Aleteia
La fête du jour

Domingo, 8 de outubro
São Félix de Como

Bispo (†495)

São Félix foi o primeiro bispo da cidade de Como, no norte da Itália. Foi ordenado bispo por Santo Ambrósio, bispo de Milão, no dia 01 de novembro de 386 e foi por ele enviado para evangelizar todo o vasto território setentrional da Itália. Das cartas escritas por Santo Ambrósio e que chegaram até nós, São Félix é descrito como um grande trabalhador da vinha da evangelização, principalmente pela pregação da Palavra. Na organização dessa igreja particular, São Félix teve uma ação realmente importante: logo no início de seu ministério episcopal, ele conseguiu recuperar as relíquias dos protomártires Nabor e Félix, dois legionários africanos cristãos que haviam sido decapitados no ano 303 por conta de sua fé no Cristo, a mando do imperador Diocleciano. Para receber dignamente essas relíquias, São Félix não mede esforços para edificar a primeira basílica da diocese (atualmente é igreja de São Carpoforo), construída sobre o templo pagão dedicado ao deus Mercúrio. Como toda a probabilidade, São Félix contou com a comunidade cristã que se formou na cidade de Como para evangelizar toda a imensa região. Em suas cartas trocadas com Santo Ambrósio, transparecem por vezes as grandes dificuldades da pouca estrutura eclesial dos primeiros séculos: Ambrósio, por exemplo, lamenta não ter um número adequado de diáconos para fazer frente às necessidades da igreja nascente em Como.

Apesar dos problemas, Ambrósio fica contente com a obra de São Félix, pois muitas pessoas na cidade de Como haviam já começado a acolher a boa notícia de Cristo ressuscitado.

Após ter se dedicado inteiramente à comunidade cristã, São Félix morreu no dia 08 de outubro do ano 391. Seu último desejo foi o de ser sepultado junto às relíquias dos mártires que, com tanto empenho, ele havia feito vir para a cidade.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração da manhã

Vinde, exultemos de alegria no Senhor,
aclamemos o Rochedo que nos salva!
Aleluia!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
Ó Criador do universo,
a sombra e a luz alternais,
e, dando tempos ao tempo,
dos seres todos cuidais

Qual pregoeiro do dia,
canta nas noites o galo.
Separa a noite e a noite,
brilhando a luz no intervalo.

Também por ele acordada,
a estrela d'alva, brilhante,
expulsa o erro e a treva
com sua luz radiante.

Seu canto os mares acalma,
ao navegante avigora;
a própria Pedra da Igreja
ouvindo o cântico chora.

Jesus, olhai os que tombam.
O vosso olhar nos redime:
se nos olhais, nos erguemos,
e prantos lavam o crime.

Ó luz divina, brilhai,
tirai do sono o torpor.
O nosso alento primeiro
entoe o vosso louvor.

Ó Cristo, Rei piedoso,
a vós e ao Pai, Sumo Bem,
glória e poder, na unidade
do Espírito Santo. Amém.

Cântico Dn 3,57-88.56

Louvai o nosso Deus, todos os seus servos (Ap 19,5).

Obras do Senhor, bendizei o Senhor,
louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
Céus do Senhor, bendizei o Senhor!
Anjos do Senhor, bendizei o Senhor!

Águas do alto céu, bendizei o Senhor!
Potências do Senhor, bendizei o Senhor!
Lua e sol, bendizei o Senhor!
Astros e estrelas, bendizei o Senhor!

Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!
Brisas e ventos, bendizei o Senhor!
Fogo e calor, bendizei o Senhor!
Frio e ardor, bendizei o Senhor!

Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!
Geada e frio, bendizei o Senhor!
Gelos e neves, bendizei o Senhor!
Noites e dias, bendizei o Senhor!

Luzes e trevas, bendizei o Senhor!
Raios e nuvens, bendizei o Senhor!
Ilhas e terra, bendizei o Senhor!
Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

Montes e colinas, bendizei o Senhor!
Plantas da terra, bendizei o Senhor!
Mares e rios, bendizei o Senhor!
Fontes e nascentes, bendizei o Senhor!

Baleias e peixes, bendizei o Senhor!
Pássaros do céu, bendizei o Senhor!
Feras e rebanhos, bendizei o Senhor!
Filhos dos homens, bendizei o Senhor!

Filhos de Israel, bendizei o Senhor!
Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!
Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor!
Servos do Senhor, bendizei o Senhor!

Almas dos justos, bendizei o Senhor!
Santos e humildes, bendizei o Senhor!
Jovens Misael, Ananias e Azarias,
louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim!

Ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo
louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim!
Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!
Sois digno de louvor e de glória eternamente!

Leitura breve ..................................Ez 37,12b-14
Assim fala o Senhor Deus: Ó meu povo, vou abrir as vossas sepulturas e conduzir-vos para a terra de Israel; e quando eu abrir as vossas sepulturas e vos fizer sair delas, sabereis que eu sou o Senhor. Porei em vós o meu espírito para que vivais e vos colocarei em vossa terra. Então sabereis que eu, o Senhor, digo e faço – oráculo do Senhor.

Cristo, Filho do Deus vivo, tende pena e compaixão!
Glorioso estais sentado, à direita de Deus Pai.

BENEDICTUS
O dono da vinha fará perecer
os maus com rigor, e haverá de arrendar
sua vinha a outros, que no tempo devido
lhe entreguem os frutos.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da mão de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abraão, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que está na remissão de seus pecados;

pela bondade e compaixão de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte estão sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...

Preces
Roguemos a Deus que enviou o Espírito Santo para ser Luz santíssima do coração de todos os fiéis; e digamos:

R. Iluminai, Senhor, o vosso povo!

Bendito sejais, Senhor Deus, nossa luz,
– que para vossa glória nos fizestes chegar a este novo dia. R.

Vós, que iluminastes o mundo com a ressurreição do vosso Filho,
– fazei brilhar, pelo ministério da Igreja, esta luz pascal sobre a humanidade inteira. R.

Vós, que, pelo Espírito da verdade, esclarecestes os discípulos de vosso Filho,
– enviai à vossa Igreja este mesmo Espírito, para que ela permaneça sempre fiel à vossa mensagem. R.

Luz dos povos, lembrai-vos daqueles que ainda vivem nas trevas,
– e abri-lhes os olhos do coração para que vos reconheçam como único Deus verdadeiro. R.

(Intenções livres)

Pai nosso ...

Oração
Ó Deus eterno e todo-poderoso, que nos concedeis no vosso imenso amor de Pai mais do que merecemos e pedimos, derramai sobre nós a vossa misericórdia, perdoando o que nos pesa na consciência e dando-nos mais do que ousamos pedir. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação

E será entregue a um povo que produzirá frutos...

O Senhor não cessa de comparar as almas humanas às vinhas: Meu amigo tinha uma vinha numa fértil colina; plantei uma vinha e a rodeei com uma cerca. Jesus chama de “sua vinha” às almas, as que cercou, como que com um claustro, com a segurança que dão seus mandamentos e com a guarda que lhes proporcionam seus anjos, pois o anjo do Senhor acampa em torno de seus fiéis e os protege. Em seguida, planta ao nosso redor uma paliçada, colocando na Igreja, em primeiro lugar os apóstolos, em segundo os profetas, e em terceiro os doutores. Ademais, pelos exemplos dos santos homens de outros tempos, faz elevar nosso pensamento sem deixar que ele caia por terra, onde seria pisoteado.
Quer que os ardores da caridade, assim como os sarmentos de uma videira, nos liguem ao nosso próximo e nos façam descansar nele. Assim, mantendo constantemente nosso desejo do céu, nos levantaremos como videiras que se elevam até os mais altos cimos. Pede-nos também para que consintamos em ser limpos de toda erva daninha. Certamente uma alma está limpa de toda erva daninha quando afasta dela mesma as preocupações do mundo, que são mais que uma carga para nossos corações. Contudo, para mantermo-nos na mesma linha da parábola, é necessário que demos fruto reservando nossas obras para serem mostradas apenas ao verdadeiro proprietário da vinha.

São Basílio Magno
Monge, bispo e doutor da Igreja (330-379).

Aleluia! Louvemos a Deus em seus feitos grandiosos
Louvemo-lo em sua grandeza!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Criador generoso da luz,
que criastes a luz para o dia,
com os raios primeiros da luz,
sua origem o mundo inicia.

Vós chamastes de 'dia' o decurso
da manhã luminosa ao poente.
Eis que as trevas já descem à terra:
escutai nossa prece, clemente.

Para que sob o peso dos crimes
nossa mente não fique oprimida,
e, esquecendo as coisas eternas,
não se exclua do prêmio da vida.

Sempre à porta celeste batendo,
alcancemos o prêmio da vida,
evitemos do mal o contágio
e curemos da culpa a ferida.

Escutai-nos, ó Pai piedoso,
com o único Filho também,
que reinais com o Espírito Santo
pelos séculos dos séculos. Amém.
Salmo ..................... 110(111)

Grandes e maravilhosas são as tuas obras, Senhor Deus todo-poderoso! (Ap 15,3).

Eu agradeço a Deus de todo o coração
junto com todos os seus justos reunidos!
Que grandiosas são as obras do Senhor,
elas merecem todo o amor e admiração!

Que beleza e esplendor são os seus feitos!
Sua justiça permanece eternamente!
O Senhor bom e clemente nos deixou
a lembrança de suas grandes maravilhas.

Ele dá o alimento aos que o temem
e jamais esquecerá sua Aliança.
Ao seu povo manifesta seu poder,
dando a ele a herança das nações.

Suas obras são verdade e são justiça,
seus preceitos, todos eles, são estáveis,
confirmados para sempre e pelos séculos,
realizados na verdade e retidão.

Enviou libertação para o seu povo,
confirmou sua Aliança para sempre.
Seu nome é santo e é digno de respeito.

Temer a Deus é o princípio do saber,
e é sábio todo aquele que o pratica.
Permaneça eternamente o seu louvor.

Glória ao Pai...

Leitura 1Pd 1,3-5
Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Em sua grande misericórdia, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, ele nos fez nascer de novo, para uma esperança viva, para uma herança incorruptível, que não estraga, que não se mancha nem murcha, e que é reservada para vós nos céus. Graças à fé, e pelo poder de Deus, vós fostes guardados para a salvação que deve manifestar-se nos últimos tempos.

Ó Senhor, vós sois bendito no celeste firmamento.
Vós sois digno de louvor e de glória eternamente.

MAGNIFICAT
A pedra que os pedreiros rejeitaram,
tornou-se a pedra angular.
Pelo Senhor é que foi feito tudo isso:
Que maravilhas ele fez a nossos olhos!

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Com alegria, invoquemos a Deus Pai que, tendo no princípio criado o mundo, recriou-o pela redenção e não cessa de renová-lo por seu amor; e digamos:

R. Renovai, Senhor, as maravilhas do vosso amor!

Nós vos damos graças, Senhor Deus, porque revelais o vosso poder na criação inteira,
– e manifestais a vossa providência nos acontecimentos da história. R.

Por vosso Filho, que no triunfo da cruz anunciou a paz ao mundo,
– livrai-nos do desespero e do vão temor. R.

A todos os que amam a justiça e por ela trabalham,
– ajudai-os a colaborar com sinceridade na construção de uma sociedade renovada na verdadeira concórdia. R.

Socorrei os oprimidos, libertai os prisioneiros, consolai os aflitos, dai pão aos famintos, fortalecei os fracos,
– para que em todos eles se manifeste a vitória da cruz. R.

(Intenções livres)

Vós, que ressuscitastes gloriosamente vosso Filho depois de morto e sepultado,
– concedei aos que morreram entrar juntamente com ele na vida eterna. R.

Pai nosso...

ANTÍFONA MARIANA
Salve Rainha, Mãe de Misericórdia, vida e doçura esperança nossa salve! A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas.
Eia, pois advogada nossa, esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei, e depois deste desterro, mostrai-nos Jesus, bendito fruto do vosso ventre, ó clemente, ó piedosa ó doce e sempre Virgem Maria.
Rogai por nós Santa Mãe de Deus, para que sejamos dignos das promessas de Cristo. Amém

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho segundo S. Mateus 21,33-43.
Naquele tempo, disse Jesus aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos do povo: «Ouvi outra parábola: Havia um proprietário que plantou uma vinha, cercou-a com uma sebe, cavou nela um lagar e levantou uma torre; depois, arrendou-a a uns vinhateiros e partiu para longe.
Quando chegou a época das colheitas, mandou os seus servos aos vinhateiros para receber os frutos.
Os vinhateiros, porém, lançando mão dos servos, espancaram um, mataram outro, e a outro apedrejaram-no.
Tornou ele a mandar outros servos, em maior número que os primeiros. E eles trataram-nos do mesmo modo.
Por fim, mandou-lhes o seu próprio filho, dizendo: ‘Respeitarão o meu filho’.
Mas os vinhateiros, ao verem o filho, disseram entre si: ‘Este é o herdeiro; matemo-lo e ficaremos com a sua herança’.
E, agarrando-o, lançaram-no fora da vinha e mataram-no.
Quando vier o dono da vinha, que fará àqueles vinhateiros?».
Eles responderam: «Mandará matar sem piedade esses malvados e arrendará a vinha a outros vinhateiros, que lhe entreguem os frutos a seu tempo».
Disse-lhes Jesus: «Nunca lestes na Escritura: ‘A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular; tudo isto veio do Senhor e é admirável aos nossos olhos’?
Por isso vos digo: Ser-vos-á tirado o reino de Deus e dado a um povo que produza os seus frutos».

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement