Aleteia
La fête du jour

Domingo, 20 de agosto
S√£o Bernardo de Claraval

Abade e doutor da Igreja

Com apenas vinte e dois anos, S√£o Bernardo entrou no mosteiro. Consigo trazia um grupo de cerca trinta parentes que, com ele, entraram na vida mon√°stica. Entraram no mosteiro fundado por Roberto de Molesmes em C√ģteaux (em latim cistercium, donde o nome cistercienses). Segundo as fontes, Bernardo √© reservado, mas possui um car√°ter firme, que se revelar√° mais tarde, quando se tornar√° abade: a seus monges pedir√° menos fun√ß√Ķes, menos leituras e mais trabalho; de fato, enviar√° seus monges, ap√≥stolos com a enxada, por boa parte do territ√≥rio europeu que, aos poucos, v√£o conferindo ordem √† terra, √† √°gua e v√£o ajudando a construir a hist√≥ria do continente. Como te√≥logo se distingue nas discuss√Ķes: de sua autoria, temos cerca de 331 serm√Ķes escritos, mais 534 cartas, sem contar os tratados famosos sobre a gra√ßa e o livre arb√≠trio; o batismo; o dever dos bispos, etc... Tamb√©m escreveu v√°rios textos sobre Nossa Senhora, identificada por ele como a ‚Äúmediadora de gra√ßas‚ÄĚ. Ap√≥s uma vida dedicada √† teologia e √† Igreja, ao que tudo indica, morre por um tumor no est√īmago e √© enterrado na igreja de seu mosteiro. Em 1174 o papa Alexandre III o proclamar√° santo e, em 1830, Pio VIII lhe dar√° o t√≠tulo de doutor da Igreja.

Vous voulez découvrir d’autres histoires de saints ? Cliquez ici

Oração da manhã

Adoremos o Cristo e louvemos sua Mãe elevada, hoje, aos céus.
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém
Hino
De sol, ó Virgem, vestida,
de branca lua calçada;
de doze estrelas-coroas
Coroada.

A terra toda te canta,
da morte Dominadora.
No céu a ti temos, todos,
Protetora.

Fiel, conserva os fiéis,
procura a ovelha perdida.
Brilha na treva da morte,
Luz e Vida.

Ao pecador auxilia,
ao triste, ao fraco e ao pobre.
Com o teu manto materno
Todos cobre!

Louvor à excelsa Trindade.
Que dê a coroa a quem
ele fez M√£e e Rainha
nossa. Amém.
Salmo .............................. 62 (63), 2-9.

Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!
Desde a aurora ansioso vos busco!
A minh'alma tem sede de vós,
minha carne também vos deseja,
como terra sedenta e sem √°gua!

Venho, assim, contemplar-vos no templo,
para ver vossa glória e poder.
Vosso amor vale mais do que a vida:
e por isso meus l√°bios vos louvam.

Quero, pois, vos louvar pela vida,
e elevar para vós minhas mãos!
A minh'alma ser√° saciada,
como em grande banquete de festa;
cantar√° a alegria em meus l√°bios,
ao cantar para vós meu louvor!

Penso em vós no meu leito, de noite,
nas vigílias suspiro por vós!
Para mim fostes sempre um socorro;
de vossas asas à sombra eu exulto!
Minha alma se agarra em vós;
com poder vossa m√£o me sustenta.

Glória ao Pai...

Leitura breve Is 61,10
Exulto de alegria no Senhor e minh’alma regozija-se em meu Deus; ele me vestiu com as vestes da salvação, envolveu-me com o manto da justiça e adornou-me qual noiva com suas joias.

Hoje a Virgem Maria subiu para os céus.
E triunfa com Cristo sem fim, pelos séculos.

BENEDICTUS
Resplendente de beleza, fulgurante como a aurora,
ó Filha de Sião, vós subistes para os céus.

Bendito seja o Senhor Deus de Israel,
porque a seu povo visitou e libertou;

e fez surgir um poderoso Salvador
na casa de Davi, seu servidor,

como falara pela boca de seus santos,
os profetas desde os tempos mais antigos,

para salvar-nos do poder dos inimigos
e da m√£o de todos quantos nos odeiam.

Assim mostrou misericórdia a nossos pais,
recordando a sua santa Aliança

e o juramento a Abra√£o, o nosso pai,
de conceder-nos que, libertos do inimigo,

a ele nós sirvamos sem temor
em santidade e em justiça diante dele,
enquanto perdurarem nossos dias.

Serás profeta do Altíssimo, ó menino,
pois irás andando à frente do Senhor
para aplainar e preparar os seus caminhos,

anunciando ao seu povo a salvação,
que est√° na remiss√£o de seus pecados;

pela bondade e compaix√£o de nosso Deus,
que sobre nós fará brilhar o Sol nascente,

para iluminar a quantos jazem entre as trevas
e na sombra da morte est√£o sentados

e para dirigir os nossos passos,
guiando-os no caminho da paz.

Glória ao Pai...
Preces
Celebremos nosso Salvador, que se dignou nascer da Virgem Maria; e peçamos:

R. Senhor, que a vossa Mãe interceda por nós!

Palavra eterna do Pai, que escolhestes Maria como arca incorruptível para vossa morada,
‚Äď livrai-nos da corrup√ß√£o do pecado. R.

Redentor nosso, que fizestes da Imaculada Virgem Maria o tabernáculo puríssimo da vossa presença e o sacrário do Espírito Santo,
‚Äď fazei de n√≥s templos vivos do vosso Esp√≠rito. R.

Rei dos reis, que quisestes ter vossa Mãe convosco no céu em corpo e alma,
‚Äď fazei que aspiremos sempre aos bens do alto. R.

Senhor do céu e da terra, que colocastes Maria como rainha à vossa direita,
‚Äď dai-nos a alegria de participar um dia com ela da mesma gl√≥ria. R.

(Inten√ß√Ķes livres)
Pai nosso ...

Oração
Deus eterno e todo-poderoso, que elevastes à glória do céu em corpo e alma a imaculada Virgem Maria, Mãe do vosso Filho, dai-nos viver atentos às coisas do alto a fim de participarmos da sua glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Meditação

Como posso merecer que a M√£e de meu Senhor venha me visitar...

A Virgem Imaculada, preservada imune de toda a mancha da culpa original, terminado o curso da vida terrena, foi elevada ao c√©u em corpo e alma e exaltada pelo Senhor como rainha, para assim se conformar mais plenamente com o seu Filho, Senhor dos senhores e vencedor do pecado e da morte. A Assun√ß√£o da sant√≠ssima Virgem √© uma singular participa√ß√£o na ressurrei√ß√£o do seu Filho e uma antecipa√ß√£o da ressurrei√ß√£o dos outros crist√£os [...]. Pela sua plena ades√£o √† vontade do Pai, √† obra redentora do Filho e a todas as mo√ß√Ķes do Esp√≠rito Santo, a Virgem Maria √© para a Igreja o modelo da f√© e da caridade. Por isso, ela √© ‚Äúmembro eminente e inteiramente singular da Igreja‚ÄĚ e constitui mesmo ‚Äúa realiza√ß√£o exemplar‚ÄĚ, o typus, da Igreja. ‚ÄúAssim como, glorificada j√° em corpo e alma, a M√£e de Jesus √© imagem e in√≠cio da igreja que se h√° de consumar no s√©culo futuro, assim tamb√©m, brilha na terra como sinal de esperan√ßa segura e de consola√ß√£o, para o povo de Deus ainda peregrino‚ÄĚ.

Catecismo da Igreja Católica (1992)
nn, 966, 967, 972

Oração da tarde

Louvemos a Nosso Senhor, festejemos a Virgem Maria!
Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo,
como era no princípio, agora e sempre.
Amém.

Hino
Nova estrela do céu, gáudio da terra,
ó Mãe do Sol, geraste o Criador:
estende a tua m√£o ao que ainda era,
levanta o pecador.

Deus fez de ti escada luminosa:
por ela o abismo galga o próprio céu;
dá subirmos contigo, ó gloriosa,
envolva-nos teu véu!

Os anjos apregoam-te Rainha,
e apóstolos, profetas, todos nós:
no mais alto da Igreja est√°s sozinha,
da Divindade após.

Louvor rendamos à Trindade eterna,
que a ti como Rainha hoje coroa.
Toma o teu cetro, pois, reina e governa,
M√£e que acolhe e perdoa!
C√Ęntico ...............................Ef 1, 3-10

Sois bendita por Deus, entre todas, Maria,
pois de vós recebemos o Fruto da Vida.

Bendito e louvado seja Deus,
o Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,
que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo
com bênção espiritual de toda sorte!

Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu,
j√° bem antes de o mundo ser criado,
para que f√īssemos, perante a sua face,
sem m√°cula e santos pelo amor.

Por livre decis√£o de sua vontade,
predestinou-nos, através de Jesus Cristo,
a sermos nele os seus filhos adotivos,
para o louvor e para a glória de sua graça,
que em seu Filho bem-amado nos doou.

√Č nele que n√≥s temos reden√ß√£o,
dos pecados remiss√£o pelo seu sangue.
Sua graça transbordante e inesgotável
Deus derrama sobre n√≥s com abund√Ęncia,
de saber e inteligência nos dotando.

E assim, ele nos deu a conhecer
o mistério de seu plano e sua vontade,
que propusera em seu querer benevolente,
na plenitude dos tempos realizar:
o desígnio de, em Cristo, reunir
todas as coisas: as da terra e as do céu.

Glória ao Pai...

Leitura 1Cor 15,22-23
Como em Adão todos morrem, assim também em Cristo todos reviverão. Porém, cada qual segundo uma ordem determinada: Em primeiro lugar, Cristo, como primícias; depois, os que pertencem a Cristo.

Foi exaltada a Virgem Maria, acima dos coros dos anjos.
Bendito o Senhor que a elevou!

MAGNIFICAT
Hoje a Virgem Maria subiu para os céus, alegremo-nos todos,
pois reina com Cristo sem fim, pelos séculos.

A minha alma engrandece ao Senhor
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;
pois ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gera√ß√Ķes h√£o de chamar-me de bendita.

O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam;

demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos;
derrubou os poderosos de seus tronos
e os humildes exaltou;

De bens saciou os famintos,
e despediu, sem nada, os ricos.
Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,

como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abra√£o e de seus filhos, para sempre.

Glória ao Pai...

Preces
Proclamemos a grandeza de Deus Pai todo-poderoso: Ele quis que Maria, M√£e de seu Filho, fosse celebrada por todas as gera√ß√Ķes. Pe√ßamos humildemente:

R. Cheia de graça, intercedei por nós!

Deus, autor de tantas maravilhas, que fizestes a Imaculada Virgem Maria participar em corpo e alma da glória celeste de Cristo,
‚Äď conduzi para a mesma gl√≥ria os cora√ß√Ķes de vossos filhos e filhas. R.

V√≥s, que nos destes Maria por M√£e, concedei, por sua intercess√£o, sa√ļde aos doentes, consolo aos tristes, perd√£o aos pecadores,
‚Äď e a todos a salva√ß√£o e a paz. R.

Vós, que fizestes de Maria a cheia de graça,
‚Äď concedei a todos a abund√Ęncia da vossa gra√ßa. R.

Fazei, Senhor, que a vossa Igreja seja, na caridade, um só coração e uma só alma,
‚Äď e que todos os fi√©is perseverem un√Ęnimes na ora√ß√£o com Maria, M√£e de Jesus. R.

(Inten√ß√Ķes livres)

Vós, que coroastes Maria como rainha do céu,
‚Äď fazei que nossos irm√£os e irm√£s falecidos se alegrem eternamente em vosso reino, na companhia dos santos. R.

Pai nosso...

ANT√ćFONA MARIANA
Ave, Regina Caelorum,
Ave, Domina Angelorum:
Salve, radix, salve, porta
Ex qua mundo lux est orta:
Gaude, Virgo gloriosa,
Super omnes speciosa,
Vale, o valde decora,
Et pro nobis Christum exorta.

(Tradução)
Ave, Rainha do céu;
ave, dos anjos Senhora;
ave, raiz, ave, porta;
da luz do mundo és aurora.
Exulta, ó Virgem gloriosa,
as outras seguem-te após;
nós te saudamos: adeus!
E pede a Cristo por nós!

SEJAM SANTOS!
Na escola da santidade.

Evangelho

Evangelho segundo S. Mateus 15,21-28.
Naquele tempo, Jesus retirou-Se para os lados de Tiro e Sidónia.
Ent√£o, uma mulher cananeia, vinda daqueles arredores, come√ßou a gritar: ¬ęSenhor, Filho de David, tem compaix√£o de mim. Minha filha est√° cruelmente atormentada por um dem√≥nio¬Ľ.
Mas Jesus n√£o lhe respondeu uma palavra. Os disc√≠pulos aproximaram-se e pediram-Lhe: ¬ęAtende-a, porque ela vem a gritar atr√°s de n√≥s¬Ľ.
Jesus respondeu: ¬ęN√£o fui enviado sen√£o √†s ovelhas perdidas da casa de Israel¬Ľ.
Mas a mulher veio prostrar-se diante d‚ÄôEle, dizendo: ¬ęSocorre-me, Senhor¬Ľ.
Ele respondeu: ¬ęN√£o √© justo que se tome o p√£o dos filhos para o lan√ßar aos cachorrinhos¬Ľ.
Mas ela insistiu: ¬ę√Č verdade, Senhor; mas tamb√©m os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa de seus donos¬Ľ.
Ent√£o Jesus respondeu-lhe: ¬ęMulher, √© grande a tua f√©. Fa√ßa-se como desejas¬Ľ. E, a partir daquele momento, a sua filha ficou curada.

Newsletter
Recevez Aleteia chaque jour. Abonnez-vous gratuitement