ao longo do ano litúrgico – se dizia que conseguia, quando muito, explicar apenas o sentido de uma única passagem - tendo o bispo diante de si, o viu tomar o livro contendo as passagens dos evangelhos e, ao abri-lo a caso, viu que o bispo lhe perguntava, justamente, a única passagem que José conhecia... Após outras tantas dificuldades, se poderia dizer que a Providência divina conduziu São José à ordenação. Ele próprio se definia como “Irmão asno”, em virtude de suas dificuldades intelectuais. Apesar disso, tinha uma profundidade e uma intimidade com os mistérios divinos, que poucos teólogos conseguiram obter. De fato, dele São Boaventura, teria dito: “Eu o ouvi falar tão profundamente dos mistérios da teologia, que nem os melhores teólogos do mundo poderiam fazê-lo...”. Sobre a vida de São José de Cupertino são famosos os êxtases. Há relatos de muitíssimas testemunhas que o viram levitar por horas inteiras. Esse aspecto de sua vida, assim como os vários prodígios que cumpria, o tornaram muito popular. Por causa desses fenômenos, ele foi mandado de convento em convento, como tentativa de evitar o afluxo das multidões que desejavam ver o “santo” voador: de fato, São José se tornaria o padroeiro dos aviadores. Sua fama chamou a atenção até mesmo do Santo Ofício que o chamou para depor diante do tribunal: diante dos juízes teve um êxtase, e acabou por ser absolvido. Se diz também que São José tinha grande familiaridade com os animais, chegando a conversar e a se comunicar com eles. Em 1656, o papa Alexandre VII o destinou ao convento de Osimo, onde acabou por falecer no dia 18 de setembro de 1663, com a idade de 60 anos. Em 16 de julho de 1767, o papa Clemente XIII o proclamou santo.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração para esta manhã

Oração da manhã

Exultemos de alegria no Senhor,
e com cantos de louvor o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Doador da luz esplêndida,
pelo vosso resplendor,
ao passar da noite o tempo,
surge o dia em seu fulgor.

Verdadeira Estrela d'alva,
não aquela que anuncia
de outro astro a luz chegando
e a seu brilho se anuvia,

mas aquela luminosa,
mais que o sol em seu clarão,
mais que a luz e mais que o dia,
aclarando o coração.

Casta, a mente vença tudo,
que os sentidos pedem tanto;
vosso Espírito guarde puro
nosso corpo, templo santo.

A vós, Cristo, Rei clemente,
e a Deus Pai, Eterno Bem,
com o Espírito Paráclito,
honra e glória eterna. Amém.
Cântico                                ................ Is 42,10-16

Cantavam um cântico novo diante do trono (Ap 14,3).

Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
louvor a ele dos confins de toda a terra!

Louve ao Senhor o oceano e o que há nele,
louvem as ilhas com os homens que as habitam!
Ergam um canto os desertos e as cidades,
e as tendas de Cedar louvem a Deus!

Habitantes dos rochedos, aclamai;
dos altos montes sobem gritos de alegria!
Todos eles deem glórias ao Senhor,
e nas ilhas se proclame o seu louvor!

Eis o Senhor como um herói que vai chegando,
como guerreiro com vontade de lutar;
solta seu grito de batalha aterrador
como um valente que enfrenta os inimigos.

'Por muito tempo me calei, guardei silêncio,
fiquei calado e, paciente, me contive;
mas grito agora qual mulher que está em parto,
ofegante e sem alento em meio às dores.

As montanhas e as colinas destruirei,
farei secar toda a verdura que as reveste;
mudarei em terra seca os rios todos,
farei secar todos os lagos e açudes.

Conduzirei, então, os cegos pela mão
e os levarei por um caminho nunca visto;
hei de guiá-los por atalhos e veredas
até então desconhecidos para eles.

Diante deles mudarei em luz as trevas,
farei planos os caminhos tortuosos.
Tudo isso hei de fazer em seu favor,
e jamais eu haverei de abandoná-los!'

Glória ao Pai...

Leitura breve                                                        Jt 8,25-26a.27
Demos graças ao Senhor nosso Deus, que nos submete a provações, como fez com nossos pais. Lembrai-vos de tudo o que Deus fez a Abraão, de como provou Isaac, de tudo o que aconteceu a Jacó. Assim como os provou pelo fogo, para lhes experimentar o coração, assim também ele não se está vingando de nós. É antes para advertência que o Senhor açoita os que dele se aproximam.

Ó justos, alegrai-vos no Senhor! Aos retos fica bem glorificá-lo.
Cantai para o Senhor um canto novo.

BENEDICTUS
Bendito seja o Senhor Deus, que visitou e libertou
a nós que somos o seu povo!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...
Preces
Oremos a Cristo, que ouve e salva os que nele esperam; e o aclamemos:

R. Nós vos louvamos, Senhor, e em vós esperamos!

Nós vos damos graças, Senhor, que sois rico em misericórdia,
– pela imensa caridade com que nos amastes. R.

Vós, que estais sempre agindo no mundo em união com o Pai,
– renovai todas as coisas pelo poder do Espírito Santo. R.

Abri os nossos olhos e os de nossos irmãos e irmãs,
– para que contemplemos hoje as vossas maravilhas. R.

Vós, que neste dia nos chamais para o vosso serviço,
– tornai-nos fiéis servidores da vossa graça em favor de nossos irmãos e irmãs. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Senhor nosso Deus, que confiastes ao ser humano a missão de guardar e cultivar a terra, e colocastes o sol a seu serviço, dai-nos a graça de neste dia trabalhar com ardor pelo bem dos nossos irmãos e irmãs para o louvor de vossa glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

 

Meditação do dia

Senhor, eu não sou digno que entreis em minha morada....

Ao ler o evangelho, ouvimos Jesus louvar nossa fé, junto com a humildade. Quando prometeu ao centurião de ir até sua casa para curar o seu servo, o centurião respondeu: “Não sou digno que entres em minha casa, mas dizei somente uma palavra e meu servo será curado”. Ao se considerar indigno, revela-se digno – digno não apenas que o Senhor vá até sua casa, mas também até seu coração... Pois não teria sido para ele uma grande alegria, se o Senhor tivesse ido apenas em sua casa, sem entrar em seu coração. Com efeito, Cristo, Mestre em humildade através do exemplo e da palavra, sentou-se à mesa na casa de um fariseu orgulhoso chamado Simão. Apesar de estar à sua mesa, não estava no coração de Simão: lá “o Filho do homem não tem onde pousar a cabeça” (Lc 9,58). Pelo contrário, aqui não vai até a casa do centurião, mas certamente possui seu coração.

Santo Agostinho
Bispo e doutor da Igreja (354-430).

Oração para esta tarde

Amo o Senhor de todo o coração,
pois ele atendeu à voz de minha prece!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Fonte da luz, da luz origem,
as nossas preces escutai:
da culpa as trevas expulsando,
com vossa luz nos clareai.

Durante a faina deste dia
nos protegeu o vosso olhar.
De coração damos graças
em todo tempo e lugar.

Se o pôr do sol nos trouxe as trevas,
outro sol fulge, coruscante,
e envolve até os próprios anjos
com o seu brilho radiante.

Todas as culpas deste dia
apague o Cristo bom e manso,
e resplandeça o coração
durante as horas do descanso.

Glória a vós, Pai, louvor ao Filho,
poder ao Espírito também.
No resplendor do vosso brilho,
regeis o céu e a terra. Amém.
Salmo                                 ........................................      135(136)

Anunciar as maravilhas de Deus é louvá-lo (Cassiodoro).

Demos graças ao Senhor, porque ele é bom:
Porque eterno é seu amor!
Demos graças ao Senhor, Deus dos deuses:
Porque eterno é seu amor!
Demos graças ao Senhor dos senhores:
Porque eterno é seu amor!

Somente ele é que fez grandes maravilhas:
Porque eterno é seu amor!
Ele criou o firmamento com saber:
Porque eterno é seu amor!
Estendeu a terra firme sobre as águas:
Porque eterno é seu amor!

Ele criou os luminares mais brilhantes:
Porque eterno é seu amor!
Criou o sol para o dia presidir:
Porque eterno é seu amor!
Criou a lua e as estrelas para a noite:
Porque eterno é seu amor!

Glória ao Pai...
Leitura breve                                                                                                   1Ts 3,12-13
O Senhor vos conceda que o amor entre vós e para com todos aumente e transborde sempre mais, a exemplo do amor que temos por vós. Que assim ele confirme os vossos corações numa santidade sem defeito aos olhos de Deus, nosso Pai, no dia da vinda de nosso Senhor Jesus, com todos os seus santos.

Ó Senhor, suba à vossa presença a minha oração, como incenso.
Minhas mãos como oferta da tarde.

MAGNIFICAT
A minh'alma vos engrandece eternamente, Senhor, meu Deus!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Oremos a Jesus Cristo, que nunca abandona os que nele confiam; e digamos humildemente:

R. Senhor Deus, ouvi a nossa oração!

Senhor Jesus Cristo, nossa luz, iluminai a vossa Igreja,
– a fim de que ela anuncie a todos os povos o grande mistério da piedade manifestado na vossa encarnação. R.

Protegei os sacerdotes e ministros da vossa Igreja,
– para que, pregando aos outros, sejam também eles fiéis ao vosso serviço. R.

Vós, que, pelo vosso sangue, destes a paz ao mundo,
– afastai o pecado da discórdia e o flagelo da guerra. R.

Dai a riqueza da vossa graça aos que vivem no matrimônio,
– para que sejam mais perfeitamente um sinal do mistério de vossa Igreja. R.

(Intenções livres)

Concedei a todos os que morreram o perdão dos pecados,
– a fim de que por vossa misericórdia vivam na companhia dos santos. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Amo o Senhor de todo o coração,

pois ele atendeu à voz de minha prece!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém.

Hino

Fonte da luz, da luz origem,

as nossas preces escutai:

da culpa as trevas expulsando,

com vossa luz nos clareai.

Durante a faina deste dia

nos protegeu o vosso olhar.

De coração damos graças

em todo tempo e lugar.

Se o pôr do sol nos trouxe as trevas,

outro sol fulge, coruscante,

e envolve até os próprios anjos

com o seu brilho radiante.

Todas as culpas deste dia

apague o Cristo bom e manso,

e resplandeça o coração

durante as horas do descanso.

Glória a vós, Pai, louvor ao Filho,

poder ao Espírito também.

No resplendor do vosso brilho,

regeis o céu e a terra. Amém.

Salmo                                 ........................................      135(136)

Anunciar as maravilhas de Deus é louvá-lo (Cassiodoro).

Demos graças ao Senhor, porque ele é bom:

Porque eterno é seu amor!

Demos graças ao Senhor, Deus dos deuses:

Porque eterno é seu amor!

Demos graças ao Senhor dos senhores:

Porque eterno é seu amor!

Somente ele é que fez grandes maravilhas:

Porque eterno é seu amor!

Ele criou o firmamento com saber:

Porque eterno é seu amor!

Estendeu a terra firme sobre as águas:

Porque eterno é seu amor!

Ele criou os luminares mais brilhantes:

Porque eterno é seu amor!

Criou o sol para o dia presidir:

Porque eterno é seu amor!

Criou a lua e as estrelas para a noite:

Porque eterno é seu amor!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                                                                                   1Ts 3,12-13

O Senhor vos conceda que o amor entre vós e para com todos aumente e transborde sempre mais, a exemplo do amor que temos por vós. Que assim ele confirme os vossos corações numa santidade sem defeito aos olhos de Deus, nosso Pai, no dia da vinda de nosso Senhor Jesus, com todos os seus santos.

Ó Senhor, suba à vossa presença a minha oração, como incenso.

Minhas mãos como oferta da tarde.

MAGNIFICAT

A minh'alma vos engrandece eternamente, Senhor, meu Deus!

A minha alma engrandece ao Senhor

e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;

pois ele viu a pequenez de sua serva,

desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas

e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,

chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,

dispersou os orgulhosos;

derrubou os poderosos de seus tronos

e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,

e despediu, sem nada, os ricos.

Acolheu Israel, seu servidor,

fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,

em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces

Oremos a Jesus Cristo, que nunca abandona os que nele confiam; e digamos humildemente:

  1. Senhor Deus, ouvi a nossa oração!

Senhor Jesus Cristo, nossa luz, iluminai a vossa Igreja,

– a fim de que ela anuncie a todos os povos o grande mistério da piedade manifestado na vossa encarnação. R.

Protegei os sacerdotes e ministros da vossa Igreja,

– para que, pregando aos outros, sejam também eles fiéis ao vosso serviço. R.

Vós, que, pelo vosso sangue, destes a paz ao mundo,

– afastai o pecado da discórdia e o flagelo da guerra. R.

Dai a riqueza da vossa graça aos que vivem no matrimônio,

– para que sejam mais perfeitamente um sinal do mistério de vossa Igreja. R.

(Intenções livres)

Concedei a todos os que morreram o perdão dos pecados,

– a fim de que por vossa misericórdia vivam na companhia dos santos. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.

A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.

Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.

Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Evangelho do dia

Naquele tempo, quando Jesus acabou de falar ao povo, entrou em Cafarnaum.
Um centurião tinha um servo a quem estimava muito e que estava doente, quase a morrer.
Tendo ouvido falar de Jesus, enviou-Lhe alguns anciãos dos judeus para Lhe pedir que fosse salvar aquele servo.
Quando chegaram à presença de Jesus, os anciãos suplicaram-Lhe insistentemente: «Ele é digno de que lho concedas,
pois estima a nossa gente e foi ele que nos construiu a sinagoga».
Jesus acompanhou-os. Já não estava longe da casa, quando o centurião Lhe mandou dizer por uns amigos: «Não Te incomodes, Senhor, pois não mereço que entres em minha casa,
nem me julguei digno de ir ter contigo. Mas diz uma palavra e o meu servo será curado.
Porque também eu, que sou um subalterno, tenho soldados sob as minhas ordens. Digo a um ‘Vai’ e ele vai; e a outro ‘Vem’ e ele vem; e ao meu servo ‘Faz isto’ e ele faz».
Ao ouvir estas palavras, Jesus sentiu admiração por ele e, voltando-se para a multidão que O seguia, exclamou: «Digo-vos que nem mesmo em Israel encontrei tão grande fé».
Ao regressarem a casa, os enviados encontraram o servo de perfeita saúde.

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement