Aleteia
La fête du jour

Sábado, 1 de julho
Bem-aventurado Antonio Rosmini

Sacerdote, teólogo e filósofo († 1855)

Grande figura do catolicismo do século XIX, Antonio Rosmini foi incompreendido durante seu tempo sendo apenas recentemente “descoberto”. Nasceu no seio de uma família nobre e, desde sua adolescência, revelou um caráter inclinado para a ascese. Será ordenado padre no dia 21 de abril de 1821. Profundamente sensível e dotado de um intelecto invejável, no ano de 1830 publica sua primeira grande obra literária (“Novo ensaio sobre a origem das ideias”), em seguida haveria uma infinidade de outros escritos. Alexandre Manzoni, um dos maiores literatos da Itália do século XIX e contemporâneo de Rosmini, dele chegou a afirmar dele: “uma das cinco ou seis maiores inteligências que a humanidade produziu ao longo dos séculos”. Em meio a lutas políticas, escreveu um de seus textos mais famosos: “Sobre as cinco chagas da santa Igreja”: uma aguda análise sobre os problemas que ameaçavam a unidade e a liberdade da Igreja da época. Corajosamente Rosmini denuncia os males que afligiam a comunidade católica de então e indicava os remédios. Infelizmente seu texto foi tomado com desconfiança e acabou sendo colocado no temível Index. Após muitos sofrimentos e perseguições por parte de homens de Igreja, Rosmini foi absolvido e a proibição sobre seus livros foi retirada. Muitas de suas intuições somente foram propriamente acolhidas pela Igreja no Concílio Vaticano II (1962-1965), o que mostra a vanguarda e o profetismo de seu pensamento. Papa Bento XVI, no ano de 2006 o declarou “venerável”, e no dia 18 de novembro de 2007 foi beatificado.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração da manhã

Vinde, adoremos o Cristo Jesus,
Filho bendito da Virgem Maria!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Maria, Mãe dos caminhantes
Ensina-nos a caminhar.
Nós somos todos viandantes,
Mas é difícil sempre andar.

Fizeste longa caminhada,
Para servir a Isabel,
Fazendo-te de Deus Morada
Após teu sim a Gabriel.

Humilde foi a caminhada,
Em companhia de Jesus,
Quando pregava, sem parada,
Levando aos homens sua luz.

Vitoriosa caminhada,
Fez finalmente te chegar
Ao céu, a meta da jornada,
Dos que caminham sem parar
Salmo 91 (92)

Louvores se proclamam pelos feitos do Cristo (Sto. Atanásio).

– Como é bom agradecermos ao Senhor
e cantar salmos de louvor ao Deus Altíssimo!
– Anunciar pela manhã vossa bondade,
e o vosso amor fiel, a noite inteira,
– ao som da lira de dez cordas e da harpa,
com canto acompanhado ao som da cítara.

– Pois me alegrastes, ó Senhor, com vossos feitos,
e rejubilo de alegria em vossas obras.
– Quão imensas, ó Senhor, são vossas obras,
quão profundos são os vossos pensamentos!

– Só o homem insensato não entende,
só o estulto não percebe nada disso!
– Mesmo que os ímpios floresçam como a erva,
ou prosperem igualmente os malfeitores,
– são destinados a perder-se para sempre.
Vós, porém, sois o Excelso eternamente!

= Eis que os vossos inimigos, ó Senhor,
eis que os vossos inimigos vão perder-se,
e os malfeitores serão todos dispersados.

– Vós me destes toda a força de um touro,
e sobre mim um óleo puro derramastes;
–triunfante posso olhar meus inimigos,
vitorioso escuto a voz de seus gemidos.

–O justo crescerá como a palmeira,
florirá igual ao cedro que há no Líbano;
–na casa do Senhor estão plantados,
nos átrios de meu Deus florescerão.

–Mesmo no tempo da velhice darão frutos,
cheios de seiva e de folhas verdejantes;
– e dirão: 'É justo mesmo o Senhor Deus:
meu Rochedo, não existe nele o mal!'

Glória ao Pai...

Leitura breve Ap 12,1
Apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida de sol, tendo a lua debaixo dos pés e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas.

Maria, alegra-te, ó cheia de graça; o Senhor é contigo! És bendita entre todas as mulheres da terra e bendito é o fruto que nasceu do teu ventre!

BENEDICTUS

Sois a glória de Sião, a alegria de Israel e a flor da humanidade!

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Adoremos a Deus, que por meio de seu Filho trouxe ao mundo vida e esperança; e peçamos humildemente:

R. Senhor, ouvi-nos!

Senhor, Pai de todos os seres humanos, que nos fizestes chegar ao princípio deste dia,
– dai-nos viver unidos a Cristo para louvor da vossa glória. R.

Conservai e aumentai em nós a fé, a esperança e a caridade,
– que derramastes em nossos corações. R.

Fazei que os nossos olhos estejam sempre voltados para vós,
– para correspondermos com generosidade e alegria ao vosso chamado. R.

Defendei-nos das ciladas e seduções do mal,
– e protegei os nossos passos de todo tropeço. R.

(Intenções livres)
Pai nosso ...

Oração
Ó Deus todo-poderoso, pela intercessão de Maria, nossa Mãe, socorrei os fiéis que se alegram com a sua proteção, livrando-os de todo mal neste mundo e dando-lhes a alegria do céu. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação

Dize uma só palavra

“Senhor, meu criado está de cama paralítico, e sofre muito. Embora este sofredor seja um escravo, nem por isso é menos homem. Não olhes para a baixeza do escravo, mas para a gravidade de sua doença”. Assim falava o centurião. O que disse a bondade suprema? “Eu irei e o curarei. Eu que me preocupo pelos homens, que me fiz homem, que vim por todos e que não desprezarei a ninguém. Eu o curarei”. Pela prontidão de sua resposta, Cristo estimula sua fé: “Senhor, eu não sou digno que entreis em minha casa”. Vós dais conta de como o Senhor, assim como um caçador, fez sair a fé que estava escondida no segredo do interior [do centurião]? “Dize uma só palavra e meu servidor será curado de seu mal, liberto da servidão de sua enfermidade. Assim eu conheci a força de vosso poder. A partir disso eu reconheci aquele que me ultrapassa. Vejo os exércitos de curadores, vejo as tropas de milagres esperando vossas ordens. Enviai-as contra a doença; envia-as com eu envio a um soldado”. E Jesus, admirado, disse: “Não encontrei tão grande fé em Israel”.

Basílio de Seléucia
Arcebispo e amigo de São João Crisóstomo (†458).

Oração da tarde

Ao Senhor, Rei dos Apóstolos, vinde adoremos!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó áurea luz, ó esplendor de rosa,
o azul vestis de sangue e de fulgor,
quando, tombando, os príncipes sagrados,
abrem do céu a porta ao pecador.

Doutor das gentes e do Céu Porteiro,
luzeiros sois, Juízes das Nações;
um pela espada, o outro pela cruz,
sobem do céu às eternais mansões.

Ó feliz Roma, por precioso sangue
cingida assim de púrpura e nobreza;
não por ti mesma, mas por tal martírio,
o mundo inteiro excedes em beleza.

Dupla oliveira, Pedro, Paulo viestes
na eterna Roma uma fronde erguer:
numa só fé e caridade acesos,
após a morte, dai-nos reviver!

Dê-se à Trindade sempiterna glória,
honra, poder e júbilo também;
pois na Unidade tudo e a todos rege,
agora e sempre, eternamente. Amém.

Salmo 147 (147b)
Jesus chamou os seus discípulos, escolheu doze dentre eles e lhes deu o nome de Apóstolos..

– Glorifica o Senhor, Jerusalém!
Ó Sião, canta louvores ao teu Deus!

– Pois reforçou com segurança as tuas portas,
e os teus filhos em teu seio abençoou;
– a paz em teus limites garantiu
e te dá como alimento a flor do trigo.

– Ele envia suas ordens para a terra,
e a palavra que ele diz corre veloz;
– ele faz cair a neve como lã
e espalha a geada como cinza.

– Como de pão lança as migalhas do granizo,
a seu frio as águas ficam congeladas.
– Ele envia sua palavra e as derrete,
sopra o vento e de novo as águas correm.

– Anuncia a Jacó sua palavra,
seus preceitos e suas leis a Israel.
– Nenhum povo recebeu tanto carinho,
a nenhum outro revelou os seus preceitos.

Glória ao Pai...

Leitura breve Rm 1, 1-3a.7
Paulo, servo de Jesus Cristo, apóstolo por vocação, escolhido para o Evangelho de Deus, que pelos profetas havia prometido, nas Escrituras, e que diz respeito a seu Filho: A vós todos que morais em Roma, amados de Deus e santos por vocação, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e de nosso Senhor, Jesus Cristo.

Os Apóstolos, com grande coragem, anunciavam a Palavra de Deus.
Testemunhavam a ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo.

MAGNIFICAT
Gloriosos Apóstolos de Cristo,
como em vida os uniu grande afeto,
assim na morte não ficaram separados.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Oremos a Cristo, que edificou sua Igreja sobre o alicerce dos apóstolos e dos profetas; e digamos com fé:

R. Socorrei, Senhor, o vosso povo!

Vós, que chamastes o pescador Simão para dele fazerdes pescador de homens,
– continuai chamando operários para que levem a vossa salvação à humanidade inteira. R.

Vós, que acalmastes a tempestade do mar para que a barca dos discípulos não afundasse,
– defendei a vossa Igreja de toda perturbação e fortalecei o Santo Padre. R.

Bom Pastor que, depois da ressurreição, reunistes ao redor de Pedro o rebanho que estava disperso,
– congregai o vosso povo num só rebanho e sob um só pastor. R.

Vós, que enviastes o apóstolo Paulo para evangelizar as nações pagãs,
– fazei que a palavra da salvação seja pregada a toda criatura. R.

(Intenções livres)
Vós, que entregastes à Igreja as chaves do reino dos céus,
- abri as portas do céu a todos aqueles que, durante a vida, confiaram na vossa misericórdia. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho

Evangelho segundo S. Mateus 8,5-17.
Naquele tempo, ao entrar Jesus em Cafarnaum, aproximou-se d’Ele um centurião, que Lhe suplicou, dizendo:
«Senhor, o meu servo jaz em casa paralítico e sofre horrivelmente».
Disse-lhe Jesus: «Eu irei curá-lo».
Mas o centurião respondeu-Lhe: «Senhor, eu não sou digno de que entres em minha casa; mas diz uma só palavra e o meu servo ficará curado.
Porque eu, que não passo dum subalterno, tenho soldados sob as minhas ordens: digo a um ‘Vai!’ e ele vai; a outro ‘Vem!’ e ele vem; e ao meu servo ‘Faz isto!’ e ele faz».
Ao ouvi-lo, Jesus ficou admirado e disse àqueles que O seguiam: «Em verdade vos digo: Não encontrei ninguém em Israel com tão grande fé.
Por isso vos digo: Do Oriente e do Ocidente virão muitos sentar-se à mesa, com Abraão, Isaac e Jacob, no reino dos Céus,
ao passo que os filhos do reino serão lançados nas trevas exteriores, onde haverá choro e ranger de dentes».
Depois Jesus disse ao centurião: «Vai para casa. Seja feito conforme acreditaste». E naquela hora, o servo ficou curado.
Quando Jesus entrou na casa de Pedro, viu que a sogra dele estava de cama com febre.
Tocou-lhe na mão e a febre deixou-a; ela então levantou-se e começou a servi-los.
Ao cair da tarde, trouxeram-Lhe muitos possessos. Jesus expulsou os espíritos com uma palavra e curou todos os doentes.
Assim se cumpria o que o profeta Isaías anunciara, dizendo: «Tomou sobre si as nossas enfermidades e suportou as nossas doenças».

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement