Aleteia
La fête du jour

Quarta-feira, 12 de julho
Santo Inácio Clemente Delgado

Bispo e mártir

Clemente nasceu no dia 23 de novembro de 1761 na Espanha. Muito jovem ainda, entrou no Ordem Dominicana, fazendo sua profissão religiosa no ano de 1781. Sentindo o chamado missionário, após sua ordenação, partiu para as Filipinas, aí chegando no ano de 1786 e onde se dedicou a evangelização dos pagãos. Em 1788, foi eleito para evangelizar a região de Tonkin – o atual Vietnam – com outros 15 voluntários. Dada a precariedade dos transportes da época, conseguiu chegar na região apenas em 1790. Encontrando um pequeno grupo de padres que aí já estavam, Inácio se dedicou a aprender a nova língua e a levar o evangelho aos moradores da região. Diante de suas habilidades e de sua inteligência, os coirmãos o elegeram Vigário Provincial, e, em 1794, o papa Pio VI o nomeou bispo e coadjutor do Vigário Apostólico, mons. Feliciano Alonso, a quem substituiu em 1799, tornando-se ele próprio, Inácio, o Vigário Apostólico. Por longos anos dedicou-se com toda ênfase à evangelização e, na medida que o cristianismo progredia, começaram as perseguições. No dia 29 de maio de 1838, após tantos anos de sacrifícios no anúncio do evangelho, Inácio foi preso pelas autoridades, hostis ao cristianismo. Um mandarim, ao ver que era um idoso e que, apesar de tudo, estava sereno, seguindo os costumes da cultura local, lhe ofereceu uma faca para que pudesse ele mesmo tirar sua própria vida. Diante disso, Inácio dissera: “Dar a morte a si próprio é um grave pecado; se, no entanto, você quiser tirar minha vida por causa da religião cristã que professo e ensino, ficarei contente”. Enraivecido, o mandarim o entregou às autoridades. Após inúmeras humilhações, foi colocado à exposição pública, confinado numa jaula, onde podia apenas ficar de pé. Aí ficou por longos meses ao relento, até que chegou a sentença: decapitação. No entanto, a pena não pôde ser aplicada, pois na madrugada de 12 de julho, depois de tantos maus tratos, seu corpo não aguentou as torturas e sucumbiu. Apesar de ter morrido, as autoridades mandaram cortar sua cabeça e arrastar seu pobre corpo pelas estradas da cidade. Sua cabeça chegou a ficar três dias exposta, e como forma de escarnecer ainda mais a comunidade cristã, foi atirada num rio; milagrosamente um pescador, ao puxar suas redes, descobriu a cabeça incorrupta do santo no dia 1 de novembro daquele mesmo ano. O mártir foi canonizado por São João Paulo II, com outras 116 testemunhas da fé no dia 19.06.1988.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração da manhã

Aclamai o Senhor, ó terra inteira, servi ao Senhor com alegria!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Criador das alturas celestes,
vós fixastes caminhos de luz
para a lua, rainha da noite,
para o sol, que de dia reluz.

Vai-se a treva, fugindo da aurora,
e do dia se espalha o clarão.
Nova força também nos desperta
e nos une num só coração.

O nascer deste dia convida
a cantarmos os vossos louvores.
Do céu jorra uma paz envolvente,
harmonia de luz e de cores.

Ao clarão desta luz que renasce,
fuja a treva e se apague a ilusão.
A discórdia não trema nos lábios,
a maldade não turve a razão.

Quando o sol vai tecendo este dia,
brilhe a fé com igual claridade,
cresça a espera nos bens prometidos
e nos una uma só caridade.

Escutai-nos, ó Pai piedoso,
e vós, Filho, do Pai esplendor,
que reinais, como Espírito Santo,
na manhã sem ocaso do amor.
Salmo ...................................... 96(97)

Este salmo expressa a salvação do mundo e a fé dos povos todos em Deus (Sto. Atanásio).

– Deus é Rei! Exulte a terra de alegria,
e as ilhas numerosas rejubilem!
– Treva e nuvem o rodeiam no seu trono,
que se apoia na justiça e no direito.
– Vai um fogo caminhando à sua frente
e devora ao redor seus inimigos.

– Seus relâmpagos clareiam toda a terra;
toda a terra ao contemplá-los estremece.
– As montanhas se derretem como cera
ante a face do Senhor de toda a terra;
– e assim proclama o céu sua justiça,
todos os povos podem ver a sua glória.

= ‘Os que adoram as estátuas se envergonhem
e os que põem a sua glória nos seus ídolos;
aos pés de Deus vêm se prostrar todos os deuses!’
= Sião escuta transbordante de alegria,
e exultam as cidades de Judá,
porque são justos, ó Senhor, vossos juízos!

= Porque vós sois o Altíssimo, Senhor,
muito acima do universo que criastes,
e de muito superais todos os deuses.
= O Senhor ama os que detestam a maldade,
ele protege seus fiéis e suas vidas,
e da mão dos pecadores os liberta.

– Uma luz já se levanta para os justos,
e a alegria, para os retos corações.
– Homens justos, alegrai-vos no Senhor,
celebrai e bendizei seu santo nome!

Glória ao Pai...

Leitura breve Rm 8,35.37
Quem nos separará do amor de Cristo? Tribulação? Angústia? Perseguição? Fome? Nudez? Perigo? Espada? Mas, em tudo isso, somos mais que vencedores, graças àquele que nos amou!

Bendirei o Senhor Deus, bendirei em todo o tempo!

BENEDICTUS
Sirvamos ao Senhor em santidade enquanto perdurarem nossos dias.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Bendito seja Deus, nosso Salvador, que prometeu permanecer conosco todos os dias até o fim do mundo. Dando-lhe graças, peçamos:

R. Ficai conosco, Senhor!

Ficai conosco, Senhor, durante todo o dia,
– e que jamais se ponha em nossa vida o sol da vossa justiça. R.

Nós vos consagramos este dia como uma oferenda agradável,
– e nos comprometemos a praticar somente o bem. R.

Fazei, Senhor, que todo este dia transcorra como um dom da vossa luz,
– para que sejamos sal da terra e luz do mundo. R.

Que a caridade do Espírito Santo inspire nossos corações e nossas palavras,
– a fim de permanecermos sempre em vossa justiça e em vosso louvor. R.

(Intenções livres)
Pai nosso ...

Oração
Acendei, Senhor, em nossos corações a claridade de vossa luz, para que, andando sempre no caminho de vossos mandamentos, sejamos livres de todo erro. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação

Jesus chamou os doze discípulos.

Esta V Conferência se propõe “a grande tarefa de proteger e alimentar a fé do povo de Deus e recordar também aos fiéis deste Continente que, em virtude de seu batismo, são chamados a ser discípulos e missionários de Jesus Cristo”. Com desafios e exigências, abre-se a passagem para um novo período da história, caracterizado pela desordem generalizada que se propaga por novas turbulências sociais e políticas, pela difusão de uma cultura distante e hostil à tradição cristã e pela emergência de variadas ofertas religiosas que tratam de responder, à sua maneira, à sede de Deus que nossos povos manifestam. A Igreja é chamada a repensar profundamente e a relançar com fidelidade e audácia sua missão nas novas circunstâncias latino-americanas e mundiais. Ela não pode fechar-se frente àqueles que só veem confusão, perigos e ameaças ou àqueles que pretendem cobrir a variedade e complexidade das situações com uma capa de ideologias gastas ou de agressões irresponsáveis. Trata-se de confirmar, renovar e revitalizar a novidade do Evangelho arraigada em nossa história, a partir de um encontro pessoal e comunitário com Jesus Cristo, que desperte discípulos e missionários. Isso não depende tanto de grandes programas e estruturas, mas de homens e mulheres novos que encarnem essa tradição e novidade, como discípulos de Jesus Cristo e missionários de seu Reino, protagonistas de uma vida nova para uma América Latina que deseja reconhecer-se com a luz e a força do Espírito.

CELAM – Conselho Episcopal Latino Americano
V Conferência de Aparecida – Brasil (2007)

Oração da tarde

O nosso auxílio está no nome do Senhor, que fez o céu e a terra!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Devagar, vai o sol se escondendo,
deixa os montes, o campo e o mar,
mas renova o presságio da luz,
que amanhã vai de novo brilhar.

Os mortais se admiram do modo
pelo qual, generoso Senhor,
destes leis ao transcurso do tempo,
alternância de sombra e fulgor.

Quando reina nos céus o silêncio
e declina o vigor para a lida,
sob o peso das trevas a noite
nosso corpo ao descanso convida.

De esperança e de fé penetrados,
saciar-nos possamos, Senhor,
de alegria na glória do Verbo
que é do Pai o eterno esplendor.

Este é o sol que jamais tem ocaso
e também o nascer desconhece.
Canta a terra, em seu brilho envolvida,
nele o céu em fulgor resplandece.

Dai-nos, Pai, gozar sempre da luz
que este mundo ilumina e mantém,
e cantar-vos, e ao Filho, e ao Espírito,
canto novo nos séculos. Amém.

Salmo 61(62)

Que o Deus da esperança vos encha da alegria e da paz em vossa vida da fé (Rm 15,13).

– Só em Deus a minha alma tem repouso,
porque dele é que me vem a salvação!
– Só ele é meu rochedo e salvação,
a fortaleza, onde encontro segurança!

– Até quando atacareis um pobre homem,
todos juntos, procurando derrubá-lo,
– como a parede que começa a inclinar-se,
ou um muro que está prestes a cair?

– Combinaram empurrar-me lá do alto,
e se comprazem em mentir e enganar;
– enquanto eles bendizem com os lábios;
no coração, bem lá do fundo, amaldiçoam.
– Só em Deus a minha alma tem repouso,
porque dele é que me vem a salvação!
– Só ele é meu rochedo e salvação,
a fortaleza, onde encontro segurança!

– A minha glória e salvação estão em Deus;
o meu refúgio e rocha firme é o Senhor!
= Povo todo, esperai sempre no Senhor,
e abri diante dele o coração:
nosso Deus é um refúgio para nós!

– Todo homem a um sopro se assemelha,
o filho do homem é mentira e ilusão;
– se subissem todos eles na balança,
pesariam até menos do que o vento:

– Não confieis na opressão, na violência
nem vos gabeis de vossos roubos e enganos!
– E se crescerem vossas posses e riquezas,
a elas não prendais o coração!

= Uma palavra Deus falou, duas ouvi:
‘O poder e a bondade a Deus pertencem,
pois pagais a cada um conforme as obras’.

Glória ao Pai...

Leitura breve 1Pd 5,5b-7
Revesti-vos todos de humildade no relacionamento mútuo, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes. Rebaixai-vos, pois, humildemente, sob a poderosa mão de Deus, para que, na hora oportuna, ele vos exalte. Lançai sobre ele toda a vossa preocupação, pois é ele quem cuida de vós.

Protegei-nos, Senhor, como a pupila dos olhos. Guardai-nos e defendei-nos, sob a vossa proteção.

MAGNIFICAT
Ó Senhor, manifestai o poder de vosso braço, dispersai os soberbos e elevai os humildes.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Irmãos e irmãs caríssimos, exultemos em Deus nosso Salvador, cuja alegria é enriquecer-nos com seus dons; e peçamos com todo fervor:

R. Dai-nos, Senhor, a vossa graça e a vossa paz!

Deus eterno, para quem mil anos são o dia de ontem que passou,
– lembrai-nos sempre que a vida é como a erva que de manhã floresce e à tarde fica seca. R.

Alimentai o vosso povo como maná, para que não passe fome,
– e dai-lhe a água viva para que nunca mais tenha sede. R.

Fazei que os vossos fiéis procurem e saboreiem as coisas do alto,
– e vos glorifiquem com o seu trabalho e o seu descanso. R.

Livrai-nos, Senhor, de todos os perigos,
– e abençoai os nossos lares. R.

(Intenções livres)

Dai aos que morreram contemplara vossa face,
– e fazei-nos também participar, um dia, da mesma felicidade. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho

Evangelho segundo S. Mateus 10,1-7.
Naquele tempo, Jesus chamou a Si os seus Doze discípulos e deu-lhes poder de expulsar os espíritos impuros e de curar todas as doenças e enfermidades.
São estes os nomes dos doze apóstolos: primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão;
Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu;
Simão, o Cananeu, e Judas Iscariotes, que foi quem O entregou.
Jesus enviou estes Doze, dando-lhes as seguintes instruções: «Não sigais o caminho dos gentios, nem entreis em cidade de samaritanos.
Ide primeiramente às ovelhas perdidas da casa de Israel.
Pelo caminho, proclamai que está perto o reino dos Céus.

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement