Aleteia
La fête du jour

sábado, 28 de outubro
Santos Apóstolos Simão e Judas Tadeu

Apóstolos (†aprox. 70 d.C.)   

Santos Apóstolos Simão e Judas Tadeu

Simão, natural de Caná, pertencente à tribo de Neftali ou Zabulon, também chamado zelota e Cananeu é, talvez, o mais desconhecido dos apóstolos. Para ser diferenciado de São Pedro é chamado de Simão, "o cananeu" pelos evangelistas Mateus e Marcos. Alguns estudiosos cristãos entendem que este "cananeu" pode ser uma referência a Canaã. O Evangelho de São Lucas e o livro dos Atos dos Apóstolos se referem a ele como “o zelote”: essa alcunha parece indicar que Simão pertencera ao partido judeu radical que tinha o mesmo nome. Os radicais zelotes, ou zelotas, pregavam a luta armada contra os dominadores romanos.
Sabe-se que Simão, como todos os outros apóstolos dos primeiros tempos do cristianismo, depois do Pentecostes saiu de Jerusalém pregando o Evangelho sem nada levar. Operou muitos milagres, curou enfermos, leprosos e expulsou espíritos maus. 
Outros relatos falam da pregação de Simão também no Egito, Líbia e Mauritânia. Segundo Eusébio, célebre historiador, Simão teria sido o sucessor de Tiago na cátedra de Jerusalém, nos anos da trágica destruição da cidade santa. 
Uma antiga tradição diz que Simão encontrou-se com o apostolo Judas Tadeu na Pérsia e, desde então, viajaram juntos. Percorreram as doze províncias do Império Persa, deixando o conhecimento histórico e religioso como foi encontrado num antigo livro da época chamado "Atos de Simão e Judas", de autor desconhecido. Nele consta que, no dia 28 de outubro do ano 70, houve o assassinato do apóstolo, preocupados com a eloquência das pregações que convertiam multidões inteiras. 

Judas Tadeu era natural de Caná da Galileia, na Palestina, filho de Alfeu, também chamado Cléofas, e de Maria Cléofas, ambos parentes de Jesus. O pai era irmão de São José; a mãe, prima-irmã de Maria Santíssima. Portanto Judas era primo-irmão de Jesus e irmão de Tiago, chamado o Menor, também discípulo de Jesus.
Judas Tadeu foi o Apóstolo que na última ceia perguntou a Jesus: “Mestre, por que razão te manifestas a nós e não ao mundo?”. Jesus respondeu-lhe que a verdadeira manifestação de Deus está reservada para aqueles que o amam e guardam a sua palavra.
Depois da descida do Espírito Santo, os Apóstolos procuraram seu campo de evangelização e Judas Tadeu se dirigiu para Síria, Mesopotâmia e Armênia. Em 63 tomou parte no Concílio apostólico de Jerusalém, que elegeu Simão, irmão de Judas, bispo e sucessor de São Tiago Maior. De São Judas Tadeu existe uma epístola, a última das epístolas católicas escritas no cânon dos livros sacros e reconhecidos pela Igreja. Esta Epístola, segundo opinião de muitos, Judas dirigiu-a aos judeus-cristãos (judeus convertidos ao cristianismo) da Palestina.
A tradição conta que São Judas Tadeu percorreu as doze províncias do Império Persa, nas quais pregou a Boa Nova do Evangelho e converteu muitos pagãos.
Ao certo, o que sabemos é que o apóstolo Judas Tadeu se tornou um mártir da fé. A sua pregação e o seu testemunho eram tão intensos que os pagãos se convertiam. Foi assassinado a golpes de bastões, lanças e machados. Tudo teria acontecido no dia 28 de outubro de 70. Nicéforo e outros referem que Judas morreu em Edessa. Outros, porém, dizem que sofreu o martírio na Pérsia.
Considerado pelos cristãos o santo intercessor das causas impossíveis, foi a partir da devoção de santa Gertrudes que sua fama ganhou força no mundo católico. Ela, em sua biografia, relatou que Jesus lhe aconselhou invocar São Judas Tadeu até nos “casos mais desesperados”. Depois disso, aumentou o número de devotos acerca de seu poder de resolver as causas que parecem sem solução. Conta a tradição que não se encontra um devoto que tenha pedido sua ajuda e não tenha sido atendido. 
A festa de São Judas Tadeu é celebrada no dia 28 de outubro, tanto na Igreja ocidental como na oriental.
Os restos mortais de São Judas Tadeu, guardados primeiro no Oriente Médio e depois na França, agora acredita-se que os corpos de São Simão e São Judas Tadeu acham-se na catedral de São Pedro em Roma.

Simão, natural de Caná, pertencente à tribo de Neftali ou Zabulon, também chamado zelota e Cananeu é, talvez, o mais desconhecido dos apóstolos. Para ser diferenciado de São Pedro é chamado de Simão, "o cananeu" pelos evangelistas Mateus e Marcos. Alguns estudiosos cristãos entendem que este "cananeu" pode ser uma referência a Canaã. O Evangelho de São Lucas e o livro dos Atos dos Apóstolos se referem a ele como “o zelote”: essa alcunha parece indicar que Simão pertencera ao partido judeu radical que tinha o mesmo nome. Os radicais zelotes, ou zelotas, pregavam a luta armada contra os dominadores romanos.

Sabe-se que Simão, como todos os outros apóstolos dos primeiros tempos do cristianismo, depois do Pentecostes saiu de Jerusalém pregando o Evangelho sem nada levar. Operou muitos milagres, curou enfermos, leprosos e expulsou espíritos maus.

Outros relatos falam da pregação de Simão também no Egito, Líbia e Mauritânia. Segundo Eusébio, célebre historiador, Simão teria sido o sucessor de Tiago na cátedra de Jerusalém, nos anos da trágica destruição da cidade santa.

Uma antiga tradição diz que Simão encontrou-se com o apostolo Judas Tadeu na Pérsia e, desde então, viajaram juntos. Percorreram as doze províncias do Império Persa, deixando o conhecimento histórico e religioso como foi encontrado num antigo livro da época chamado "Atos de Simão e Judas", de autor desconhecido. Nele consta que, no dia 28 de outubro do ano 70, houve o assassinato do apóstolo, preocupados com a eloquência das pregações que convertiam multidões inteiras.

Simão, natural de Caná, pertencente à tribo de Neftali ou Zabulon, também chamado zelota e Cananeu é, talvez, o mais desconhecido dos apóstolos. Para ser diferenciado de São Pedro é chamado de Simão, "o cananeu" pelos evangelistas Mateus e Marcos. Alguns estudiosos cristãos entendem que este "cananeu" pode ser uma referência a Canaã. O Evangelho de São Lucas e o livro dos Atos dos Apóstolos se referem a ele como “o zelote”: essa alcunha parece indicar que Simão pertencera ao partido judeu radical que tinha o mesmo nome. Os radicais zelotes, ou zelotas, pregavam a luta armada contra os dominadores romanos.
Sabe-se que Simão, como todos os outros apóstolos dos primeiros tempos do cristianismo, depois do Pentecostes saiu de Jerusalém pregando o Evangelho sem nada levar. Operou muitos milagres, curou enfermos, leprosos e expulsou espíritos maus. 
Outros relatos falam da pregação de Simão também no Egito, Líbia e Mauritânia. Segundo Eusébio, célebre historiador, Simão teria sido o sucessor de Tiago na cátedra de Jerusalém, nos anos da trágica destruição da cidade santa. 
Uma antiga tradição diz que Simão encontrou-se com o apostolo Judas Tadeu na Pérsia e, desde então, viajaram juntos. Percorreram as doze províncias do Império Persa, deixando o conhecimento histórico e religioso como foi encontrado num antigo livro da época chamado "Atos de Simão e Judas", de autor desconhecido. Nele consta que, no dia 28 de outubro do ano 70, houve o assassinato do apóstolo, preocupados com a eloquência das pregações que convertiam multidões inteiras. 

Judas Tadeu era natural de Caná da Galileia, na Palestina, filho de Alfeu, também chamado Cléofas, e de Maria Cléofas, ambos parentes de Jesus. O pai era irmão de São José; a mãe, prima-irmã de Maria Santíssima. Portanto Judas era primo-irmão de Jesus e irmão de Tiago, chamado o Menor, também discípulo de Jesus.
Judas Tadeu foi o Apóstolo que na última ceia perguntou a Jesus: “Mestre, por que razão te manifestas a nós e não ao mundo?”. Jesus respondeu-lhe que a verdadeira manifestação de Deus está reservada para aqueles que o amam e guardam a sua palavra.
Depois da descida do Espírito Santo, os Apóstolos procuraram seu campo de evangelização e Judas Tadeu se dirigiu para Síria, Mesopotâmia e Armênia. Em 63 tomou parte no Concílio apostólico de Jerusalém, que elegeu Simão, irmão de Judas, bispo e sucessor de São Tiago Maior. De São Judas Tadeu existe uma epístola, a última das epístolas católicas escritas no cânon dos livros sacros e reconhecidos pela Igreja. Esta Epístola, segundo opinião de muitos, Judas dirigiu-a aos judeus-cristãos (judeus convertidos ao cristianismo) da Palestina.
A tradição conta que São Judas Tadeu percorreu as doze províncias do Império Persa, nas quais pregou a Boa Nova do Evangelho e converteu muitos pagãos.
Ao certo, o que sabemos é que o apóstolo Judas Tadeu se tornou um mártir da fé. A sua pregação e o seu testemunho eram tão intensos que os pagãos se convertiam. Foi assassinado a golpes de bastões, lanças e machados. Tudo teria acontecido no dia 28 de outubro de 70. Nicéforo e outros referem que Judas morreu em Edessa. Outros, porém, dizem que sofreu o martírio na Pérsia.
Considerado pelos cristãos o santo intercessor das causas impossíveis, foi a partir da devoção de santa Gertrudes que sua fama ganhou força no mundo católico. Ela, em sua biografia, relatou que Jesus lhe aconselhou invocar São Judas Tadeu até nos “casos mais desesperados”. Depois disso, aumentou o número de devotos acerca de seu poder de resolver as causas que parecem sem solução. Conta a tradição que não se encontra um devoto que tenha pedido sua ajuda e não tenha sido atendido. 
A festa de São Judas Tadeu é celebrada no dia 28 de outubro, tanto na Igreja ocidental como na oriental.
Os restos mortais de São Judas Tadeu, guardados primeiro no Oriente Médio e depois na França, agora acredita-se que os corpos de São Simão e São Judas Tadeu acham-se na catedral de São Pedro em Roma.

Judas Tadeu era natural de Caná da Galileia, na Palestina, filho de Alfeu, também chamado Cléofas, e de Maria Cléofas, ambos parentes de Jesus. O pai era irmão de São José; a mãe, prima-irmã de Maria Santíssima. Portanto Judas era primo-irmão de Jesus e irmão de Tiago, chamado o Menor, também discípulo de Jesus.

Judas Tadeu foi o Apóstolo que na última ceia perguntou a Jesus: “Mestre, por que razão te manifestas a nós e não ao mundo?”. Jesus respondeu-lhe que a verdadeira manifestação de Deus está reservada para aqueles que o amam e guardam a sua palavra.

Depois da descida do Espírito Santo, os Apóstolos procuraram seu campo de evangelização e Judas Tadeu se dirigiu para Síria, Mesopotâmia e Armênia. Em 63 tomou parte no Concílio apostólico de Jerusalém, que elegeu Simão, irmão de Judas, bispo e sucessor de São Tiago Maior. De São Judas Tadeu existe uma epístola, a última das epístolas católicas escritas no cânon dos livros sacros e reconhecidos pela Igreja. Esta Epístola, segundo opinião de muitos, Judas dirigiu-a aos judeus-cristãos (judeus convertidos ao cristianismo) da Palestina.

A tradição conta que São Judas Tadeu percorreu as doze províncias do Império Persa, nas quais pregou a Boa Nova do Evangelho e converteu muitos pagãos.

Ao certo, o que sabemos é que o apóstolo Judas Tadeu se tornou um mártir da fé. A sua pregação e o seu testemunho eram tão intensos que os pagãos se convertiam. Foi assassinado a golpes de bastões, lanças e machados. Tudo teria acontecido no dia 28 de outubro de 70. Nicéforo e outros referem que Judas morreu em Edessa. Outros, porém, dizem que sofreu o martírio na Pérsia.

Considerado pelos cristãos o santo intercessor das causas impossíveis, foi a partir da devoção de santa Gertrudes que sua fama ganhou força no mundo católico. Ela, em sua biografia, relatou que Jesus lhe aconselhou invocar São Judas Tadeu até nos “casos mais desesperados”. Depois disso, aumentou o número de devotos acerca de seu poder de resolver as causas que parecem sem solução. Conta a tradição que não se encontra um devoto que tenha pedido sua ajuda e não tenha sido atendido.

A festa de São Judas Tadeu é celebrada no dia 28 de outubro, tanto na Igreja ocidental como na oriental.

Os restos mortais de São Judas Tadeu, guardados primeiro no Oriente Médio e depois na França, agora acredita-se que os corpos de São Simão e São Judas Tadeu acham-se na catedral de São Pedro em Roma.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração para esta manhã

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,

ao Seu encontro caminhemos com louvores,

com cantos de alegria o celebremos!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

Hino

Um hino a vós, apóstolos,
de júbilo e vitória.
Unidos pela graça,
também o sois na glória.

Simão, ardente impulso
levou-te a palmilhar
os passos de Jesus,
e o nome seu pregar.

De Cristo em carne e espírito
irmão e servo, ó Judas,
pregando e escrevendo
aos teus irmãos ajudas.

Sois vítima e testemunha
da fé que proclamastes.
Provando-lhe a verdade,
o sangue derramastes.

Ó astros luminosos,
ao céu todos guiai;
por ásperos caminhos,
inteira a fé guardai.

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito
a honra e o louvor.
Possamos para sempre
gozar do seu amor.

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!
Desde a aurora ansioso vos busco!
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!

Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.

Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta.

Glória ao Pai...

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito.

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

Fareis deles os chefes

Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

BENEDICTUS

Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

Preces

Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos:

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor!

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos;
– por ela somos alimentados e vivemos. R.

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos;
– por ela recebemos luz e alegria. R.

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos;
– com ela formamos um só Corpo. R.

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos;
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

(Intenções livres)

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

Pai nosso ...

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
ao Seu encontro caminhemos com louvores,
com cantos de alegria o celebremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém

Hino
Um hino a vós, apóstolos, 
de júbilo e vitória. 
Unidos pela graça, 
também o sois na glória. 

Simão, ardente impulso 
levou-te a palmilhar 
os passos de Jesus, 
e o nome seu pregar. 

De Cristo em carne e espírito 
irmão e servo, ó Judas, 
pregando e escrevendo 
aos teus irmãos ajudas. 

Sois vítima e testemunha 
da fé que proclamastes. 
Provando-lhe a verdade, 
o sangue derramastes. 

Ó astros luminosos, 
ao céu todos guiai; 
por ásperos caminhos, 
inteira a fé guardai. 

Ao Pai, ao Filho, ao Espírito 
a honra e o louvor. 
Possamos para sempre 
gozar do seu amor.

Salmo                         62 (63), 2-9
Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! 
Desde a aurora ansioso vos busco! 
A minh’alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem água!
Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus lábios vos louvam.
Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh’alma será saciada,
como em grande banquete de festa;
cantará a alegria em meus lábios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa mão me sustenta. 
Glória ao Pai...

Leitura breve                              Ef 2,19-22 
Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito. 

Fareis deles os chefes
Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre.

BENEDICTUS
Jerusalém, ó cidade celeste, teus alicerces são os doze Apóstolos, tua luz, teu fulgor é o Cordeiro!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos, 

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam. 

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança 

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo, 

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino, 
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos, 

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar os quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados 

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz. 

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos: 

R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor! 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos; 
– por ela somos alimentados e vivemos. R. 

Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos; 
– por ela recebemos luz e alegria. R. 

Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos; 
– com ela formamos um só Corpo. R. 

Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos; 
– por eles somos lavados de todo pecado. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. 

Oração

Ó Deus, que, pela pregação dos Apóstolos, nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso Evangelho, concedei, pelas preces de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja não cesse de crescer, acolhendo com amor novos fiéis. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação do dia

Passou a noite toda em oração a Deus
    O Senhor não reza para pedir por ele, mas por mim. Embora o Pai tenha posto tudo à disposição do Filho, este, para realizar plenamente a sua condição de homem, achou por bem implorar ao Pai por nós, já que é o nosso advogado. Não deis ouvidos a vozes enganadoras, imaginando que é por fraqueza que Cristo implora, para obter o que não pode realizar, Ele que é o autor de todo o poder; mas, sendo Mestre de obediência, Cristo, com o seu exemplo, molda-nos nos preceitos de virtude. Está dito que “nós temos um advogado junto do Pai” (1Jo 2,1). Se ele é advogado, deve interceder pelos meus pecados. Portanto, não é por fraqueza, mas antes por bondade que Cristo implora. Quereis saber até que ponto ele pode tudo o que quer? Cristo é ao mesmo tempo advogado e juiz: num reside o ofício de compaixão, no outro, a insígnia do poder. “Passou a noite em oração a Deus”: Cristo dá-vos um exemplo, traça-vos um modelo que podeis imitar.
    O que é preciso fazer para vossa salvação quando, por vós, Cristo passa a noite em oração? O que deveis fazer quando quereis começar um dever de piedade, quando o próprio Cristo, antes de enviar os seus apóstolos, rezou e rezou sozinho? Se não me engano, em parte nenhuma se encontra que Cristo tenha orado com os apóstolos; ele ora sozinho. É que o grande desígnio de Deus não pode ser captado por desejos humanos e ninguém pode tomar parte no íntimo pensamento de Cristo. Aliás, quereis ver que foi unicamente por mim, e não por ele, que Jesus rezou? “Chamou os discípulos e escolheu doze entre eles” para os enviar, como semeadores da fé, a propagar o auxílio e a salvação dos homens em todo o universo.

Santo Ambrósio de Milão (340-397)
Bispo e Doutor da Igreja
Comentário sobre S. Lucas 6,12ss

Oração para esta tarde

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

I Vésperas

30º Domingo do Tempo Comum

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém.

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Hino

Ó Deus, fonte de todas as coisas,
vós enchestes o mundo de dons
e, depois de criar o universo,
concluístes que tudo era bom.

Terminando tão grande trabalho,
decidistes entrar em repouso,
ensinando aos que cansam na luta,
que o descanso é também dom precioso.

Concedei aos mortais que suplicam,
os seus erros lavarem no pranto
e andarem nos vossos caminhos,
descobrindo da vida o encanto.

Deste modo, ao chegar para a terra
a aflição do temível Juiz,
possam todos, repletos de paz,
se alegrar pela vida feliz.

Esse dom concedei-nos, Deus Pai,
pelo Filho Jesus, Sumo Bem,
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Salmo                             15(16) 

Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor:
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra.

Multiplicam, no entanto, suas dores
os que correm para os deuses estrangeiros;
seus sacrifícios sanguinários não partilho,
nem seus nomes passarão pelos meus lábios.

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,
meu destino está seguro em vossas mãos!
Foi demarcada para mim a melhor terra,
e eu exulto de alegria em minha herança!

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,
e até de noite me adverte o coração.
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,
pois se o tenho a meu lado não vacilo.

Eis por que meu coração está em festa,
minha alma rejubila de alegria,
e até meu corpo no repouso está tranquilo;
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção.
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;
junto a vós, felicidade sem limites,
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Glória ao Pai...

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 

Sua glória vai além dos altos céus. 

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

MAGNIFICAT

O amor não leva em conta o mal.

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

A minha alma engrandece ao Senhor

e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;

pois ele viu a pequenez de sua serva,

desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas

e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,

chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,

dispersou os orgulhosos;

derrubou os poderosos de seus tronos

e os humildes exaltou;

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

De bens saciou os famintos,

e despediu, sem nada, os ricos.

Acolheu Israel, seu servidor,

fiel ao seu amor,

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

como havia prometido aos nossos pais,

em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo:

R. Senhor, nós confiamos em vós!

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.;
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R.

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos,
– para que sintam continuamente a sua consolação. R.

Olhai com amor para os que não têm onde morar,
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R.

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra,
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R.

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

(Intenções livres)

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram,
– e dai-lhes um lugar no céu. R.

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Pai nosso ...

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

ANTÍFONA MARIANA

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.

A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.

Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.

Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

I Vésperas
30º Domingo do Tempo Comum

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó Deus, fonte de todas as coisas, 
vós enchestes o mundo de dons 
e, depois de criar o universo, 
concluístes que tudo era bom. 

Terminando tão grande trabalho, 
decidistes entrar em repouso, 
ensinando aos que cansam na luta, 
que o descanso é também dom precioso. 

Concedei aos mortais que suplicam, 
os seus erros lavarem no pranto 
e andarem nos vossos caminhos, 
descobrindo da vida o encanto. 

Deste modo, ao chegar para a terra 
a aflição do temível Juiz, 
possam todos, repletos de paz, 
se alegrar pela vida feliz. 

Esse dom concedei-nos, Deus Pai, 
pelo Filho Jesus, Sumo Bem, 
no Espírito Santo Paráclito,
que reinais para sempre. Amém.

Salmo                             15(16) 
Deus ressuscitou a Jesus, libertando-o das angústias da morte (At 2,24). 

Guardai-me, ó Deus, porque em vós me refugio!  
Digo ao Senhor: ‘Somente vós sois meu Senhor: 
nenhum bem eu posso achar fora de vós!’ 
Deus me inspirou uma admirável afeição
pelos santos que habitam sua terra. 

Multiplicam, no entanto, suas dores  
os que correm para os deuses estrangeiros; 
seus sacrifícios sanguinários não partilho,  
nem seus nomes passarão pelos meus lábios. 

Ó Senhor, sois minha herança e minha taça,  
meu destino está seguro em vossas mãos! 
Foi demarcada para mim a melhor terra,  
e eu exulto de alegria em minha herança! 

Eu bendigo o Senhor, que me aconselha,  
e até de noite me adverte o coração. 
Tenho sempre o Senhor ante meus olhos,  
pois se o tenho a meu lado não vacilo. 

Eis por que meu coração está em festa,  
minha alma rejubila de alegria,  
e até meu corpo no repouso está tranquilo; 
pois não haveis de me deixar entregue à morte,

nem vosso amigo conhecer a corrupção. 
Vós me ensinais vosso caminho para a vida;  
junto a vós, felicidade sem limites, 
delícia eterna e alegria ao vosso lado!

Glória ao Pai...

Leitura breve                                       Cl 1,2b-6a 
A vós, graça e paz da parte de Deus nosso Pai. Damos graças a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, sempre rezando por vós, pois ouvimos acerca da vossa fé em Cristo Jesus e do amor que mostrais para com todos os santos, animados pela esperança na posse do céu. Disso já ouvistes falar no Evangelho, cuja palavra de verdade chegou até vós. E como no mundo inteiro, assim também entre vós ela está produzindo frutos e se desenvolve.

Do nascer do sol até o seu ocaso, louvado seja o nome do Senhor! 
Sua glória vai além dos altos céus. 

MAGNIFICAT
O amor não leva em conta o mal.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita. 

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome! 
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam; 

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre. 

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a Deus que auxilia e protege o povo que escolheu como sua herança para que viva feliz. Recordando seu amor, aclamemos dizendo: 

R. Senhor, nós confiamos em vós! 

Deus de bondade, nós vos pedimos pelo nosso Papa Francisco e pelo nosso bispo N.; 
– protegei-os com o vosso poder e santificai-os com a vossa graça. R. 

Confortai os doentes e tornai-os participantes da paixão de Cristo por seus sofrimentos, 
– para que sintam continuamente a sua consolação. R. 

Olhai com amor para os que não têm onde morar, 
– e fazei que encontrem uma digna habitação. R. 

Dignai-vos multiplicar e conservar os frutos da terra, 
– para que a ninguém falte o pão de cada dia. R. 

(Intenções livres) 

Envolvei com vossa misericórdia os que morreram, 
– e dai-lhes um lugar no céu. R. 

Pai nosso ...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Evangelho do dia

Naqueles dias, Jesus subiu ao monte para rezar e passou a noite em oração a Deus.
Quando amanheceu, chamou os discípulos e escolheu doze entre eles, a quem deu o nome de apóstolos:
Simão, a quem deu também o nome de Pedro, e seu irmão André; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu,
Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado o Zelota;
Judas, irmão de Tiago, e Judas Iscariotes, que veio a ser o traidor.
Depois desceu com eles do monte e deteve-Se num sítio plano, com numerosos discípulos e uma grande multidão de pessoas de toda a Judeia, de Jerusalém e do litoral de Tiro e de Sidónia.
Tinham vindo para ouvir Jesus e serem curados das suas doenças. Os que eram atormentados por espíritos impuros também ficavam curados.
Toda a multidão procurava tocar Jesus, porque saía d’Ele uma força que a todos sarava.

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement