Aleteia
La fête du jour

Domingo, 9 de julho
Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus

Religiosa, fundadora (†1942)

Nascida no norte Itália em 16 de dezembro de 1865, na cidadezinha de Vigolo Vattaro, Amabile Lúcia Visintainer era a segunda filha do casal Antônio Napoleone Visintainer e Anna Pianezzer. No ano de 1875, muitos habitantes dessa região imigraram para o Brasil em busca de melhores condições. Também a família de Amabile seguiu o caminho da imigração, fixando-se no estado de Santa Catarina, no sul do Brasil. Quando tinha 22 anos de idade, sua mãe faleceu, colocando a jovem Amabile na posição de cuidar da casa e dos irmãos mais novos, coisa que ela fez até o pai contrair novo casamento. Mesmo com todos os afazeres domésticos, Amabile encontrava tempo para se dedicar à função de catequista na paróquia e à visita aos doentes. No ano de 1890, com uma amiga – Virgínia Rosa Nicolodi – começou a cuidar de uma doente de câncer em fase terminal; nessa ocasião nasce a ideia da fundação da Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição. Após a morte da doente, elas se transferem para a cidade de Nova Trento, e o bispo diocesano as acolhe e aprova canonicamente a nova Congregação. Amabile faz os votos e recebe o nome de Paulina. Madre Paulina, como será chamada por todos aqueles que a conheceram, foi eleita pela sua comunidade a Superiora Geral. No ano de 1903 deixa Nova Trento e ruma para São Paulo, fixando-se no Bairro do Ipiranga. Aí se dedicará a cuidar de idosos que haviam sido escravos, de órfãos e das filhas de ex-escravos pobres. No período que fora Superiora Geral, sua congregação conheceu um rápido florescimento de vocações: por ocasião de sua morte, havia 45 casas da Congregação espalhadas em cinco Estados brasileiros. Madre Paulina, com sua vida de dedicação ao próximo deixou clara a mensagem de total disponibilidade à Igreja e aos mais necessitados, vivendo em grau heroico as virtudes da Fé, Esperança e Caridade. Ao morrer, com 76 anos, era grande sua fama de santidade. São João Paulo II a canonizou no dia 19 de maio de 2002.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração da manhã

Vinde, povo do Senhor e rebanho que ele guia: vinde todos, adoremos, aleluia!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Eis que da noite já foge a sombra
e a luz da aurora refulge, ardente.
Nós, reunidos, a Deus oremos
e invoquemos o Onipotente.

Deus, compassivo, nos salve a todos
e nos afaste de todo o mal.
O Pai bondoso, por sua graça,
nos dê o reino celestial.

Assim nos ouça o Deus Uno e Trino,
Pai, Filho e Espírito Consolador.
Por toda a terra vibram acordes
dum canto novo em seu louvor.

Cântico Dn 3,52-57

O Criador é bendito para sempre (Rm 1,25).

– Sede bendito, Senhor Deus de nossos pais.
A vós louvor, honra e glória eternamente!
– Sede bendito, nome santo e glorioso.
A vós louvor, honra e glória eternamente!

– No templo santo onde refulge a vossa glória.
A vós louvor, honra e glória eternamente!
– E em vosso trono de poder vitorioso.
A vós louvor, honra e glória eternamente!

– Sede bendito, que sondais as profundezas.
A vós louvor, honra e glória eternamente!

– E superior aos querubins vos assentais.
A vós louvor, honra e glória eternamente!

– Sede bendito no celeste firmamento.
A vós louvor, honra e glória eternamente!
– Obras todas do Senhor, glorificai-o.
A Ele louvor, honra e glória eternamente!

Glória ao Pai...

Leitura breve Ez 36,25-27
Derramarei sobre vós uma água pura, e sereis purificados. Eu vos purificarei de todas as impurezas e de todos os ídolos. Eu vos darei um coração novo e porei um espírito novo dentro de vós. Arrancarei do vosso corpo o coração de pedra e vos darei um coração de carne; porei o meu espírito dentro de vós e farei com que sigais a minha lei e cuideis de observar os meus mandamentos.

Nós vos louvamos, dando graças, ó Senhor, dando graças, invocamos vosso nome.
E publicamos os prodígios que fizestes.

BENEDICTUS
Tomai meu jugo sobre vós e aprendei de mim que sou de coração humilde e manso, e achareis paz e repouso para os vossos corações.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Demos graças a nosso Salvador, que veio a este mundo para ser Deus-conosco; e o aclamemos, dizendo:

R. Cristo, rei da glória, sede nossa luz e alegria!

Senhor Jesus Cristo, luz que vem do alto e primícias da ressurreição futura,
– dai-nos a graça de vos seguirmos, para que, livres das sombras da morte, caminhemos sempre na luz da vida. R.

Mostrai-nos vossa bondade, refletida em todas as criaturas,
– para contemplarmos em todas elas a vossa glória. R.

Não permitais, Senhor, que hoje sejamos vencidos pelo mal,
– mas tornai-nos vencedores do mal pelo bem. R.

Vós, que no Jordão fostes batizado por João Batista e ungido pelo Espírito Santo,
– santificai todas as nossas ações deste dia com a graça do mesmo Espírito. R.

(Intenções livres)
Pai nosso ...

Oração
Ó Deus, que pela humilhação do vosso Filho reerguestes o mundo decaído, enchei os vossos filhos e filhas de santa alegria, e dai aos que libertastes da escravidão do pecado o gozo das alegrias eternas. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação

Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e entendidos e as revelaste aos pequeninos

Quando o Senhor tomou o cálice, ele deu graças; poderíamos pensar aqui nas palavras de bênção que certamente exprimem uma ação de graças ao Criador, mas sabemos também, que Cristo, antes de fazer um milagre, era habituado a dar graças toda vez que elevava os olhos para o Pai dos céus. Dá graças, pois sabe já que será atendido. Dá graças pelo poder divino que traz consigo e, por meio do qual está para manifestar aos olhos dos homens a onipotência do Criador. Dá graças pela obra de redenção que lhe foi concedida obrar, e dá graças por meio dessa mesma obra, que é glorificação do Deus Trindade, de quem ela renova a imagem desfigurada em sua pura beleza.
Por isso o sacrifício eternamente presente de Cristo sobre a cruz, na santa missa, e na glória eterna do céu, pode ser compreendido como uma única e imensa ação de graças – este é o significado da palavra “eucaristia” –, como uma ação de graças pela criação, pela redenção e pelo cumprimento final. Ele oferece a si próprio em nome de todo o universo criado, do qual é o modelo original e no qual desceu, para renová-lo por dentro e conduzi-lo ao seu cumprimento. E chama também todo este mundo criado, para apresentar com ele ao Criador a homenagem de ação de graças a ele devida.

Santa Teresa Bendita da Cruz (Edith Stein).
Carmelita, mártir (1891-1942).

Oração da tarde

Adoremos e demos graças ao nosso Deus: Pai, Filho e Espírito Santo!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Ó luz, ó Deus Trindade,
ó Unidade e fonte:
na luz do sol que morre,
a vossa em nós desponte.

A vós de madrugada,
de tarde vos cantamos;
a vós na eternidade,
louvar sem fim possamos.

Ao Pai e ao Filho glória,
ao Espírito também,
louvor, honra e vitória
agora e sempre. Amém.

Cântico . Ap 19,1-2.5-7

As núpcias do Cordeiro

= Aleluia.
Ao nosso Deus a salvação,
honra, glória e poder!.
– Pois são verdade e justiça
os juízos do Senhor.
= Aleluia.
Celebrai o nosso Deus,
servidores do Senhor!
– E vós todos que o temeis,
vós os grandes e os pequenos!

= Aleluia.
De seu reino tomou posse
nosso Deus onipotente!
– Exultemos de alegria,
demos glória ao nosso Deus!

= Aleluia.
Eis que as núpcias do Cordeiro
redivivo se aproximam!
– Sua Esposa se enfeitou,
se vestiu de linho puro.

Glória ao Pai...

Leitura breve 2Ts 2,13-14
Quanto a nós, devemos continuamente dar graças a Deus por vossa causa, irmãos amados do Senhor, pois Deus vos escolheu desde o começo, para serdes salvos pelo Espírito que santifica e pela fé na verdade. Deus vos chamou para que, por meio do nosso evangelho, alcanceis a glória de nosso Senhor Jesus Cristo.

É grande o Senhor, e é grande o seu poder.
Seu saber é sem limites.

MAGNIFICAT
O meu jugo é suave e é leve o meu fardo, assim diz o Senhor.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Louvor e honra a Cristo que vive eternamente para interceder por nós, e que dá a salvação àqueles que, por seu intermédio, se aproximam de Deus. Firmes nesta fé, imploremos:

R. Lembrai-vos, Senhor, do vosso povo!

Sol de justiça, ao cair desta tarde, nós vos pedimos por todos os homens e mulheres,
– para que vivam as alegrias da vossa luz que não se apaga. R.

Conservai a aliança que selastes com o vosso sangue,
– e santificai a vossa Igreja, para que seja imaculada. R.

Senhor, do lugar em que habitais,
– lembrai-vos desta vossa comunidade. R.

Dirigi no caminho da paz e do bom êxito os que se encontram em viagem,
– para que cheguem ao seu destino com saúde e alegria. R.

(Intenções livres)

Recebei, Senhor, as almas dos nossos irmãos e irmãs que morreram,
– e concedei-lhes vosso perdão e a glória eterna. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho

Evangelho segundo S. Mateus 11,25-30.
Naquele tempo, Jesus exclamou: «Eu Te bendigo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas verdades aos sábios e inteligentes e as revelaste aos pequeninos.
Sim, Pai, Eu Te bendigo, porque assim foi do teu agrado.
Tudo Me foi dado por meu Pai. Ninguém conhece o Filho senão o Pai e ninguém conhece o Pai senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar.
Vinde a Mim, todos os que andais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei.
Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para as vossas almas.
Porque o meu jugo é suave e a minha carga é leve».

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement