Aleteia
La fête du jour

Quinta-feira, 14 de setembro
Exaltação da Santa Cruz

Festa

Exaltação da Santa Cruz

Essa festa está ligada ao episódio legendário do reencontro da cruz de Cristo pela mãe do imperador Constantino, Santa Helena, no dia 14 de setembro do ano 320. Embora o ano do reencontro das relíquias seja incerto, tanto a Igreja católica, quanto Igreja ortodoxa – bem como algumas Igrejas protestantes –, celebram essa festividade no dia 14 de setembro. Conforme a tradição, Santa Helena teria levado consigo uma parte da relíquia da cruz até Roma, que ficaria guardada na atual Basílica romana de Santa Cruz em Jerusalém. Outra parte da relíquia teria ficado na cidade de Jerusalém. Em 614, os persas teriam levado essa relíquia como espólio de guerra; posteriormente, em 628, a relíquia teria sido trazida novamente para a cidade santa: desse fato teria surgido a festividade do Triunfo (ou Invenção) da santa cruz, que era celebrada no dia 3 de maio, e que caiu em desuso após a reforma do Missal Romano feita pelo Papa João XXIII (1960-1962). O sentido da festa nos é sintetizado pelo atual Missal Romano:
“A cruz, sinal do mais terrível entre os suplícios, é para o cristão a árvore da vida, o tálamo, o trono, o altar da nova aliança. De Cristo, novo Adão adormecido na cruz, jorrou o admirável sacramento de toda a Igreja. A cruz é o sinal do senhorio de Cristo sobre os que no Batismo são configurados a ele na morte e na glória (cf. Rm 6,5). Na tradição dos Padres, a cruz é o sinal do Filho do homem que comparecerá no fim dos tempos (cf. Mt 24,30). A festa da Exaltação da Cruz, que no Oriente é comparada àquela da Páscoa, relaciona-se com a dedicação das basílicas constantinianas construídas no Gólgota e sobre o sepulcro de Cristo”.
Missal Romano, p. 655.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração para esta manhã

Adoremos Cristo Rei exaltado em sua Cruz!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Por toda a terra fulgura
a silhueta da Cruz,
de onde pendeu inocente
o próprio Cristo Jesus.

Mais altaneira que os cedros,
ergue-se a Cruz triunfal:
não traz um fruto de morte,
dá vida a todo mortal.

Que o Rei da vida nos guarde
sob o estandarte da cruz,
broquel que a todos protege,
farol que a todos conduz.

De coração celebremos
a Cruz de nosso Senhor:
Moisés de braços abertos,
orando em nosso favor.

A Cruz de Cristo abraçando,
reinar possamos nos céus,
com o Pai, o Espírito e o Filho,
Trindade Santa, um só Deus.

Salmo                                .................... 149
Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)
Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
e o seu louvor na assembleia dos fiéis!
Alegre-se Israel em quem o fez,
e Sião se rejubile no seu Rei!
Com danças glorifiquem o seu nome,
toquem harpa e tambor em sua honra!
Porque, de fato, o Senhor ama seu povo
e coroa com vitória os seus humildes.
Exultem os fiéis por sua glória,
e cantando se levantem de seus leitos,
com louvores do Senhor em sua boca
e espadas de dois gumes em sua mão,
para exercer sua vingança entre as nações,
e infligir o seu castigo entre os povos,
colocando nas algemas os seus reis,
e seus nobres entre ferros e correntes,
para aplicar-lhes a sentença já escrita:
Eis a glória para todos os seus santos.
Glória ao Pai...

Leitura breve                                                         ....Hb 2,9b-10
Nós vemos a Jesus coroado de glória e honra, por ter sofrido a morte. Sim, pela graça de Deus em favor de todos, ele provou a morte. Convinha de fato que aquele, por quem e para quem todas as coisas existem, e que desejou conduzir muitos filhos à glória, levasse o iniciador da salvação deles à consumação, por meio de sofrimentos.

Nós vos bendizemos e adoramos, ó Jesus, nosso Senhor.
Por vossa cruz vós redimistes este mundo.

BENEDICTUS
Adoramos, Senhor, vosso Madeiro; vossa ressurreição nós celebramos.
A alegria chegou ao mundo inteiro pela Cruz que nós hoje veneramos.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Oremos ao nosso Redentor que nos remiu pela sua Cruz; e digamos com toda confiança:

R. Salvai-nos, Senhor, pela vossa Santa Cruz!

Filho de Deus, que pela imagem da serpente de bronze curastes o povo de Israel,
– protegei-nos neste dia contra o veneno do pecado. R.

Filho do homem, que fostes erguido na cruz como a serpente foi levantada por Moisés no deserto,
– elevai-nos até à felicidade do vosso Reino. R.

Filho unigênito do Pai, que fostes entregue à morte para que todo aquele que acredita em vós não pereça,
– dai a vida eterna aos que procuram a vossa face. R.

Filho bem-amado do Pai, que fostes enviado ao mundo não para condená-lo mas para salvá-lo,
– concedei o dom da fé aos nossos familiares e amigos para que sejam salvos. R.

Filho do Pai eterno, que viestes trazer o fogo à terra e quisestes vê-lo aceso,
– fazei que, praticando a verdade, nos aproximemos da luz. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que para salvar a todos dispusestes que o vosso Filho morresse na cruz, a nós, que conhecemos na terra este mistério, dai-nos colher no céu os frutos da redenção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Adoremos Cristo Rei exaltado em sua Cruz!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém

Hino

Por toda a terra fulgura

a silhueta da Cruz,

de onde pendeu inocente

o próprio Cristo Jesus.

Mais altaneira que os cedros,

ergue-se a Cruz triunfal:

não traz um fruto de morte,

dá vida a todo mortal.

Que o Rei da vida nos guarde

sob o estandarte da cruz,

broquel que a todos protege,

farol que a todos conduz.

De coração celebremos

a Cruz de nosso Senhor:

Moisés de braços abertos,

orando em nosso favor.

A Cruz de Cristo abraçando,

reinar possamos nos céus,

com o Pai, o Espírito e o Filho,

Trindade Santa, um só Deus.

Salmo                                .................... 149

Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

Cantai ao Senhor Deus um canto novo,
e o seu louvor na assembleia dos fiéis!
Alegre-se Israel em quem o fez,
e Sião se rejubile no seu Rei!
Com danças glorifiquem o seu nome,
toquem harpa e tambor em sua honra!

Porque, de fato, o Senhor ama seu povo
e coroa com vitória os seus humildes.
Exultem os fiéis por sua glória,
e cantando se levantem de seus leitos,
com louvores do Senhor em sua boca
e espadas de dois gumes em sua mão,

para exercer sua vingança entre as nações,
e infligir o seu castigo entre os povos,
colocando nas algemas os seus reis,
e seus nobres entre ferros e correntes,
para aplicar-lhes a sentença já escrita:
Eis a glória para todos os seus santos.

Glória ao Pai...

Leitura breve                                                         ....Hb 2,9b-10

Nós vemos a Jesus coroado de glória e honra, por ter sofrido a morte. Sim, pela graça de Deus em favor de todos, ele provou a morte. Convinha de fato que aquele, por quem e para quem todas as coisas existem, e que desejou conduzir muitos filhos à glória, levasse o iniciador da salvação deles à consumação, por meio de sofrimentos.

Nós vos bendizemos e adoramos, ó Jesus, nosso Senhor.

Por vossa cruz vós redimistes este mundo.

BENEDICTUS

Adoramos, Senhor, vosso Madeiro; vossa ressurreição nós celebramos.

A alegria chegou ao mundo inteiro pela Cruz que nós hoje veneramos.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces

Oremos ao nosso Redentor que nos remiu pela sua Cruz; e digamos com toda confiança:

  1. Salvai-nos, Senhor, pela vossa Santa Cruz!

Filho de Deus, que pela imagem da serpente de bronze curastes o povo de Israel,

– protegei-nos neste dia contra o veneno do pecado. R.

Filho do homem, que fostes erguido na cruz como a serpente foi levantada por Moisés no deserto,

– elevai-nos até à felicidade do vosso Reino. R.

Filho unigênito do Pai, que fostes entregue à morte para que todo aquele que acredita em vós não pereça,

– dai a vida eterna aos que procuram a vossa face. R.

Filho bem-amado do Pai, que fostes enviado ao mundo não para condená-lo mas para salvá-lo,

– concedei o dom da fé aos nossos familiares e amigos para que sejam salvos. R.

Filho do Pai eterno, que viestes trazer o fogo à terra e quisestes vê-lo aceso,

– fazei que, praticando a verdade, nos aproximemos da luz. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração

Ó Deus, que para salvar a todos dispusestes que o vosso Filho morresse na cruz, a nós, que conhecemos na terra este mistério, dai-nos colher no céu os frutos da redenção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação do dia

É necessário que o Filho do Homem seja levantado...
Segundo Santo Agostinho, o Antigo Testamento contém aquilo que está plenamente revelado no Novo. Aqui temos a imagem da serpente de bronze à qual se referiu Jesus em sua conversa com Nicodemos. O próprio Senhor revelou o significado dessa imagem dizendo: “Do mesmo modo como Moisés levantou a serpente no deserto, assim é necessário que o Filho do Homem seja levantado para que todos os que nele crerem tenham a vida eterna” (Jo 3,14-15). Durante o caminho do povo de Israel do Egito até a Terra Prometida – pois o povo reclamava – Deus mandou uma invasão de serpentes venenosas e, por causa disso, muitos pereceram. Quando os sobreviventes compreenderam sua culpa, pediram a Moisés que intercedesse junto a Deus [...]. Moisés rezou e recebeu do Senhor esta ordem: “Faze uma serpente de bronze e coloca-a como sinal sobre uma haste; aquele que for mordido e olhar para ela viverá”. [...] A serpente de bronze [...] representou a salvação da morte para todos aqueles que eram picados pelas serpentes. No livro do Gênesis, a serpente era o símbolo do espírito do mal. Mas agora, por uma surpreendente inversão, a serpente de bronze elevada no deserto se torna uma representação do Cristo, elevado por sobre a cruz. A festa da Exaltação da cruz chama às nossas mentes e, num certo sentido, torna atual, a elevação de Cristo por sobre a cruz. A festa é a elevação do Cristo redentor: quem quer que creia no Cristo crucificado terá a vida eterna. A elevação de Cristo na cruz constitui o início da elevação da humanidade através da cruz. E o cumprimento final da elevação, é a vida eterna. [...] Por que a cruz e o Cristo crucificado são a porta para a vida eterna? Porque nele – no Cristo crucificado – manifestou-se em sua plenitude o amor de Deus pelo mundo, pelo homem. [...] A salvação do Filho de Deus através da elevação por sobre a cruz, tem sua fonte eterna no amor. É o amor do Pai que envia o Filho; ele oferece seu Filho pela salvação do mundo. Ao mesmo tempo, é o amor do Filho, o qual não “julga” o mundo, mas sacrifica a si próprio pelo amor para com o Pai e pela salvação do mundo. Dando a si próprio ao Pai por meio do sacrifício da cruz ele oferece ao mesmo tempo a si próprio ao mundo: a cada pessoa e à toda humanidade [...].

Papa São João Paulo II (1920-2005)
Homilia, 14 de setembro de 1984.

Oração para esta tarde

Eu te asseguro: hoje estarás comigo no Paraíso!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Do Rei avança o estandarte,
fulge o mistério da Cruz,
onde por nós foi suspenso
o autor da vida, Jesus.

Do lado morto de Cristo,
ao golpe que lhe vibraram,
para lavar meu pecado
o sangue e água jorraram.

Árvore esplêndida e bela,
de rubra púrpura ornada,
de os santos membros tocar
digna, só tu foste achada.

Ó Cruz feliz, dos teus braços
do mundo o preço pendeu;
balança foste do corpo
que ao duro inferno venceu.

Salve, ó altar, salve vítima,
eis que a vitória reluz:
a vida em ti fere a morte,
morte que à vida conduz.

Salve, ó cruz doce esperança,
concede aos réus remissão;
dá-nos o fruto da graça,
que floresceu na Paixão.

Louvor a vós, ó Trindade,
fonte de todo perdão,
aos que na Cruz foram salvos,
dai a celeste mansão.

Salmo                                 ..................................109(110), 1-5.7

Palavra do Senhor ao meu Senhor:
'Assenta-te ao meu lado direito
até que eu ponha os inimigos teus
como escabelo por debaixo de teus pés!'

O Senhor estenderá desde Sião
vosso cetro de poder, pois Ele diz:
'Domina com vigor teus inimigos;

tu és príncipe desde o dia em que nasceste;
na glória e esplendor da santidade,
como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!'

Jurou o Senhor e manterá sua palavra:
'Tu és sacerdote eternamente,
segundo a ordem do rei Melquisedec!'

À vossa destra está o Senhor, Ele vos diz:
'No dia da ira esmagarás os reis da terra!
Beberás água corrente no caminho,
por isso seguirás de fronte erguida!'

Glória ao Pai...

Leitura                                                                                                          1Cor 1, 23-24
Nós pregamos Cristo crucificado, escândalo para os judeus e insensatez para os pagãos. Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, esse Cristo é poder de Deus e sabedoria de Deus.

Ó Cruz gloriosa, em ti triunfou o Senhor, Rei dos anjos.
E lavou nossas chagas em seu sangue precioso.

MAGNIFICAT
Ó Cruz de vitória, sinal admirável,
fazei-nos chegar ao triunfo da glória!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Oremos ao nosso Redentor que nos remiu pela sua Cruz; e digamos com toda a confiança:

R. Elevai-nos pela cruz até o vosso Reino!

Cristo, que vos humilhastes, assumindo a condição de um escravo e fazendo-vos semelhante à nossa condição humana,
– dai aos membros da Igreja a graça de imitarem a vossa humildade. R.

Cristo, que fostes obediente até à morte e morte humilhante numa cruz,
– concedei a vossos servos e servas a força de vos imitar na obediência e na paciência. R.

Cristo, que fostes exaltado por Deus e recebestes um nome que está acima de todo nome,
– concedei aos vossos fiéis o dom da perseverança até o fim. R.

Cristo, a cujo nome todo joelho se dobra no céu, na terra e nos abismos,
– derramai sobre a humanidade o vosso espírito de caridade, para que todos vos adorem na paz. R.

(Intenções livres)

Cristo, a quem toda língua proclama Senhor para a glória de Deus Pai,
– recebei no reino da felicidade eterna os nossos irmãos e irmãs que morreram. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Eu te asseguro: hoje estarás comigo no Paraíso!

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,

como era no princípio, agora e sempre.

Amém.

Hino

Do Rei avança o estandarte,

fulge o mistério da Cruz,

onde por nós foi suspenso

o autor da vida, Jesus.

Do lado morto de Cristo,

ao golpe que lhe vibraram,

para lavar meu pecado

o sangue e água jorraram.

Árvore esplêndida e bela,

de rubra púrpura ornada,

de os santos membros tocar

digna, só tu foste achada.

Ó Cruz feliz, dos teus braços

do mundo o preço pendeu;

balança foste do corpo

que ao duro inferno venceu.

Salve, ó altar, salve vítima,

eis que a vitória reluz:

a vida em ti fere a morte,

morte que à vida conduz.

Salve, ó cruz doce esperança,

concede aos réus remissão;

dá-nos o fruto da graça,

que floresceu na Paixão.

Louvor a vós, ó Trindade,

fonte de todo perdão,

aos que na Cruz foram salvos,

dai a celeste mansão.

Salmo                                 ..................................109(110), 1-5.7

Palavra do Senhor ao meu Senhor:

'Assenta-te ao meu lado direito

até que eu ponha os inimigos teus

como escabelo por debaixo de teus pés!'

O Senhor estenderá desde Sião

vosso cetro de poder, pois Ele diz:

'Domina com vigor teus inimigos;

tu és príncipe desde o dia em que nasceste;

na glória e esplendor da santidade,

como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!'

Jurou o Senhor e manterá sua palavra:

'Tu és sacerdote eternamente,

segundo a ordem do rei Melquisedec!'

À vossa destra está o Senhor, Ele vos diz:

'No dia da ira esmagarás os reis da terra!

Beberás água corrente no caminho,

por isso seguirás de fronte erguida!'

Glória ao Pai...

Leitura                                                                                                          1Cor 1, 23-24

Nós pregamos Cristo crucificado, escândalo para os judeus e insensatez para os pagãos. Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, esse Cristo é poder de Deus e sabedoria de Deus.

Ó Cruz gloriosa, em ti triunfou o Senhor, Rei dos anjos.

E lavou nossas chagas em seu sangue precioso.

MAGNIFICAT

Ó Cruz de vitória, sinal admirável,

fazei-nos chegar ao triunfo da glória!

A minha alma engrandece ao Senhor

e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;

pois ele viu a pequenez de sua serva,

desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas

e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,

chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,

dispersou os orgulhosos;

derrubou os poderosos de seus tronos

e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,

e despediu, sem nada, os ricos.

Acolheu Israel, seu servidor,

fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,

em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces

Oremos ao nosso Redentor que nos remiu pela sua Cruz; e digamos com toda a confiança:

  1. Elevai-nos pela cruz até o vosso Reino!

Cristo, que vos humilhastes, assumindo a condição de um escravo e fazendo-vos semelhante à nossa condição humana,

– dai aos membros da Igreja a graça de imitarem a vossa humildade. R.

Cristo, que fostes obediente até à morte e morte humilhante numa cruz,

– concedei a vossos servos e servas a força de vos imitar na obediência e na paciência. R.

Cristo, que fostes exaltado por Deus e recebestes um nome que está acima de todo nome,

– concedei aos vossos fiéis o dom da perseverança até o fim. R.

Cristo, a cujo nome todo joelho se dobra no céu, na terra e nos abismos,

– derramai sobre a humanidade o vosso espírito de caridade, para que todos vos adorem na paz. R.

(Intenções livres)

Cristo, a quem toda língua proclama Senhor para a glória de Deus Pai,

– recebei no reino da felicidade eterna os nossos irmãos e irmãs que morreram. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA

Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.

A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.

Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.

Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

Evangelho do dia

Naquele tempo, disse Jesus a Nicodemos: «Ninguém subiu ao Céu senão Aquele que desceu do Céu: o Filho do homem.
Assim como Moisés elevou a serpente no deserto, também o Filho do homem será elevado,
para que todo aquele que acredita tenha n’Ele a vida eterna.
Deus amou tanto o mundo que entregou o seu Filho Unigénito, para que todo o homem que acredita n’Ele não pereça, mas tenha a vida eterna.
Porque Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por Ele.

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement